Revista GGN

Assine

Que gesto de grandeza Aécio pode fazer pelo país?

Presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, participa do Encontro Estadual do PSDB de Goiás neste sábado (27/02). Foto: Orlando Brito/ObritoNews

Enviado por Assis Ribeiro

do Brasil 247

Que gesto de grandeza Aécio pode fazer pelo país?

Neste sábado, em Goiânia, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) cobrou um "gesto de grandeza" da presidente Dilma Rousseff, que seria a sua renúncia; desde que foi derrotado, em outubro de 2014, já se passaram nada menos do que 489 dias e o presidente nacional do PSDB continua tentando fomentar o ódio e a guerra política no País; nessa toada, Aécio já fez de tudo: aliou-se a Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na tentativa de um golpe contra a democracia, sabotou votações de medidas fiscais que eram defendidas pelo próprio PSDB e estimulou diversas ações no TSE; sua aposta no 'quanto pior, melhor' não rendeu frutos para os tucanos; ao contrário, aprofundou a recessão, ceifou milhares de empregos e criou o ambiente perfeito para que germine a semente do fascismo no Brasil; é possível esperar de Aécio um gesto de grandeza?

27 DE FEVEREIRO DE 2016 ÀS 17:07

Minas 247 – Lá se vão exatos 489 dias desde que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) foi derrotado para a presidente Dilma Rousseff nas eleições presidenciais de 2014.

Desde então, o senador mineiro, neto de Tancredo Neves, não fez outra coisa a não ser fomentar o ódio e a intolerância política no Brasil.

No lugar de aceitar a derrota, como fazem políticos civilizados e com respeito pela democracia, Aécio decidiu agir como um autêntico carbonário. Convocou manifestações de rua, aliou-se a um político que simboliza a corrupção, o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para tentar afastar do cargo uma presidente reconhecidamente honesta e sabotou medidas do ajuste fiscal que eram defendidas por seu próprio partido.

Neste início de 2016, com o enfraquecimento do movimento golpista, Aécio sinalizou que adotaria uma postura mais responsável. Começou a posar de estadista, lançando uma agenda propositiva, e autorizou o novo líder do PSDB na Câmara (PSDB-MG), Antônio Imbassahy (PSDB-BA) a fazer um mea culpa tucano pela aposta no 'quanto pior, melhor'. Numa entrevista ao jornalista Bernardo Mello Franco, Imbassahy reconheceu que o PSDB não deveria ter tentado implodir as contas públicas, derrubando medidas como o fator previdenciário.

Aécio agia com base em pesquisas que mostravam repúdio da população à sua conduta. Desde a derrota nas eleições presidenciais, o senador passou a ser visto como um político oportunista, preocupado apenas com os próprios interesses.

No entanto, bastou que a Operação Lava Jato desse novo ânimo ao movimento golpista, com a prisão do marqueteiro João Santana, para que Aécio voltasse a vestir o velho figurino do político inconformado com a sua própria derrota.

Neste sábado, em Goiânia, ele voltou a propor uma ruptura. "Eu acho que está chegando a hora da presidente da República, da presidente Dilma Rousseff, refletir e, quem sabe, em um gesto de grandeza, deixar a Presidência da República para que o Brasil possa construir um novo caminho", disse ele.

Dilma pede união

Do Chile, onde se encontra com a presidente Michelle Bachelet, a presidente Dilma Rousseff pareceu não se incomodar com a provocação e mostrou estar ciente do rumo que precisa tomar. "O que é necessário para o Brasil recuperar o grau de investimento? Temos que estabilizar a situação fiscal. É fundamental que as pessoas percebam que não existe o fim em si de equilibrar o orçamento do Estado brasileiro. Você faz isso porque é essencial para que se crie um ambiente favorável ao investimento, que esteja com inflação controlada e que permita que haja um horizonte de expectativas positivas", afirmou.

Dilma também falou sobre o atual ambiente de intolerância. "Além disso, o Brasil precisa se unir. O Brasil não pode sistematicamente se mostrar desunido, todas as pessoas pessimistas. Todas as pessoas eu não digo, porque eu acho que o povo brasileiro é um otimista, mas grupos muito pessimistas que só olham a parte mais vazia do copo e isso nós não podemos permitir."

Até agora, a guerra política fomentada por Aécio e seus aliados já causou grandes prejuízos ao País. Tendo que atuar em diversos campos de batalha para sobreviver politicamente, o governo da presidente Dilma Rousseff não conseguiu recuperar a iniciativa nem fazer avançar reformas no Congresso capazes de equacionar a questão fiscal.

De 2014 para cá, o Brasil já foi rebaixado por três agências de risco e milhares de pessoas perderam seus empregos, mas o 'quanto pior, melhor' não rendeu frutos para o PSDB. Ao contrário, os tucanos perderam apoio popular, assim como o PT. A única coisa que se conseguiu até agora, além de aprofundar a recessão, foi fazer com que germinassem as sementes do fascismo no País.

Enquanto o Brasil sangra, fica no ar a questão: é possível esperar de Aécio algum gesto de grandeza?

Média: 5 (11 votos)

Recomendamos para você

24 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de GERSON ALENCAR
GERSON ALENCAR

Contradição nas ponderações da reportagem.

 Não foi Aécio Neves nem o PSDB, que promoveram o mar de lama e corrupção, em que se encontra o sistema político e economico brasileiros; se Aécio tira proveito disso, é um direito que lhe assiste; quanto a demonstrar um ato de grandeza, acredito que ele pode fazer isso sim, em momento oportuno.

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Edi Passos
Edi Passos

Um direito que lhe assiste?

Meter a mão grande no dinheiro público para construir aeroportos de uso particular dele e de seus parceiros, receber mesada de trezentão pra fazer festa no Rio, ceder aeronaves públicas pra passeios e deleites de seus cabos eleitorais milionários, entre eles artistas da Globo e Jogadores de futebol sonegadores etc... Tudo isso é direito do playboy golpista? Quais são os outros direitos dele que vocês ainda não revelaram pro povo? Quem sabe o direito de fazer tudo isso sem ser incomodado, já todas as denúncias contra ele são sumariamente arquivadas, sem qualquer investigação! 

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Oximoro.

Oximoro.

Seu voto: Nenhum

Que gesto de grandeza Aécio pode fazer pelo Brasil?

Suicidar-se.

Simples assim...

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Primeiramente: FORA TEMER!

E pra encerrar: FORA TEMER!

imagem de j@iro, de sp
j@iro, de sp

O gesto de grandeza que o

O gesto de grandeza que o neto (pelo lado materno) de Tancredo Neves poderia ( e deveria) fazer seria admitir que perdeu a eleição. 

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Qual gesto?

Parar de beber? Já que a outra sugestão poderia dar processo...

Falando serio agora: nada se pode esperar de quem nada tem a oferecer.

E de onde menos se espera é de onde nada sai mesmo.

Sabedoria popular.

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Waldomiro Pereira
Waldomiro Pereira

Quando será o funeral?

Quando será o funeral?

Seu voto: Nenhum (2 votos)

grandeza com reciprocidade de sentimentos...

várias derrotas e um saco de dinheiro sem precisar fazer nada

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Erro grosseiro de portugues.

Aécio e gesto de grandeza não cabem na mesma frase.
Não assassinem o idioma.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

"Se voce não gosta da verdade, não se ofenda se eu ignorá-lo."

Não cabe

É como esperar alguma atitude madura de menino de poucos anos. Grandeza é esperada em pessoas de bom caráter. Um individuo de mau caráter não faz atos de grandeza, mas apenas recuos táticos ou ações cínicas.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Marcos K
Marcos K

Bem que escrevi, mas me

Bem que escrevi, mas me censuraram, portanto vai outra solução: calar a boca já seria uma grande coisa. Esse daí não consegue juntar duas palavra que façam sentido.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Um gesto de grandeza...

Assis, um gesto de grandeza seria aparecer um extra-terrestre e abduzir "esse coiso" de nosso país. Seria um bom começo! O coiso, a vida inteira nada construiu de bom e atualmente, é um paranóico a disseminar o ódio. 

PS: Bom ver você por aqui novamente!

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de veranis
veranis

Concordo com Luis Matos, uma

Concordo com Luis Matos, uma overdose seria bem vinda. 

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Gabriel Moreno
Gabriel Moreno

Deve ser ruim entrar para a

Deve ser ruim entrar para a história como um Lacerda piorado. Nem o próprio era lá grande coisa. Mas ele nem liga. Aliás, nem para a história vai entrar, porque o seu golpismo irá fracassar. Se virar uma patética nota de rodapé em algum livro, já será muito.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Uma overdose fatal seria

Uma overdose fatal seria salutar.

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de evandro condé de lima
evandro condé de lima

Até porque

Há uma impossibilidade lógica na questão apresentada. Seja por vontade ou possibilidade.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Nassif,O Alckmin já prepara

Nassif,

O Alckmin já prepara o bote para cima do Aécio e já o torna público:

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2016/02/1744356-alckmin-defende-previ...

 

Abçs

Seu voto: Nenhum (1 voto)

sugestão

Ele poderia pedir para o amigo mineiro que tem helicóptero alguns quilos de pó branco e sair em uma "vaigem" interminável, deixando de encher nossos maltratados sacos.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

¨Liberdade é a liberdade dos que pensam diferente¨ -- Rosa Luxemburgo

imagem de Mauricio Gomes
Mauricio Gomes

Sugestões:   - Pegar um voo

Sugestões:

 

- Pegar um voo no aeroporto de Cláudio para a Síria, para falar sobre democracia lá (como patetica e pretensamente fez na Venezuela).

-  Fazer um exame toxicológico

- Abrir seus sigilos bancário e fiscal, afinal quem não deve não teme

- Mudar-se para Miami

- Cometer harakiri

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Ainda há tempo pro TSE do Gilmar cassar Dilma...

E, nos 3 anos  de governo que restam, eu poder ver o pau quebrar geral nas arquibancadas  da vida...

Pois,  impedidos Dima e seu vice, traíra, quem assumiria seria o  playboy do Leblon  que, todos  sabem, não tem a  menor legitimidade e capacidade moral para  governar  qualquer coisa  neste país..

Neste caso, não seria o STF que o cassaria, mas  o povo ensandencido nas ruas  que iria  " caça-lo "  na base do estilingue  e  arco e flecha !!!

 

Seu voto: Nenhum (6 votos)

 

A desgraça daqueles que não gostam da "arte maldita" da política, é ser governado por aqueles que gostam......

imagem de Meire
Meire

com aécio: judiciário golpista, mídia e igrejas corruptas, etc..

Comentário a este post e ao do Leonardo Sakamoto sobre ataques nas redes sociais. 

Garrincha ao TSE: Excelências, os senhores combinaram com os russos?

POR FERNANDO BRITO · 24/10/2014

 

Quase todo mundo conhece a história sobre a Copa de 1958 quando, antes do jogo com a poderosa seleção de futebol da União Sociética, o técnico Vicente Feola expunha os planos de um ataque genial, onde Nílton Santos lançaria Mané Garrinha na direita, ele driblaria os beques e cruzaria no centro da área para Mazzola marcar o gol.

Na sua santa ingenuidade, depois que o treinador terminou de falar, Garrincha perguntou:

-Mas, “seu” Feola, o senhor combinou isso com os russos?

A história é para lembrar o tal “pacto de não-agressão” promovido pelo TSE junto aos dois candidatos presidenciais.

Aécio não ataca Dilma e Dilma não ataca Aécio.

Lindo.

Mas os nossos ministros esqueceram de combinar com os russos, como demonstrou a Veja.

Ou com o sistema oligárquico de mídia que, com raríssimas exceções, dedica-se a bater sem dó no Governo, desempenhando o papel de “verdadeira oposição” que, já em 2010, a então presidente da Associação dos (Donos de) Jornal atribuía à imprensa.

É verdade que, pelo nível de desmoralização que esta atingiu, seus efeitos são cada vez menores.

Mas existem e são seríssimos.

E não é só a imprensa.

A parcialidade e o desrespeito aos procedimentos investigatórios são generalizados.

Qualquer policial ou procurador pode vazar o que diz – ou o que se alega ter dito – um bandido que sabe que cada denúncia que faz o deixa mais perto da liberdade, se é para atacar, inclusive da maneira mais vil, a Presidenta e o ex-Presidente da República, sem qualquer prova.

Mas, ficamos sabendo hoje que dorme, desde 29 de novembro de 2012, nas gavetas  da Procuradoria Geral da Justiça os documentos – em papel timbrado e com firma reconhecida – que apontariam a coordenação de Aécio Neves sobre um esquema ilegal de arrecadação de mais de R$ 160 milhões para candidatos do PSDB e seus aliados naquele ano.

A informação é oficial, dada pela Assessoria de Imprensa da PGR, que mais não diz, alegando sigilo de Justiça sobre o inquérito.

Quase dois anos e ninguém sabe e nem sequer um documento desta gravidade nem sequer é confirmado como verdadeiro ou descartado como falso?

Imaginem se houvesse uma “Veja do PT” que lançasse uma bomba destas a três dias das eleições, sem checar a veracidade da denúncia, que só agora é do conhecimento (de parte) do público porque um blog a publicou?

Seria absurdo, não é?

E é, quando é do outro lado, mas isso é saudade do como “liberdade de imprensa”.

Recomendo, portanto, aos senhores Ministros do TSE que, ao defenderem estes “modos civilizados” para um processo eleitoral não esqueçam de incluir neles os “russos” do Partido da Mídia.

Ou vão fazer papel de bobos, como ficou Feola depois da pergunta de Garrincha.

http://tijolaco.com.br/blog/garrincha-ao-tse-excelencias-os-senhores-com...

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

Em resposta aa pergunta do

Em resposta aa pergunta do titulo, cair de um penhasco me soa otimo, porque eh que Aecio nao faz isso?

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Aecio é a prova concreta que

Aecio é a prova concreta que o Brasil não pode esperar nenhuma solução para os seus problemas a partir dos mais favorecidos socialmente.

É o retrato de uma classe social falida.

Como empresarios, homens de negocios podem confiar em alguem que esta na internet, completamente bebado, dando entrevista para um jornal ?

Alguem que agride a bofetadas sua companheira numa reunião social. Alguem com habitos privados bastante estranhos para um presidente de um pais com 200 milhões de pessoas.

O estranho no Brasil é que a experiencia não serve.

Os mesmos socialmente favorecidos elegeram um playboy do norte e deu no que deu.

Querem outro.

Da para entender?

Seu voto: Nenhum (4 votos)

marionete mineira

Assis,

Ótima piada, já que este incapaz  só pode apresentar gesto de grandeza por algo que esteja diretamente ligado ao seu próprio bolso.

Se o amante da liberdade de expressão que adora processar jornalista sofresse perseguição igual à sofrida por Lula, não duraria nem 5 minutos. A marionete mineira, mentirosa como só ela, nunca valeu nada.

 

 

 

 

 

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.