Revista GGN

Assine

Roteiro: passeios alternativos para o carnaval

Jornal GGN – Com 463 anos, a cidade de São Paulo é dona de cenários históricos e de importantes construções arquitetônicas. Uma programação alternativa, durante os dias de carnaval, é visitar esses lugares cheios de memórias, como indicou o professor Antônio Soukef Júnior, do curso de Arquitetura e Urbanismo do FIAM-FAAM Centro Universitário.

A conhecida “terra da garoa”, apesar de antiga, é considerada um centro de modernidade, onde antigos e novos estilos se cruzam. “Como a cidade foi construída e reconstruída diversas vezes a partir do final do século XIX, temos uma mistura de gêneros em diversos pontos, mostrando que, ao longo de sua história, predominou o ideal de que o novo é sempre melhor”, disse Antônio Soukef. 

O professor também destaca que, apesar de obras importantes se concentrarem nas regiões centrais, há diversas construções que podem ser conferidas em outros cantos da cidade. “Bairros como o Butantã, Jabaquara e Campo Limpo abrigam edificações importantes, que ajudam a reconstruir a evolução arquitetônica de São Paulo.  Não é preciso ir ao centro para conferir algo diferente”, destacou.

Confira os diferentes estilos arquitetônicos de São Paulo, indicados pelo professor:

Construções que datam a década de 1600

Casa do Sítio do Capão, na Vila Formosa

Casa do Bandeirante, no bairro do Butantã

Edificações ecléticas, construídas no final do século XIX a meados de 1920, que misturam tendências do passado de forma livre

Casa das Rosas, no Paraíso

Theatro Municipal, atual sede do Centro Cultural do Banco do Brasil, no centro

Estação Júlio Prestes, no Centro

Estilo “art déco”, coloca em prática entre 1930 e 1940, caracterizado por geometrizar as formas para dar a ideia de movimento e predominante nos primeiros arranha-céus construídos na região central

Edifício Saldanha Marinho, no centro

Antiga loja Mappin, no Centro

Construções modernas, feitas a partir de 1950, com forte uso do concreto e ausência de decoração nas fachadas

Conjunto Nacional, na Avenida Paulista

MASP, na Avenida Paulista

Arquitetura contemporânea que mescla o uso de tecnologia avançada, com preocupações de sustentabilidade e o uso de materiais arrojados

Diversas construções das avenidas Juscelino Kubistchek e Luís Carlos Berrini.

Veja outras obras de arquitetos famosos, também indicadas por Antônio Soukef Júnior:

Oca e Auditório Ibirapuera, no Parque do Ibirapuera: estilo de arquitetura moderna, projetados por Oscar Niemeyer.

Edifício Prudência, em Higienópolis: estilo de arquitetura moderna, idealizado por Rino Levi com colaboração de Roberto Cerqueira César.

Palacete de Antônio Álvares Penteado, em Higienópolis: estilo de arquitetura art nouveau, realizado por Carlos Ekman.

Hotel Unique, no Itaim, e Centro Tomie Ohtake, em Pinheiros: estilo de arquitetura contemporânea. Ambos realizados pelo arquiteto Ruy Ohtake, filho da artista plástica Tomie Ohtake.

Edifício Stadium, em Alphaville: estilo de arquitetura contemporânea, desenvolvido pelos arquitetos Jorge Königsberger e Gianfranco Vannucchi.                                                        

Média: 5 (1 voto)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.