Revista GGN

Assine

Os 5 maiores arrependimentos das pessoas em seus leitos de morte

Sugerido por Vânia
 
 
Parece muito simples (simplista, simplório) e óbvio. E é mesmo. Tão óbvio como a morte.  No entanto, a gente vive esnobando e fingindo que não ... Só que é.    
 
Enfermeira revela os 5 maiores arrependimentos das pessoas em seus leitos de morte
 
Por muitos anos eu trabalhei em cuidados paliativos. Meus pacientes eram aqueles que tinham ido para casa para morrer. Algumas experiências incrivelmente especiais foram compartilhadas. Eu estava com eles nos últimas três a doze semanas de suas vidas. As pessoas crescem muito quando eles são confrontados com a sua própria mortalidade.
 
Eu aprendi a nunca subestimar a capacidade de alguém para o seu crescimento. Algumas mudanças foram fenomenais. Cada um experimentou uma variedade de emoções, como esperado, negação, medo, raiva, remorso, mais negação e, finalmente, aceitação. Cada paciente encontrou sua paz antes deles partirem, cada um deles.
 
Quando questionados sobre algum arrependimento que tiveram ou qualquer coisa que faria diferente, temas comuns vieram à tona. Aqui estão os cinco mais comuns:
 
1. Eu gostaria de ter tido a coragem de viver uma vida verdadeira a mim mesmo, e não a vida que os outros esperavam de mim.
Este foi o arrependimento mais comum de todos. Quando as pessoas percebem que sua vida está quase no fim e olham para trás, é fácil ver como muitos sonhos não foram realizados. A maioria das pessoas não tinha honrado nem metade dos seus sonhos e morreram sabendo que foi devido às escolhas que fizeram, ou não fizeram.
 
É muito importante tentar e honrar pelo menos alguns de seus sonhos ao longo do caminho. A partir do momento que você perde a sua saúde, é tarde demais. Saúde traz uma liberdade que muitos poucos percebem, até que já não a tem.
 
2. Eu gostaria de não ter trabalhado tão duro.
Isto veio de cada paciente do sexo masculino que eu acompanhei. Eles perderam a juventude de seus filhos e o companheirismo dos parceiros. As mulheres também falaram sobre esse arrependimento. Mas, como a maioria era de uma geração mais velha, muitas das pacientes do sexo feminino não tinham sido as pessoas que sustentavam a casa. Todos os homens que acompanhei lamentaram profundamente gastar tanto de suas vidas na esteira de uma existência de trabalho.
 
Ao simplificar o seu estilo de vida e fazer escolhas conscientes ao longo do caminho, é possível não precisar da renda que você acha que precisa. E criando mais tempo livre em sua vida, você se torna mais feliz e mais aberto a novas oportunidades, aquelas mais adequados ao seu novo estilo de vida.
 
3. Eu gostaria de ter tido a coragem de expressar meus sentimentos.
Muitas pessoas suprimiram seus sentimentos a fim de manter a paz com os outros. Como resultado, eles se estabeleceram por uma existência medíocre e nunca se tornaram quem eram realmente capazes de se tornar. Muitos desenvolveram doenças relacionadas à amargura e ressentimento que carregavam, como resultado disso.
 
Nós não podemos controlar as reações dos outros. No entanto, embora as pessoas possam, inicialmente, reagir quando você mudar a maneira que você está falando com honestidade, no final isso erguerá a relação à um nível totalmente novo e saudável. Ou isso ou ele libera o relacionamento doentio de sua vida. De qualquer maneira, você ganha.
 
4. Eu gostaria de ter mantido contato com meus amigos.
Muitas vezes eles não percebem verdadeiramente os benefícios de velhos amigos até estarem em seu leito de morte, e nem sempre foi possível reencontrá-los nestes últimos momentos. Muitos haviam se tornado tão envolvido em suas próprias vidas que tinham deixado amizades de ouro escapar nos últimos anos. Havia muitos arrependimentos profundos sobre não dar às amizades, o tempo e esforço que mereciam. Todo mundo sente falta de seus amigos quando estão morrendo.
 
É comum à qualquer um com um estilo de vida agitado, deixar amizades escorregarem, mas quando você se depara com a sua morte se aproximando, os detalhes físicos da vida caem. As pessoas querem colocar suas finanças em ordem, se possível. Mas não é dinheiro ou status que tem a verdadeira importância para eles. Eles querem arrumar as coisas para o benefício daqueles à quem amam. Normalmente, porém, eles estão muito doentes e cansados de gerir esta tarefa. E tudo se resume ao amor e relacionamentos no final. Isso é tudo o que resta nas semanas finais, amor e relacionamentos.
 
5. Eu gostaria que eu tivesse me deixado ser feliz.
Este é surpreendentemente comum. Muitos não percebem, até o fim de que a felicidade é uma escolha. Eles haviam ficado presos em velhos padrões e hábitos. O chamado “conforto” da familiaridade transbordou em suas emoções, bem como as suas vidas físicas. O medo da mudança os fazia fingir para os outros e para si mesmos, que estavam satisfeitos. Quando lá no fundo, eles ansiavam em rir e serem bobos em sua vida novamente. Quando você está no seu leito de morte, o que os outros pensam de você é muito diferente do que está em sua mente. Como é maravilhoso ser capaz de relaxar e sorrir novamente, muito antes de você estar morrendo.
 
A vida é uma escolha. É a sua vida. Escolha conscientemente, escolha sabiamente, escolha honestamente. Escolha a felicidade.
 
Bronnie Ware, enfermeira que durante anos cuidou de pacientes no leito de morte, escreveu o livro “The Top Five Regrets of the Dying – A Life Transformed by the Dearly Departing”, que, como o título diz, trata dos cinco arrependimentos mais comuns manifestados pelas pessoas antes de morrerem. 
Média: 4.1 (14 votos)
21 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Helcio dias de sa
Helcio dias de sa

os cinco maiores arrependimentos.

Quanto a NITZSCHE. O capitalismo não é o grande gerador dos grandes problemas.Mas a moral,A moral judaíco-cristã.Ao fazer o homem acreditar que dos fracos e oprimidos é o reino dos céus,que dos pobres de espirito,dos pequenos é o reino dos céus,a moral judaíco-cistã ofereceu aos homens a crença na necessidade de diminuiçao de si,da fraqueza.Deus gosta dos fracos ,dos que sofrem.Ser forte e alegre não leva ao paraíso.por isso somos sempre vitimas de alguma coisa,estamos sempre atribuindo nossa impotencia a alguém.Ao mesmo tempo em que tratamos mal os que se lançam,se arriscam.Somos uma sociedade de impotentes,deprimidos,ou violentos,que é a mesma coisa,só que invertida.Nos reduzimos a seres ou deprimidos ou violentos.E isso é mais grave do que qualquer coisa.Tratar a vida mal como tratamos nos torna muito perigoso,porque ficamos sem nada a perder,tudo vale,tudo pode.(Viviane Mosé)Viver e ter a coragem de ser feliz,e cantar e cantar...Ser sempre um eterno aprendiz.

Seu voto: Nenhum
imagem de Rogerio Rock
Rogerio Rock

Discordo totalmente do

Discordo totalmente do comentário, pois essas religiões que você mesmo diz pregam o chamado livre arbítrio, ou seja, faça o que você quizer, mas pense nos seus atos como possíveis geradores de reações, sejam positivas ou negativas. Eu, por exemplo, sou cristão e nunca deixei de fazer nada que não quizesse fazer e em nenhum momento alguém me disse que deveria ser pobre e simples pra servir a Deus. Acontece que vocês confundem humildade de coração com humildade de comportamento. Essas religiões pregam que sejamos simples e humildes no trato com a humanidade, mas não dizem que precisamos ser submissos e idiotas. Isso é a má interpretação que leva a essas conclusões ridículas. Sou cristão, tento ser humilde com as pessoas, mas eu não me deixo enganar por falsas amizades e nem aceito ser reprimido ou ficar estagnado na minha vida, como se minha religião quisesse isso de mim. Se tem gente assim, não é a religião quem o fez, mas sim a sua própria fraqueza de espírito e falta de informação. Não generalize pois muitos cristãos não são assim como você acredita.

Seu voto: Nenhum
imagem de Bruno Cabral
Bruno Cabral

Epitáfio

EpitáfioTitãs 

Devia ter amado mais
Ter chorado mais
Ter visto o sol nascer
Devia ter arriscado mais
E até errado mais
Ter feito o que eu queria fazer

Queria ter aceitado
As pessoas como elas são
Cada um sabe a alegria
E a dor que traz no coração

O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar distraído
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar

Devia ter complicado menos
Trabalhado menos
Ter visto o sol se pôr
Devia ter me importado menos
Com problemas pequenos
Ter morrido de amor

Queria ter aceitado
A vida como ela é
A cada um cabe alegrias

O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar distraído
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar

O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar distraído
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar

Devia ter complicado menos
Trabalhado menos
Ter visto o sol se pôr

Seu voto: Nenhum
imagem de Ulysses
Ulysses

Hoje ao comentar  com meu

Hoje ao comentar  com meu médico de décadas sobre os 5 maiores arrependimentos das pessos em seu leito de morte , ao ler o primeiro da lista vi que seus olhos se encheram de lágrimas. Disse me  que sempre viveu a vida que outros queriam. Exerceu a medicina por vocação , salvou milhares de vida ( hoje tem 80 anos) mas dedicado ao trabalho nunca pode viver a sua vida. Assim, podemos não concordar com os sentimentos das pessos que  estão em estado terminal mas não vamos desqualifica-las, mesmo porque não estamos ainda vivendo essa experiência e há os que compartilham desse sentimento.

Seu voto: Nenhum

1.Ter apoiado Lacerda  e 

1.Ter apoiado Lacerda  e  contribuido para o  sucidio de Getúlio Vargas;

2.Cevar o golpe,sua preparação e  desqualificação dos líderes democráticos apoiando o IBAD e o IPES;

3.Encobrir a tortura,o arbítreo e a violência dos golpista de ´ 64;

4.Calote  no Time -Life;

5.Usar o monopólio da GLOBO para difundir um país que só existia no hino da copa de ´70;

6.Engedrar  golpe nas eleições para governador contra Brizola e ser descoberto;

7.Empreender campanha sitemática contra o ensino público estadual opondo-se ferrenhamente contra os CIEPS,de educação  em tempo integral;

8.Encobrir a campanha das Diretas-Já;

9.Apoiar Collor e manipular debates contra Lula.;

10.Fabricar e incrementrar o Mensalão, ensaiando fracassado  impeachment;

11.Por fim ,não menos importante,ter existido.

Roberto Marinho.

 

 

 

Seu voto: Nenhum

snaporaz

imagem de Wladi1000r
Wladi1000r

Arrependimento: Não ter ido ao Sarau do Nassif.

Se arrependimento matasse...

É aquela coisa, o cara está lá no leito de morte se arrependendo disso e daquilo, se fosse curado instantâneamente, iria levantar e continuar fazendo as mesmas cagadas de sempre.

É o que eu faria!

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Falcão
Falcão

O nosso grande problema é que

O nosso grande problema é que nossa cultura não incentivou o aprendizado  de temas considerados dogmas pelas religiões - como iam vender o poder do perdão, a venda de indulgências...etc. se nos orientassem ? Nós nascemos e vamos voltar de onde saimos. Tão certo quanto 2 + 2 = 4. A nossa permanência em estado físico - note que nosso corpo é super primário, ele é degradável - é necessária para nossa evolução. O que a enfermeira narra é pode ser melhor compreendido no livro "Uma prova do céu" do Dr Eben Alexander III - a jornada de um neurocirurgião - de HARVARD - à vida após a morte.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de maria rodrigues
maria rodrigues

Se cada um seguisse apenas o

Se cada um seguisse apenas o segundo dentre todos os Mandamentos de Deus, certemente morreria a qualquer tempo de sua vida sentindo paz. AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO é uma máxima, uma ordem, a forma mais sábia de se viver, e de se poder esperar um mundo mais fraterno, mais pacífico, onde todos possam ter comida, diversão e arte. Infelizmente o que restou do nosso mundo, de forma macro e micro, foram a inveja, o ódio, e o olho por olho e dente por dente. Tá difícil alguém se despedir desta vida sem ter que confessar pecados, ou pedir perdões, porque a própria vida parece estabelecer que devemos ser brutos, insensíveis, como se nunca morrêssemos.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de morgana profana
morgana profana

Nua e crua...

O suicídio é o único problema filosoficamente sério...

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Interessante esses depoimentos

O que pensam e querem os que não têm mais futuro. Quem não tem futuro parece que também não tem presente. Só lhes resta a bagagem do passado a ser revisitada e analisada. Deixam uma lição de liberdade inusitada para a grande maioria. Eu já sabia que status e dinheiro não me faz feliz. Que o dinheiro não é o mais importante, quero ter o suficiente e um pouquinho mais apenas, a busca pelo dinheiro afasta-nos da Vida. Parece um encontro com a Vida propriamente dita, justamente quando se está para deixá-la. A dimensão da transcendência humana aparece nitidamente nesses momentos, e faz tanta falta durante a vida, há pessoas nas quais não se vê nenhuma transcendência, nenhuma religiosidade sequer  ...

Seu voto: Nenhum

seria tudo lindo e

seria tudo lindo e maravilhoso e roimântico, se essas pessoas que nos últimos momentos que gostariam  recuperar o espírito, curar a alma, refletir,  tivessem os feito mais durante suas horas de saúde. Ou seja diariamente. Talvez não estivessem preparadas para morrer (e ninguém deve estar mesmo!). Mas cultivar o espírito se mostra muitas vezes irreal. Mas muitos sentimentos além de arrependimento, são óbvios, e complexos. Nos arremessa diretamente construir a alma. E assim, poder "ir" mais tranquilo.

Porém , voltando com o pé no chão, abrir mão de uma carreira promissora, é algo impensável....

è aquele tal negócio: 

O cara passa a vida inteira gastando saúde pra ganhar dinheiro;

chega ao final gastando dinheiro para ganhar saúde.

Tem que haver um equilíbrio nisso. Mas o atual sistema econômico social  - o capítalismo - não dá essas brechas.

Superar seus adversários, livrar-se daqueles que o incomodam, e a ilusão de que quanto mais tem grana , mais felicidade -e um tanto bizarro para as nossas humildes almas humanas, mas perfeito para sustentar as empresas e governose nocivo para toda sociedade. 

Seu voto: Nenhum
imagem de jns
jns

EPITÁFIO

VINÍCIUS

    Aqui jaz o Sol
    Que criou a aurora
    E deu a luz ao dia
    E apascentou a tarde

    O mágico pastor
    De mãos luminosas
    Que fecundou as rosas
    E as despetalou.

    Aqui jaz o Sol
    O andrógino meigo
    E violento, que

    Possui a forma
    De todas as mulheres
    E morreu no mar.

BERTOLD BRECHT

    Escapei aos tigres

    Nutri os percevejos

    Fui devorado

    Pela mediocridade

    PARA MAIAKOVSKY

             Escapei aos tubarões

             Abati os tigres

             Fui devorado

             Pelos percevejos.

Tradução de Paulo César de Souza

Seu voto: Nenhum

resumindo...todos os moribundos gostariam de ter vivido

quem não vivenciou o que foi revelado já nasceu morto ou passou pela vida em morte constante

 

tremenda bobeira as 5 revelações, pois não confere com a realidade dos 99,99% dos que já viveram

 

 

Seu voto: Nenhum (9 votos)
imagem de Isaura
Isaura

Todos os arrependimentos

Todos os arrependimentos listados (entendendo-se que não é uma pesquisa científica) estão ligados aos relacionamentos ou a falta de atenção a eles (como ter trabalhado demais apenas para compensar a frustração com alguns relacionamentos).  

Diz-se que vida é relacionamento, logo a qualidade de nossa vida depende da qualidade de nossas relações e estas se baseiam em nosso estado mental/emocional

Se pretendes um bom destino, sem culpas, sentimento de perdas ou arrependimentos, cuida de teus relacionamentos.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

taí uma bela colocação para se pensar...

se nossos relacionamentos são como asas que não deixam cair ou se abater a alma, ou vida, podemos considerar que todos os arrependimentos revelados nada mais são que desilusões

Seu voto: Nenhum
imagem de urbano
urbano

Muito instrutivo e ridiculo -

Muito instrutivo e ridiculo - AUTO AJUDA para moribundos

Seu voto: Nenhum (16 votos)
imagem de chris
chris

Falou alguém que nunca será

Falou alguém que nunca será um moribundo, nunca será tocado pela morte.

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de anarquista sério
anarquista sério

  O meu maior arrependimento

 

O meu maior arrependimento é não ter comido a cunhada- ela estava louca pra dar .

Seu voto: Nenhum (20 votos)

arrependimento

O meu foi te-la comido.................rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsr

Seu voto: Nenhum (13 votos)
imagem de Bruno Cabral
Bruno Cabral

Otima essa

hahahaha

Seu voto: Nenhum
imagem de Conejo 10
Conejo 10

Viva intensamente

Que aula para gravar para sempre.

 

Me lembra aquele conselho:

VIVA CADA DIA COMO SE FOSSE O ÚLTIMO DIA DE SUA VIDA; UM DIA VOCÊ VAI ACERTA....

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.