newsletter

Assinar

Processado pela SEC, sócio dos EUA inspirou marketing anti-Dilma de consultoria

Jornal GGN - A campanha "Se proteja se a Dilma ganhar" foi uma boa sacada da consultoria Empiricus. De fato, o mercado antecipa estratégias de investimento dependendo de cada situação prevista. E o noticiário dos jornais tem enfatizado – forçando a barra – a ideia de que a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) seria um risco para a estabilidade econômica. Embora seja uma análise terrorista, influencia investidores. 

A visibilidade, no entanto, trouxe à tona métodos polêmicos encampados pela consultoria, que resultaram em gestores punidos por conselhos de ética do mercado e em associação com grupos norte-americanos igualmente polêmicos – e sob a mira da SEC dos EUA.

A Empiricus notabilizou-se por relatórios informais, repletos de chistes e questões pessoais, mais adequados a perfis de Facebook do que da sobriedade que se exige dos relatórios financeiros.

Responsáveis pelas análises da Empiricus em 2011, Marcos Eduardo Elias, Rodolfo Cirne Amstalden e Roberto Altenhofen Pires Pereira resolveram explorar o noticiário de jornais em uma campanha contra o frigorífico Marfrig Alimentos S/A.

Nos relatórios de análise, promoveram uma empreitada quase que pessoal ferindo a imagem da companhia e de seus controladores, Marcos Molina e Ricardo Florence. Acusaram-nos de fraude contábil e divulgaram análises e comentários negativos, enquanto negociavam com ações da companhia.

Em janeiro de 2012, a Superintendência de Analista de Valores Mobiliários da Apimec (Associação de Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais) determinou a instauração de processo administrativo.

Os ataques à Marfrig começaram, segundo a Empiricus, após a corretora ter sido supostamente ridicularizada em público, durante um evento com a presença de diversos analistas e de auditores da KPMG. "Por uma questão de sobrevivência de mercado", ou “para salvar a reputação”, a Empiricus teria dado início à campanha para demonstrar supostas inconsistências dos balanços da Marfrig.

O relatório do julgamento reproduz trechos que confirmam que o teor das declarações da Empiricus contra a Marfrig é pior do que o de "brigas de botecos". Marcos Eduardo Elias – autor de sentenças ácidas como “demitam Ricardo Florence, ele é um sujeito gago” – acabou sendo punido com a suspensão por 12 meses do credenciamento de analista. Ele deixou a empresa em novembro de 2012. Os dois outros foram condenados a pagar multas de R$ 2 mil e não recorreram da sentença.

Além disso, a Marfrig abriu um processo (nº 0106655-70.2012.8.26.0100) no Tribunal de Justiça de São Paulo, que corre em segredo de Justiça, onde cobra dos analistas uma indenização de R$ 1 milhão por danos morais.

Construção de riqueza

O episódio com a Marfrig não é a única polêmica envolvendo a Empiricus.

Nos últimos tempos seu estilo se radicalizou depois de uma associação com o grupo norte-americano Agora Inc. e com seu promotor Mark Ford. Ambos - Agora e Ford - já foram alvos de investigação pela SEC por manobras no mercado de capitais.

O modelo de atuação consiste em fabricar um guru de mercado, inundar o mercado com newsletters de estilo informal e, a partir delas, montar estratégias de investimento pouco ortodoxas, garantindo ganhos extraordinários e sem risco.

Em seu site (www.empiricus.com.br), a corretora promove o “Clube de Construção de Riqueza - WBC Brasil”. O grupo se apresenta como “a forma mais rápida de construir uma fortuna séria no Brasil atual”. E recomenda: “Esqueça esquemas de pirâmide, esqueça jogos de azar. Há um método consistente e legítimo para alcançar seu primeiro milhão, e até mais.”

O segredo consiste em aplicar as fórmulas inspiradas no americano Mark Ford, hoje um empresário que ultimamente se dedicou ao ramo imobiliário e que, segundo os releases, "fez amigos no Brasil graças ao jiu-jitsi".

O público visado é formado pelo pequeno investidor, “milhares de indivíduos que ainda não conseguiram juntar o patrimônio necessário para uma vida de independência financeira.” O método de Mark Ford é propagado pelos fãs associados à Empiricus como “11 segredos”. A apresentação do sistema é eivada de lugares-comuns, com cálculos básicos de juros compostos e promessas que só se materializam em caluladoras financeiras.

Na justiça internacional

Mark Ford, entretanto, é alvo de reportagens veiculadas em jornais gringos por ter sido parte, em mais de uma ocasião, de negócios que acabaram sendo investigados pelas autoridades norte-americanas.

Em 1991, por exemplo, o Serviço de Inspeção Postal dos Estados Unidos apreendeu 6,6 milhões de dólares em contas bancárias detidas por Ford e seu sócio, Joel Nadel. O órgão sustentou que ambos estavam metidos num esquema que envolvia fraude postal e lavagem de dinheiro. 

Ford e Nadel supostamente operavam sorteios por correspondência eletrônica, através de um grupo de mídia de propriedade deles, que rendia cerca de 8 milhões de dólares por mês. A disputa judicial entre o Serviço de Inspeção Postal e os acusados atrasaram o pagamento das vítimas do suposto golpe. De acordo com publicação do The News de 1993, Nadel e Ford nunca assumiram a culpa pela fraude.

Segundo o portal Friends in Business, a operação consistia em emitir e-mails para milhares de pessoas avisando que elas ganharam um “prêmio valioso” em um suposto sorteio. Tudo o que o vencedor precisava fazer para retirar o prêmio era pagar uma pequena taxa de manutenção para a empresa de sorteios. Porém, os itens ditos valiosos nunca chegaram às mãos dos vencedores ou, se chegaram, valiam bem menos do que a taxa que eles pagaram.

Lucrando com a Copa 2014

A Empiricus chegou a Mark Ford através de uma associação com a Agora Inc. que injetou R$ 2 milhões na consultoria para promoção de vendas.

No Brasil, um grupo que se diz fã dos ensinamentos de Mark Ford relata no portal Cartas da Iguatemi como consegue fazer dinheiro. Um dos seguidores que se auto denomina “privilegiado por ser o membro número zero do clube de construção de riqueza WBC Brasil” conta como conseguiu ganhar lucrar com a Copa do Mundo.

A ideia brilhante foi a de colocar o apartamento que um amigo possui no Rio de Janeiro, numa região bem localizada, à disposição dos estrangeiros. Quatro argentinos fecharam o aluguel do espaço pelo valor diário de R$ 760, durante 25 dias. O “número zero do clube" vai embolsar R$ 7 mil do total de R$ 19 mil angariados com o negócio.

O mesmo espírito em Agora e a subsidiária Stansberry & Associates

Mark Ford é um dos responsáveis pelo crescimento milionário da Agora Inc., uma editora de jornais, livros e boletins que tem como subsidiária a Stansberry & Associates Investment Research (S&A). Esta, por sua vez, é outra editora privada com assinaturas em mais de 100 países. No portal da S&A, Ford é apontado como editor convidado.

A S&A tem como um de seus fundadores Frank Porter Stansberry, um profissional do mercado financeiro conhecido por elaborar e publicar notícias e conteúdo associados “aos interesses dos conservadores dos EUA e da ala direitista da política”. Em 2010, ele publicou um viral de 77 minutos intitulado "End of America”.

No vídeo, Porter Stansberry afirma que há anos atrás avisou aos investidores americanos que era melhor evitar empresas como Lehman Brothers, General Motors, Fannie and Fredies e dezenas de outras companhias que entraram em colapso durante a crise de 2008 – situação que ele também afirma ter previsto.

Feita a promoção pessoal, Porter dá sequência ao vídeo alertando para um novo evento drástico para a economia mundial. Isso dois anos antes da reeleição de Barack Obama.

Stansberry afirma, no material, que aguarda um fenômeno ainda relacionado à crise financeira de 2008, mas “infinitamente ainda mais perigoso”, porque vai afetar diretamente a conta-corrente, poupança, aposentadoria, modo de trabalho e o estilo de vida de cada cidadão americano.

O fenônemo estaria para atingir o “tesouro americano” e, diante da situação, Stansberry se propõe a ensinar onde os americanos podem aplicar seu dinheiro sem sofrer represálias do poder público. O empresário promete enviar um relatório gratuito explicando passo a passo.

Os relatórios falsos de mil dólares

Assim como Mark Ford, Porter Stansberry, um dos editores do Agora, também se meteu em imbróglios judiciários em mais de uma ocasião.

Em 2003, a SEC (Securities and Exchange Commission) trouxe à tona um esquema da S&A de comercialização de “falsas informações privilegiadas sobre a USEC Inc., uma empresa de Maryland que abastece usinas nucleares com urânio enriquecido”.

Stansberry assinava – sob o pseudônimo Jay McDaniel – um relatório com as informações que nortearam os investimentos de 1.217 pessoas, em 2002. Cada relatório foi vendido por mil dólares. A USEC afirmou a SEC que nunca repassou a Stansberry informações privilegiadas.

Em 2007, a S&A foi condenada pelo Tribunal Distrital dos EUA a pagar 1,5 milhão de dólares em restituição e penalidades civis por ter fraudado as informações aos assinantes nesse esquema. Ágora Inc. também era réu no julgamento, mas a corte entendeu que apenas a subsidiária deveria sofrer sanções.  Pouco mais de 200 compradores pediram o reembolso pela compra do relatório.

Segundo o juiz a Marvin Garbis, “a gravidade do dano, neste caso, não se limita à quantidade de dinheiro que cada comprador gastou com o Relatório Especial”. Todos eles, acreditando que as informações no documento eram verdadeiras, perderam de 20 a 25 por cento do dinheiro aplicado em compra de ações recomendada pela Stansberry. Alguns acumularam prejuízos de 28 mil dólares. Já a Stansberry lucrou pelo menos 1 milhão de dólares com o negócio.

A Agora invocou a Primeira Emenda (liberdade de expressão) para se defender. O episódio suscitou um rico debate sobre os limites da liberdade de expressão (clique aqui) e (clique aqui).

A criatividade da Empiricus

Voltando aos segredos de Mark Ford – que usa o pseudônimo de Michael Masterson em seus best Sellers – aplicados pela Empiricus, o terceiro princípio, que tornou a corretora muito conhecida no mercado, é a descontração com que todos devem escrever. Aí, a criatividade em terras tupiniquins é sem limite. Até paixões adolescentes pela mesma menina e rixas de escola vêm à tona.

Um dos analistas, Felipe Miranda, narrou as disputas com um certo Daniel Torelli, na época do colegial.  “Brigávamos rigorosamente todos os dias, usando o futebol como catálise... honestamente, nosso time era melhor”, lembra, sem deixar de alfinetar o rival. 

O outro motivo era a disputa pelo coração de uma garota de quem ele sequer lembra o nome. Isso porque Renato Torelli, irmão de seu antigo desafeto, foi contratado pela Empiricus – e coube a Miranda apresentá-lo aos clientes. “Hoje, depois de ter gastado uma caixa de lenço, posso lhes assegurar: você merecem ler/ouvir o que este homem tem a dizer”, afirma Miranda.

Dizer que o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, começou certa semana “relaxadão”. Afirmar o óbvio: que muitos financistas “comem mortadela para arrotar peru”. Reconhecer que o próprio autor do relatório é bipolar. “Tentamos escrever da forma mais direta possível, usando o humor, porque ele auxilia na absorção da informação”, afirma Mesquita. “Desde que o homem é homem, ele conta histórias, e isso ajuda a entender nossa mensagem”.

A reportagem da IstoÉ Dinheiro publicada em 5 de maio contem os depoimentos e aponta que "a famosa casa de análises independente do País – e reconhecida por seus relatórios descontraídos e mordazes" deve gerar receita de 10 milhões de reais em 2014. "Cerca de 10 mil pessoas já compraram, pelo menos, um relatório da empresa, e há 5 mil assinantes de periódicos da casa.”

As críticas a Dilma Rousseff

A criatividade da Empiricus gerou um episódio retratado pelo site Conversa Afiada na notícia “Vendo proteção contra Dilma. Com Globo e Jabor”, que pode ser lida aqui. Nesta segunda (26), a Empiricus tratou de rebater o que foi veiculado no site encabeçado pelo jornalista Paulo Henrique Amorim. Em nota à imprensa, a empresa se diz acusada pelo site de “ser financiada para fazer campanha contra Dilma”. E explica que a situação não é essa.

“O anúncio da Empiricus [em O Globo] em questão era uma chamada para um relatório que aborda os desdobramentos da corrida eleitoral sobre os mercados, sob as duas óticas: tanto da situação quanto da oposição.” De acordo com a Empiricus, “tal anúncio é criado automaticamente pelo Google AdWords, ferramenta de geração de Leads do Google, também utilizado pelo Conversa Afiada."

A peça, portanto, teria sido foi fornecida “gratuitamente e tratava da volatilidade causada no mercado pelas últimas pesquisas eleitorais – seus e seus desdobramentos”.

O relatório está disponível aqui.

O que o mercado pensa, segundo a Empiricus

Na mesma nota enviada à imprensa, a Empiricus afirma que tem sido alvo de militantes partidários, por supostamente fazer campanha. "Como se tivéssemos trazido uma grande novidade ao falar que o mercado financeiro prefere o Aécio Neves ou Eduardo Campos à Dilma... Vou revelar uma coisa muito importante, só entre a gente. Simba, este é o nosso segredinho: a Bolsa sobe quando a oposição ganha espaço nas pesquisas.”

A Empiricus avalia que “o mercado espera cada vez mais inflação e um crescimento ínfimo da economia brasileira nos próximos anos. Relatório Focus dessa semana mostrou que os agentes de mercado voltaram a aumentar a projeção para a inflação em 2014, de 6,43% (na semana passada) para 6,47% nesta semana, o que é bem distante do centro da meta de inflação, de 4,5%. A mediana das estimativas aponta crescimento de 1,62% este ano e 1,96% para o ano que vem. Não, crescimento pífio com inflação elevada em um cenário de maior juro real do mundo e recente perda de rating não é um quadro exemplar. Independentemente de quem levar a eleição, precisamos de um ajuste de política monetária e fiscal para já.”

Média: 4.8 (11 votos)

Recomendamos para você

56 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Andrey
Andrey

Bando de picaretas. O Felipe

Bando de picaretas. O Felipe Miranda parece o João Kléber, enrola, enrola, enrola e no fim tenta vender seu produto incomparável. Pega jacú!!! kkk

Seu voto: Nenhum
imagem de altamiro souza
altamiro souza

esse pessoal da empiricus bem

esse pessoal da empiricus bem que podia ser classificada como estelionatária

ou é como aqueles caras que se juntam pra passar o famigerado conto do paco, onde a vítima entrega a sua grana esperando ganhar mais com a falsa promessa dos fraudadores, geralmente bilhetes premiados...

se isso é verdadeiro deveriam estar mesmo é presos.

agora,  além do consórcio pig-tucano, temos os fraudadores do mercado financeiro, os que torpedearam e arruinaram a economia norte-americana (portanto,ocidental) com a financeirização da economia...

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Edi Passos
Edi Passos

Consultores?

Esses "consultores" não são os mesmos picaretas que quebraram um monte de rentistas otários aconselhando-os a investir nas empresas do Eike Batista quando já estavam falidas?

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Não tem o lobo de Wall Street?

Esses aí da Empiricus são os lobos da Avenida Paulista. A falta de ética e a desonestidade são as mesmas...

Seu voto: Nenhum (2 votos)

No Brasil a única proposta política da oposição é o golpe.

Quando a Justiça só pune de um lado, os bandidos já sabem qual lado escolher.

imagem de sergio m pinto
sergio m pinto

É com se diz nos botecos -

É com se diz nos botecos - enquanto houver cavalos São Jorge não anda a pé!

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de ana faust
ana faust

http://exame.abril.com.br/neg

http://exame.abril.com.br/negocios/noticias/ogx-pode-dobrar-valor-bolsa-...

 Empiricus "mandando" comprar OGX!!

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de aliancaliberal
aliancaliberal

Empiricus tinha que gerenciar

Empiricus tinha que gerenciar o fundo soberano do Brasil, ai quem sabe eles não teriam comprado ações na alta e vendem na baixa dando prejuizo de 4,4 bilhões ao fundo.

Fundo Soberano do Brasil é um desastre

Em dezembro de 2008, o mundo vivia os efeitos do pânico causado pela quebra do banco americano Lehman Brothers. Em meio ao pacote de medidas destinadas a proteger o Brasil da crise estava a criação de um fundo soberano — nome dado aos fundos de investimento controlados por países e que aplicam, basicamente, no exterior.

Ao anunciar o novo fundo, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que aquele era um passo para financiar empresas brasileiras que investissem fora do país. No futuro, esse fundo seria engordado com parte dos royalties pagos à União pela exploração das reservas do petróleo do pré-sal, como fazem Arábia Saudita, Emirados Árabes, Noruega e outros produtores. A expectativa era grande.

O fundo começou com 14 bilhões de reais, e sua administração foi delegada à Secretaria do Tesouro Nacional, comandada por Arno Augustin. Começava, ali, uma das lambanças financeiras mais impressionantes da história recente do país.

No primeiro ano, os gestores do fundo não fizeram nada do que haviam prometido. O dinheiro ficou, basicamente, parado em títulos públicos brasileiros. Mas em 2010 a criatividade tomou conta do governo federal, que precisava de uma força para financiar a gigantesca capitalização da Petrobras — feita para levantar recursos para a exploração do pré-sal.

A equipe de Arno Augustin comprou nada menos que 12 bilhões de reais em ações da Petrobras. Pagou 29,65 reais pelas ações ordinárias e 26,30 reais pelas preferenciais e passou a ter 3,9% do capital da companhia. Além de não ter absolutamente nada a ver com os objetivos do fundo, esse investimento foi desastroso.

As ações da Petrobras perderam cerca de 40% de seu valor nos dois anos seguintes. Mas foi aí que surgiu o inexplicável. Arno e seus magos das finanças inverteram a lógica mais básica que rege investimentos e decidiram vender tudo.

Compraram na alta e venderam na baixa — e jogaram na lata do lixo 4,4 bilhões de reais. Até o fechamento desta edição, ninguém havia sido responsabilizado por isso.

http://www.implicante.org/blog/fundo-soberano-do-brasil-e-um-desastre/

 

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Zanchetta
Zanchetta

Ninguém falou nada quando o

Ninguém falou nada quando o Stédile falou que se o Aécio ganhar vai virar uma "guerra"...

Seu voto: Nenhum (12 votos)
imagem de aliancaliberal
aliancaliberal

PT 2014 - Fantasmas do passado

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de ricardo nação unida
ricardo nação unida

KKKKKKKKKK

Ainda bem que o FHC  conomizou ein!  Fica tranquilo  no Brasil so existe  dois  partidos  esquerda e  centro esquerda não existe de direita!  Eu vi o video  da  consultoria  la  tem  muita coisa que deveriamos sim olhar com  carinho como tem coisa  boba!  Mas o fato  real é que  realmente  é preciso mudar  muitas coisa a  primeira  e saber  extrair coisas  boas do PSDB  e coisas boas do PT  tem que acabar  com esta  mania da verdade  absoluta . A imposição  de ideologia  e bem pratica de radicais  arabes  e o resultado e  pessimo. Vamos  unir classes  , partidos o país  chega  de  Falar  mal do FHC  , LULA  ambos tiveram seus acertos  e   errosm papeis para país. Pensem  na nação Obrigado

( maior  exemplo disso e a  copa  um jogador so não da titulo , a união de classes , politicos e ideias sim podemos vencer)  Fica dica

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Roberto Monteiro
Roberto Monteiro

Bela comparação!

O Stdile, por acaso, vende serviços de consultoria financeira? Todo mundo conhece o posicionamnto político do Stedile, portanto, é mais do que natural o posicionalmnto do Stedile.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Stédile é maluco.

Stédile é maluco.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Ques as forças maiores me livrem de linchar o devido processo legal

imagem de robertog
robertog

É isso aí...nasce um otário a

É isso aí...nasce um otário a cada segundo; ser sério é sinônimo de ser conservador e como no Brasil ser conservador está virando sinônimo de ser debochado, faz parte do show...enfim sempre vai ter freguesia para essa mercadoria. Ela vai ser sempre enganada, mas mesmo assim é difícil criar empatia com os caras. Azar deles. Quem quiser que aprenda. 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de iron
iron

Por tudo que jah erraram,

Por tudo que jah erraram, pelos valores absurdos que cobram' eu soh lamento que a mae dinah tenha passado para o outro lado. Charlatao por charlatao fico com o pai jacoh.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Antonio Filho
Antonio Filho

A Empricus acaba de emplacar

A Empricus acaba de emplacar um viral seguindo a receita de Porter Stansberry, inclusive com o mesmo título (tropicalizado) - O  Fim do Brasil?

Simplesmente ridículo. O pior é que muitos leitores deverão aderir a este embuste, misto de jogo sujo de politicagem barata e método de enriquecimento fácil às custas da ingenuidade de muitos trabalhadores.

 

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Portal do Nassif dando dicas de investimentos

Sugestão, seu Nassif. Quem entrou no portal da Empíricus estava procurando se iniciar sobre investimentos ou dicas de investimentos. Pq vc não assume mais esse papel? Credibilidade e leitores vc tem, muitos.

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Cneves
Cneves

cancelamento de assinatra

Obrigado Nassif pelas informacoes sobre a empiricus, nunca comprei nenhum relatorio, mas mesmo assim acabei de cancelar minha assinatura.

 

Seu voto: Nenhum (12 votos)
imagem de anarquista sério
anarquista sério

  Por que não tenho simpatia

 

Por que não tenho simpatia pelo PT?

  Porque ele flerta com o que há de mais atrasado no planeta:

       Cuba,Bolivarismo ,esquerdas retrógadas.

           O mundo caminha pra acordos setoriais sem nenhuma ideologia.É o impensável acordo China e Russia..É E U A com Europa. É E U A com paises da América do Sul ( menos o Brasil)

           Como cidadão brasileiro,com este governo,me sinto um Flintosne vivendo na idade da pedra.

            Tudo indica que Dilma irá ganhar. Só espero que ela saia das cavernas da Venezuela.Bolivia.Cuba( não gaste mais nosso dinheiro pra construir nada lá) e venha pro mundo real.

            E no mundo  real nenhum participante aonde o Brasil deu dinheirio e atenção extremada existe no contesto mundial.

             Acorda Dilma!!!!! Coloca uma política externa de peso pra funcionar.E se livre do peso de Marco Aurelio Garcia que é uma anta ambulante.

              Se recicle,Dilma.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Você não tem nada de

Você não tem nada de anarquista e muito menos sério, é mais fácil ser um "udenista mofado"

Creio na possibilidade que você ter uma foto do FHC colada no lado de dentro da porta do guarda-roupas...

Com todo o respeito

Vôte!!!

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Fernando Alvares
Fernando Alvares

Bolivarismo, bla,bla

Bolivarismo, bla,bla bla,...Cuba, bla, bla, bla,...Venezuela, bla, bla, bla...Foro de São Paulo, bla, bla, bla...Comunismo, bla bla bla....Estes coxinhas não mudam o discurso

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Anarquista apoiando Yanke?

Anarquista apoiando Yanke? PQP

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Ques as forças maiores me livrem de linchar o devido processo legal

imagem de Antonio Lyra
Antonio Lyra

Você nem é anarquista, nem

Você nem é anarquista, nem sério.

Você é o anti-Brasil.

Seu voto: Nenhum (27 votos)
imagem de humberto alecrin
humberto alecrin

Sabe de nada......Inocente!!!

Sabe de nada......Inocente!!! kkkkk.. vai ser alienado assim la nos EUA...melhor lá na Venezuela que é pra ficar perdido no meio de gente que quer o melhor para todos os irmaos....não só para o Tio....(sam)! Vai Inocente, investe ai nas dicas da Empiricus....Enche a burra deles! É de trouxa que eles precisam ...vc enquadra no perfil. Aposto que investiu na TelexFree...kkkkkk

Seu voto: Nenhum (17 votos)
imagem de Heitor de Assis
Heitor de Assis

Anarquista Sério, por um

Anarquista Sério, por um momento, fiquei indignado com a forma que vc se referiu ao Marco Aurélio Garcia. Se tivesse ao menos 1% da capacidade dêle, talvez merecesse alguma credibilidade. Pensei também em dizer que anta é vc. Mas lembrei-me que a anta é um animal que existe em nosso dias.

Prefiro pensar que vc não passa de um dinossauro, com a pretensão de ter sido um ser humano - como o Fred que vc cita. Não faça mais isso. Fred Flinstone é um nosso antecessor. Vc já está extinto.

Seu voto: Nenhum (19 votos)
imagem de Heitor de Assis
Heitor de Assis

Anarquista Sério, fique à

Anarquista Sério, fique à vontade e não se sinta uma anta. Na verdade, você é uma anta!

Seu voto: Nenhum (13 votos)
imagem de AlvaroTadeu
AlvaroTadeu

Anarquista não se confunde com "Ignorantista".

Ele se considera um anarquista sério. É sério, ele se considera. Mas entre o que ele se considera e o que ele é, há anos-luz de diferença. Chama Marco Aurelio Garcia de anta. Marco Aurelio não cheira, seu bastardo. Sua "análise" contém elementos de boçalidade radical. Podem me chamar de mal-educado, mas quando encontro um coxinha completamente retardado, fico revoltado. Gente dando pitacos em política sem nenhum conhecimento histórico, social,  de vivência, de experiência, ou mesmo de Matemática elementar, pois quando falamos em inflação, crescimento, investimento, precisamos no mínimo saber calcular porcentagens.  Não entende nada de Anarquismo, pois os primeiros anarquistas que aportaram no Brasil, eram operários de baixa instrução formal, mas de grande conhecimento político-econômico pela vivência e experiência. Esse tal "anarquista" de fachada, elogiando a maneira antiga e ultrapassada de ver o mundo, aquelas famosas agências de risco, que deram "triple A" para o Lehman, uma semana antes de ele afundar-se, que respeito merece essa gente? Com suas palavras complicadas, com seu tucanês desvairado, sem sinonimia, perderam-se nas trevas do tempo e da ignorância. Se não sabe o que diz, cale-se, cálice, cale-se!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

(Sem título)

Seu voto: Nenhum (10 votos)
imagem de Renato Ramos
Renato Ramos

Empiricis brincadeira hahaha

Ainda bem os Brasileiros estão trabalhando em vez de ficar lenda as projeções falsas da Empiricus. Nunca antes ouve tanta oferta de empregos quanto nos dias atuais. Brasileiros que acordam cedo, que merecwm respeito por suarem suas camisas em seus empregos sabem que esta Nação não irá voltar atrás.

Seu voto: Nenhum (9 votos)
imagem de Jorge Passos
Jorge Passos

Lobos de Wall Street

" O público visado é formado pelo pequeno investidor, “milhares de indivíduos que ainda não conseguiram juntar o patrimônio necessário para uma vida de independência financeira.” Isso lembra bem o método do personagem do Leonardo Di Caprio no filme o Lobo de Wall Srett. Picaretagem pura!

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de Ney 36
Ney 36

Podem fazer o que vcs

Podem fazer o que vcs quizerem , nos não abrimos mão de votar na Dilma ,  na minha cidade poucas pessoas pagam aluguel , 90% das pessoas tem carro ou moto , emprego tem de sobra , so não trabalha quem não quer , a saude esta melhorando , a educação também , sou do interior de Minas , quem melhorou nossa situação foi o Lula e a Dilma por isso não abro mão de votar nela , nos da classe baixa estamos satisfeitos mas os ricos e poderosos não querem nosso sucesso , po isso que esta consultoria quer ver a derrota da Dilma mas não vai ter este gostinho , Dilma lá ....

Seu voto: Nenhum (19 votos)
imagem de Luisa Dandi
Luisa Dandi

kkkk 17 de março de 2015. Vou

kkkk 17 de março de 2015. Vou rir muito ainda.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Bruno Mr Cool
Bruno Mr Cool

Huahahahaha

Eu li o comentário original e pensei exatamente a mesma coisa que você: uma bela gargalhada. Queria muito ver se esse tiozinho continua pensando assim.

Seu voto: Nenhum
imagem de serj
serj

Não sei o que é pior, a

Não sei o que é pior, a analise da corretora ou vcs se preocuparem somente agora porque eles pegam no pé da Dilma.

Seu voto: Nenhum (20 votos)

Enquanto a questão eram as

Enquanto a questão eram as estratégias financeiras, não demos nada, por saber tratar-se apenas de uma jogada de marketing. O que chamou a atenção foi a propaganda da WBC e informações de leitores sobre os problemas com a Apimec.

Seu voto: Nenhum (29 votos)

Ficar clicando e entrando nas páginas desses espertalhões...

é exatamente o que eles querem.

 

Bah! São mais do mesmo.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

SE A DILMA RENUNCIAR, O PT NUNCA MAIS VAI VER O MEU VOTO. FAREI CAMPANHA CONTRA O PARTIDO EM TODA E QUALQUER OPORTUNIDADE.

Para se proteger do Aécio é

Para se proteger do Aécio é muito mais fácil. Eu digo como e sem cobrar nada: no dia 05/10, vote 13.

Seu voto: Nenhum (27 votos)
imagem de Ana Paula /s
Ana Paula /s

Estão indo com muita sede ao pote

Os meios de comunicação, o grande capital, rentistas e o crime organizado fazendo das tripas coração para eleger Arrocho Neves, aquela turma do estado mínimo para o povão e máximo para o barão

Essa gente está investindo muita grana em Aecio, esperando retorno rápido, claro

Seu voto: Nenhum (9 votos)
imagem de jns
jns

Empiricus

Comentário ao post 

"Eleitores de Dilma são mais ativos nas redes sociais em comparação a demais candidatos"

sex, 23/05/2014 - 13:29

Ao acessar um site português, http://www.sabado.pt/ , na lateral direita superior da página, a EMPIRICUS RESEARCH formula a seguinte equação:

 

 

E Se Aécio Neves Ganhar?

 

Que Ações Devem Subir se o Aécio Ganhar a Eleição? Descubra Aqui, Já!

 

Ao clicar na seta disponiblizada na tela inicial, o leitor é encaminhado para a próxima, que apresenta a oportunidade para formar investidores sabidos:

 

Para formar investidores bem informados e bem remunerados

 

Acrescentando:

 

A Empiricus oferece todos os dias conteúdo gratuito para quem quer saber onde investir e o que está acontecendo no mercado financeiro.

 

Que Ações Devem Subir ou Descer se Aécio ganhar a eleição a eleição

 

mail  Digite seu e-mail abaixo e receba o relatório     CONFIRMAR

 

bloomberg   Estadão      Loja InfoMoney

       

          Investmania

 

http://jornalggn.com.br/noticia/eleitores-de-dilma-sao-mais-ativos-nas-r...

Seu voto: Nenhum
imagem de Sergio l
Sergio l

Empicaretus

Sim, JNS, a Empiricus tb. botou anúncios referentes à (hipotética) vitória do Aécio, mas sem o lado terrorista.Compare "Que ações vão subir se o Aécio ganhar"  com "Como se proteger da reeleição da Dilma", num enfatizando o ganho no outro a proteção contra possíveis perdas. Já cliquei num anúncio deles e tenho recebido diariamente um monte de  "análises gratuitas", que são gratuitas "pero no mucho". Comentam um determinado assunto, destilando as informações do conhecimento de todos (e que estão em todos os portais inclusive neste do Nassif), mas  dando a entender que eles "e só eles" possuem informações "quentes", as quais vão dar grandes lucros ao investidor, mas para isso é preciso assinar uma publicação deles, esta não gratuita. Nunca assinei nenhuma, nem assinarei, pois o curiculum e o texto deles nunca me inspiraram confiança (o que este post do Nassif confirmou). Quanto à preferência deles por Aécio, não é mais que um agrado que tentam fazer com seu público, já que o perfil de 90% dos atuantes no mercado financeiro tem sido esse em todas as eleições desde 2002.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Isso me lembra um golpe antigo,

em anúncio de jornal:

"Fique rico rapidamente. Me mande R$ xxx,xx para Caixa Postal TAL, indicando seu endereço de retorno".

O bobalhão que manda, recebe a seguinte mensagem de volta:

"Alugue uma caixa postal ..." 

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Mariane
Mariane

Empiricus

Entrei no site dessa Empiricus, tem toda a cara de uma arapuca para trouxas. Para uma arapuca é bastante sofisticada, já como analistas financeiros, nem sequer chegam ao nível amador.

Seu voto: Nenhum (13 votos)
imagem de alcarpinteiro
alcarpinteiro

Enquanto houve otários,

Enquanto houve otários, haverá uma Empiricus na praça. 

Seu voto: Nenhum (8 votos)

não sei se tem algo haver...

... mas aqui em casa a cada mês, entra mais e mais  produtos importados, e nada de brasileiros, claro que importado pela maioria por nativos, que adoram ganhar sem produzir um suor, típico de brasileiro colonizado e egoísta, até chego a importar diretamente, e pagando meus impostos, agora! será que os importadores brasileiros pagam seus impostos?  a real, é que o empresariado brasileiro estar ultrapassado

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Marcus Elias e suas previsões eleitorais para 2010.

Vale a pena ver, uma verdaeira coleção de pérolas do fundador da Empiricus, sobre Dilma, Lula, Serra e a disputa eleitoral de 2010:

Seu voto: Nenhum (9 votos)
imagem de Sergio l
Sergio l

Alguém com esse inglês

Alguém com esse inglês (ninguém é obrigado a ser fluente em idioma nenhum mas se se dispõe a falar, fale corretamente) e essa postura (aquele cigarrinho que não acaba nunca) não ficaria empregado uma semana em qualquer empresa séria. Teve que abrir a sua.

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de AlvaroTadeu
AlvaroTadeu

Gravou o vídeo para um blog de piadas, Pensaram que era sério.

Não sei por que diabos, cada vez que ele dava uma tragada no charuto, eu tossia. Isso é muito esquisito, o cara é muito "sugestionador". Mas como fala besteira, meu. Só não posso criticar o Inglês dele, é tão ruim qanto o meu. Mas não jogo baforadas de charuto na cara dos meus interlocutores. Mas esse cara é um exemplo acabado dos dirigentes do PSDB.

Se o povo conhecê-los em suas intimidades, vai vomitar. Isso, se não for parar no hospital por overdose.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Rá rá rá

Viu como o cara é bem sucedido? Está fumando um charuto!!! 

 

Que comédia. Espero que seja cubano ao menos

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Fernando Lopes
Fernando Lopes

Será charuto mesmo?

Tô achando que é um baseado... de maconha estragada !! KKK

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de João Siqueira
João Siqueira

Que inglês terrível. Não

Que inglês terrível. Não consegui terminar de assistir o vídeo.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Eu dou consultoria grátis. E se o Aócio ganhar?

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.