Revista GGN

Assine

Os grandes nomes que foram vítimas da Aids

Do blog Socialista Morena

Meus heróis morreram de Aids

O poeta e cantor Cazuza (1958-1990). Foto: Flavio Colker

Em uma de suas canções mais conhecidas, Ideologia (1988), o cantor Cazuza dizia que seus heróis tinham morrido de overdose. Referia-se a ídolos como Jimi Hendrix, Janis Joplin ou Jim Morrison, todos mortos precocemente pelo uso excessivo de drogas. “Meus heróis morreram de overdose” é uma frase muito forte e verdadeira, mas não para mim. Muitos dos meus “heróis”, pessoas que admirei na vida, que foram modelos de rebeldia, coragem e inteligência, não morreram de overdose. Morreram de Aids. E Cazuza foi um deles.

A Aids entrou na minha vida aos 17 anos, no primeiro ano da faculdade de jornalismo. Era uma época livre, aquela, na Salvador dos anos 1980. Meninos e meninas provavam beijar-se, muitos garotos experimentavam pintar os olhos, a boca. Era proibido proibir. De repente veio a Aids e parou tudo. O Brasil e o mundo retrocederam cem anos em termos sexuais e morais, porque a Aids não era como o câncer, era uma doença que trazia consigo o preconceito; quando surgiu, era anunciada pelos conservadores como um verdadeiro castigo que os céus haviam mandado aos “pecadores”.

Sempre tive muitos amigos homossexuais. Posso dizer, inclusive, que as pessoas que exerceram maior influência intelectual e artística sobre mim são gays. Eu os adoro. E logo a Aids contaminaria um destes amigos queridos, pintor, que morreu, infelizmente, um ou dois anos antes de surgir o coquetel de remédios que mantém o vírus sob controle. Havia tanto desconhecimento sobre a doença neste primeiro momento, que as pessoas tinham medo até de compartilhar talheres e pratos com os infectados. Imaginem que crueldade.

Com o tempo, se foi vendo e informando as pessoas que a Aids não se contagia no vento, tampouco pelo beijo ou pelo abraço, mas sim por relações sexuais sem proteção; pela transfusão de sangue contaminado; pelo compartilhamento de seringas e agulhas; e durante a gravidez e a amamentação (o que já é possível reverter). Nada a ver, portanto, com “pecado”, isso é ignorância pura.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, a Aids ainda é um dos problemas de saúde mais graves em todo o mundo, sobretudo nos países mais pobres. Existem hoje cerca de 35,3 milhões de pessoas infectadas com o vírus –3,34 milhões delas, crianças. O HIV continua a ser o agente infeccioso mais mortífero do planeta: desde que a doença apareceu, calcula-se que 36 milhões de pessoas tenham morrido em decorrência da Aids. No ano passado foram 1,6 milhão.

Neste 1º de dezembro, Dia Mundial de Combate à Aids, quero homenagear todas as vítimas desta doença nas figuras destas pessoas especiais. Alguns dos que aparecem aqui não são homossexuais e foram contaminados de outras formas que não a sexual. O cartunista Henfil e seu irmão Betinho, por exemplo, eram hemofílicos e contraíram o HIV em transfusões. Mas isso não importa. O que importa é que todos eles eram seres humanos incríveis, gênios que foram levados desta vida, a maioria absurdamente cedo, por uma doença brutal. Saúdo todos eles e digo que sinto saudades.

P.S.: Não deixe que a Aids atrapalhe sua liberdade sexual: use camisinha.

(Clicando nos nomes dos meus heróis, você pode ler entrevistas e reportagens que selecionei sobre cada um deles, em texto e em vídeo.)

O filósofo francês Michel Foucault (1926-1984), autor da “História da Sexualidade”. Foto: Bruce Jackson

O cantor e compositor Renato Russo (1960-1996)

O cartunista Henfil (1944-1988), que lutou pela volta da democracia no Brasil. Foto: Aguinaldo Ramos/JB

O sociólogo Betinho (1935-1997), que denunciou a fome em nosso país, era irmão de Henfil. Foto: Dadá Cardoso/Ibase

O músico, escritor e ativista norte-americano Gil Scott-Heron (1949-2011), autor da inspiradora frase: “A revolução não será televisionada”

A linda atriz Sandra Bréa (1952-2000), ídola de infância de muitas meninas no Brasil nos anos 1970

O artista plástico e ativista norte-americano Keith Haring(1958-1990). Foto: Tseng Kwong Chi

O escritor de ficção científica russo radicado nos EUA Isaac Asimov, autor de “Eu, Robô”. Pintura de Rowena Morrill

O músico e ativista nigeriano Fela Kuti (1938-1997)

O cantor Freddie Mercury (1946-1991). Foto: Steve Wood

Tags

Média: 2.9 (16 votos)
9 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".

O FIM DAS ESTRELAS PORNÔ

_________________ Seja bem vindo! Que a paz de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo esteja com você. Neste documentário você encontrará informações valiosas que te ajudarão a compreender melhor o que há por trás do mundo sujo e pecaminoso da indústria pornô. http://www.ebah.com.br/content/ABAAAe... Infelizmente, é o segmento que mais cresce a cada ano. Porém, muitos são os relatos de ex-atores e atrizes pornôs, que sempre buscaram luxo, fama e dinheiro; mas, com o passar do tempo, perceberam que nunca conseguiram encontrar a verdadeira paz de espírito que só mesmo o Senhor Jesus pode nos dar. Centenas de atores e atrizes da indústria pornô já morreram de forma bárbara e assustadora.

 

Como podemos observar, mais uma vez a Palavra de Deus se mostra fiel. Pois o apóstolo Paulo, inspirado pelo Espírito Santo, deixou registrado em sua epístola aos gálatas, dizendo: _”...Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem plantar, isso também colherá...” Gálatas 6:7

 

Tais mortes e tragédias são, por incrível que pareça, o pagamento que estes homens e mulheres recebem. Por não respeitarem a Palavra de Deus, e usarem do seu “LIVRE ARBÍTRIO” para viverem de forma desregrada, corrupta, desonesta, e perversamente, em busca de dinheiro fácil, sem trabalharem honestamente e com dignidade. Vivendo somente para os prazeres terrenos desta vida passageira. E escravizados pelos vícios, pela avareza, orgulho e ganância; milhares de pessoas têm suas vidas interrompidas de forma prematura.

 

Levando uma vida de fracassos, tristezas e muito sofrimento na alma. A qual jamais poderá ser feliz e sentir paz, longe do Senhor e Salvador JESUS CRISTO – o verdadeiro Deus que desceu dos céus, assumindo a forma humana, e morreu na cruz para nos salvar! “...Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz...” Romanos 8:6

Que você, leitor (a) possa levar adiante estas informações, contribuindo assim, com um trabalho missionário voluntário, que consiste em anunciar as boas novas do Reino de Deus. Propondo uma vida de paz e esperança para todos aqueles que se encontram aprisionados pelas forças satânicas que operam através de toda e qualquer forma de pornografia. Por meio de CD, DVD, revistas, fotografias, desenhos, filmes, novelas, vídeos, músicas, websites, livros, contos, poemas, poesias, sex-shop, reality show, e outros meios que contribuem para a degeneração huamana.

 

Sem exceção, todos os artistas pornôs são escravos de Satanás!

 

Segundo as Escrituras Sagradas – A FIEL PALAVRA DO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO – se eles não se arrependerem de suas vidas sujas e vazias, enquanto há tempo; irão para o inferno. "Onde o verme não morre, e o fogo nunca se apaga." Marcos, 9:48 __________________________________________

 

 

Seu voto: Nenhum
imagem de armando botelho
armando botelho

Da minha geração as figuras

Da minha geração as figuras marcantes que influenciaram comportamento , eu diria que os mais importantes foram J. Deam , Merlim M. , Elvis , Marlom B. , e no esporte o maior de todos realmente foi Pelé , logo abaixo vem Casius Clay , Eder Jofre, Cauby Peixoto , Elis Regina e é por ai.

Destes alguns morreram precoce como Deam , Merlim e a nossa pimentinha Elis . Temos que resaltar os idolos Pelé , Casius , Cauby ,que estão vivos e alguns em plena saúde e são justamentre aqules que levaram uma vida moderada sem grandes loucuras. Ia me esquecendo do Garrinha , a alegria do povo , que nos deixou cedo também .

A grande vilã sem dúvida são as drogas e a bebida que arrasaram com muitos dos nossos ídolos e agora recente a Amy Winihause um talento que se esvaiu nas drogas e se foi muio jovem.

Seu voto: Nenhum
imagem de armando botelho
armando botelho

Da minha geração as figuras

Da minha geração as figuras marcantes que influenciaram comportamento , eu diria que os mais importantes foram J. Deam , Merlim M. , Elvis , Marlom B. , e no esporte o maior de todos realmente foi Pelé , logo abaixo vem Casius Clay , Eder Jofre, Cauby Peixoto , Elis Regina e é por ai.

Destes alguns morreram precoce como Deam , Merlim e a nossa pimentinha Elis . Temos que resaltar os idolos Pelé , Casius , Cauby ,que estão vivos e alguns em plena saúde e são justamentre aqules que levaram uma vida moderada sem grandes loucuras. Ia me esquecendo do Garrinha , a alegria do povo , que nos deixou cedo também .

A grande vilã sem dúvida são as drogas e a bebida que arrasaram com muitos dos nossos ídolos e agora recente a Amy Winihause um talento que se esvaiu nas drogas e se foi muio jovem.

Seu voto: Nenhum
imagem de Walker
Walker

O pior e o melhor é que se lê

O pior e o melhor é que se lê noticias boas e ruins na imprensa. Nestes últimos dias li algumas matérias dizendo que o Brasil, exemplo mundial de conbate a AIDS, relaxou na campanha ( corações e mentes)  intensiva feita nos meios de comunicação, mas também li que o governo vai disponibilzar o coquetel anti-AIDS para os soropositivos já quando for detectado a doença. 

O Brasil tem umas coisas estranhas, as vezes se comporta como pais de primeiro, neste caso da AIDS, lá bem a trás no governo Sarney, o ministro da saúde encarrou a moléstia com responsabilidade (nos 80s  quando a doençca preconceituosamente era tratada como a praga gay), passou por Collor, Itamar, e Lula, e queiram ou não queiram, José Serra fez trabalho digno quando universalizou o coquitel para os doentes nos 90s, quando os laboratórios já tinham desenvolvido os retrovirus.

AIDS é coisa séria, tratar isso com paixão politica é irresponsabilidade..

]

 

Seu voto: Nenhum
imagem de Walker
Walker

E não esquecer do grande,

E não esquecer do grande, insuperavel e inesquecível  Liberace, o grande pianista de Vegas e do glamour. 

Poucas semanas atrás assisti o filme da HBO, Além do Candelabro, 15 indicações pro Grammy (alias, Fernanda Montenegro ganho o Grammy faz poucos dias e isso passo batido por aqui) com desempenho espetacular de Michael Douglas e Matt Damon. 

http://paroutudo.com/2013/07/18/atras-do-candelabro-recebe-15-indicacoes-ao-emmy/

Seu voto: Nenhum
imagem de Fulvia
Fulvia

O bailarino argentino que

O bailarino argentino que dançava tão bem o bolero de Ravel, Jorge Donn. 

A lista é imensa, ficaríamos o dia todo a relacionar nomes e nomes, sejam das artes, literatura, ciência, filosofia... 

Seu voto: Nenhum (2 votos)

E quero lembrar também o

E quero lembrar também o pianista cubano-americano Jorge Bolet (1914-1990), um dos grandes tecladistas clássicos do século XX.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Nossos herois que morreram estupidamente.

Depois das mais recentes mortes dos meus herois(alguns mortos estupidamente) como a do até então Gov.de Sergipe, o companheiro de lutas, Marcelo Déda, acometido pelo câncer;

Do ator Paul Walcker num estúpido acidente automobilístico(justo nisso !) ;

Do Steve Jobs, que revolucionou o mundo, com suas criações no mundo da informática;

Do Freddy Mercury, certamente o maior roqueiro showman do século.

Resta a saudade deles ! 

Seu voto: Nenhum (3 votos)

O preço da liberdade, é a eterna vigilancia.

O escritor Caio Fernando

O escritor Caio Fernando Abreu,  o cineasta Leon Hirszman.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

"Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma".  Joseph Pulitzer

Na galeria de nomes famosos

Na galeria de nomes famosos pode constar tambe: Gia Carangi, o Rock Hudson, Rodolfo Nureyev,Thales Pan Chacon,Lauro Corona, Claudia Magno e por ai afora...

Seu voto: Nenhum (5 votos)

leonidas

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.