Revista GGN

Assine

Será que a juventude entendeu o que quiseram fazer com a Copa?

Um dia inesquecível

Será que agora a juventude entendeu o que a grande mídia tentou fazer com eles, especialmente os jovens que nunca haviam acompanhado uma Copa do Mundo, sequer pela TV?

Será que, depois de viverem as mais fortes emoções ao acompanharem uma partida de futebol, entenderam a importância de uma Copa em seu país de origem?

Será que verão de modo diferente a campanha de mais de dois anos feita pela mídia com o objetivo de impedir que tivessem essas experiências aqui, no Brasil, acompanhando, ao invés, uma Copa realizada em outro país (a Inglaterra, de preferência)?

Será que gostariam de não ter vivido a ansiedade, o medo, a angústia e a alegria do dia de hoje, que serão contadas e recontadas no futuro aos filhos e netos, os quais provavelmente nunca terão essa experiência única em suas vidas?

Será que esses jovens continuarão a cair em contos do vigário primários da grande mídia? Apoiarão o #NãovaiterOlimpíadas?

Depois do Pan-Americano, da Copa das Confederações e desta Copa do Mundo, já considerada a melhor de todos os tempos, será que eles entenderam a importância social, econômica e cultural de um país sediar eventos importantes do esporte?

Será que leram as matérias altamente elogiosas da imprensa estrangeira sobre o povo brasileiro (e não há recurso mais importante num país do que seu povo)?

Será que aprenderam a ler nas entrelinhas das manipulações da grande mídia e agora se tornarão mais espertos, evitando deixar em seu passado mais algumas centenas de posts, e-mails, comentários, tuítes e falas dos quais irão se arrepender, pensando "Meu Deus, mas como eu fui bobo..."?

Vem mais por aí. Há tempo para que aprendam. Mas que aprendam a tempo de não se proibirem experiências marcantes que outros povos já viveram e que o nosso povo, ao contrário do que defende a grande mídia, também merece viver.

Média: 4.6 (43 votos)
64 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de RUBENS PATRICK
RUBENS PATRICK

Critica

O texto é bem mais ou menos né. E globo fazendo globisse.. mas no mais... ele não cita os pontos que alguns de nós reclama. Ninguém vai citar que o Pan Americano foi realizado usando gerador a óleo diesel como fonte primária de energia (isso é no mínimo caótico)... algumas editoriais estrangeiros tem se derretido pela copa, outros nem tanto mas pq nao citar alguns exemplos? Será que o jornalista entende que a franse "já considerada a melhor copa de todos os tempos" soa tão vazia quanto dizer que não houve desvio publico comprovado pelos tribunais de contas da união e chegam perto de 1Bilhão de reais (isso não é midia né... ) A copa tem sido fantástica mesmo.. jogos memoráveis (mais pela emoção do que pela qualidade do futebol diga-se de passagem... ) e digo mais, com as globisses da globo, acredito que a copa tem superado a todas as expectativas... mas parte disso pq esperávamos um desastre!!! Hoje, sim HOJE a prefeitura do Rio assumiu o projeto da cidade olimpica de Deodoro, após mais de dois anos que o governo federal ter passado a gestão para o estado do rio...#NaoVaiTerOlimpiada vai rolar, mas nao apenas pelas globisses da grande midia vendida... mas pq, mesmo que o jornalista nao queira citar, somos bem brasileiros na condução dos projetos.... veja bem.. faltam 2 anos para as olimpiadas né.. e o complexo de Deodoro ainda está no terrão... mas claro.. como temos mão de obra (para construção civil) abundade e orçamento para bancar o trabalho de horas extras que seriam desnecessárias... provavelmente teremos uma grande olimpiadas.

Seu voto: Nenhum
imagem de Carla Antonia
Carla Antonia

e teve Copa

Acho muito estranho que tantas pessoas ainda estejam dando toda essa importância aos famosos protestos. Vivendo em São Paulo pude ver a quantidade de pessoas envolvidas, e não diria que fossem multitudes oceânicas... Sempre minorias, se tornando multitudes graças á nossa gloriosa imprensa, que não perdeu ocasião para dilatar as notícias sobre os eventos.

Além do mais, acho que os protestos tinham que acontecer logo depois de 2007; protestar meses antes... quem vai parar tudo aquilo? Aí, sim, teria sido dinheiro jogado fora!

Mas, falar que foi um desperdiço, me parece injusto. Também porque a Copa serviu para o resto do mundo conhecer o Brasil melhor, posto que a imprensa nacional e outros voluntários lá fora, se deram muito trabalho para sujar a imagem do país.

Vamos ver os números, quando tudo acabar. Enquanto isso, vamos torcer para que se continue investindo em saúde, educação, moradia e justiça social. Pois me parece que de repente, graças à Copa, isso se tornou prioridade para todos.

Seu voto: Nenhum

Está já no fim, ms teve e foi linda.

          A copa está esbanjando popularidade, inclusive na Europa, está sendo amirada e respeitada, e o povo jovem do "não vai ter copa" vai aos estádios ver os jogos e juram que jamais participaram de passeatas. No mínimo, risível. Mister Blatter acabou-se em elogios ao falar do evento, que considera o melhor de todos até agora e que dificilmente uma outra copa suplantará esta em qualidade. É, os profetas do caos se calaram, é perigoso anunciar o caos com antecedência e o despacho enviado pode voltar para quem o despachou. Até a Dona Gloobo está elogiando a SENHORA copa, os jovens? - os que ainda não entenderam vão continuar falando... ao vento, pois seus amigos de protesto estão na arquibancada protestando contra a falha do bandeirinha.

Seu voto: Nenhum

sera que as pessoas entenderam o " nao vai ter copa ".

         O que parecia um mar de almirante derrepente se transformou em uma tempestade, jovens nas ruas , denuncias pipocando em todos os lugares, uma policia despreparada fora de controle, impossivel era a copa orgulho dos brasileiros, o dinheiro era certo o lucro dos corruptos nao seria questionado, pois era a copa.

           Jovens e velhos que nunca haviam se envolvido em politica em discussoes acaloradas, uns defendendo outros atacando os corruptos, as pessoas se politizando, terrivel, a politica sempre foi vista como algo sujo que pessoas de bem nao devem se envolver, corruptos e corruptores sendo expostos a todo momento, isso nao deveria acontecer.

          Uma copa para ricos onde o povo so pagou a conta, estadios lotados de coxinhas mau educados que insistentemente sao taxados de povo,  a denuncia foi feita e foi ouvida, o sistema foi usado contra o proprio sistema que agora tenta se retratar mas ja e tarde, sao novos tempos novas tecnicas e novas cabecas, alguns conseguem ver, outros apenas torcem pela selecao do Brasil, "NAO VAI TER COPA ".

Seu voto: Nenhum
imagem de Leo V
Leo V

Engraçado que o autor não

Engraçado que o autor não toca em toda a uqestão de direitos humanos e do trabalhador envolvendo a Copa.

Que bom que a juventude está mais ligada então em DH e direitos sociais do que em jogo de futebol.

O que é triste é ver o autor fazendo apologia de evnto de uma transnacional em detrimento de direitos sociais para a juventude.

Seu voto: Nenhum (23 votos)
imagem de helcio dias de sa
helcio dias de sa

engraçado que o autor

A ideia de Deus não é destruir o mundo porque senao ele vai junto,se voce quiser fazer propaganda de sua perfumaria nao coloque anuncio em titicas de gambá.Direitos humanos alcança a felicidade da maioria que nao pode ser infeliz por decreto/propaganda. O peixe nao vê a agua ,apesar de alguns insistirem em fazer caminhadas fora do lago,sem protetor solar que possui substancias cancerigenas tambem.

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Marcus Lima
Marcus Lima

Onde no texto

Onde no texto você achou essa dicotomia? Porque os benefícios da copa inexistem  ou são absolutamente contraditórios ao que disse o autor??

O problema do Brasil hoje é a incapacidade de enxergar em cores. Só se enxerga em branco e preto: ou melhor, em vermelho e azul. Ou se é azul: e se acredita que qualquer problema brasileiro é a confirmação, que tudo que está aí, no caso, os vermelhos, são incompetentes e corruptos. Ou se é vermelho e se acredita piamente que vivemos a plenitude democrática de uma nação enfim liberta. 

Porque não se pode mais acreditar que nosso país, nossa economia, nossa sociedade, nossas empresas privadas e estatais, enfim, nosso povo, tem problemas e ao mesmo tempo soluções, são pulsantes mas também são passíveis de melhoria e correções? Porque tudo, para algumas pessoas, se converteu numa dicotomia que precisa passar a realidade por um ou dois filtros: ou sou eufórico com tudo e tudo é uma confirmação do paraíso vermelho, ou me envergonho de tudo e vivo no inferno gerido pelos vermelhos!

 

Ah, bom senso, inteligência, por favor, voltem. Parece que todos foram mordidos por um mesmo bixo, mesmo vírus, que só varia a cor: tendo efeito absolutamente de mesma intensidades, só que opostos!

Seu voto: Nenhum

cidadania ou censura

Sou professor de Geografia, gostei do texto do ponto de vista pedagógico, trabalhei e ainda estou trabalhando esse tema com meus  alunos do ensino fundamental dos anos  finais, foram texto (o que são megaeventos?), charges (seis charges), criação de charges, questões dissertativas, mapa temático por continente e por IDH e as cidades sedes e suas regiões e características como o clima e fuso horário que influenciam  na preparação dos jogadores por exemplo, Fortaleza pra Cuiabá, de Cuiabá pra Porto Alegre, de Porto Alegre pra Manaus, não é fácil, é pouco conhecido pelos alunos nossa diversidade climática, cultural, econômica e social. 

O que é preciso debater portanto é a maneira como as cidades são preparadas para esse megaevento?

Seu voto: Nenhum
imagem de Marasbs
Marasbs

Não sou otimista...

Não sou otimista em relação a uma mudança de postura dos jovens brasileiros,acredito que muito brevemente estarão encampando outro projeto direitista que a globo e sua turma ira lançar atraves das redes, tipo "imagine se Dilma ganhar a eleição", ou então  "se dilma ganhar vai transformar o brasil na venezuela".  Estes jovens precisam destes artificios para encherem o vazio das suas mentes alienadas, repletas de teorias de ser sucesso,ser celebridade. Para a maioria deles ser  contra a tudo que o governo implementa é estar em evidencia, eles vivem na ilusão da aparencia do mundo consumista e competitivo, odeiam a ascenção da classe trabalhadora, a bolsa familia, as cotas.

... Esta é uma geração que foi alimentada  desde o berço pela rede globo,por suas novelas,com suas mensagens superficiais,consumistas, onde o outro é só um detalhe a ser usado para seu proprio prazer... Esta juventude oriunda da classe media elitista e branca, não tem analise critica, não estuda os pensadores, nem admite aprofundar conceitos filosoficos e historicos para aguçar o discernimento além da visão tecnologica e liberal..

Claro que existem exceções, que existem jovens conscientes, reflexivos, que pensam, leeem, interpretam, raciocinam, não são massa de manobra da manipulação da midia conservadora, da rede globo, da veja, da folha, mas são muito poucos, são minoria se comparado ao todo. Não sou otimista,mas espero que o futuro me surpreenda e que os fatos me contradigam... quem viver verá...

 

Seu voto: Nenhum

  O que tem de velho do

  O que tem de velho do Restelo nesse país é coisa de louco.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de JOSÉ GOMES DA SILVA
JOSÉ GOMES DA SILVA

INCITAÇÃO À AUTOMUTILAÇÃO

A MÍDIA E OUTROS MANIPULADORES INCITARAM A JUVENTUDE PARA O "NÃO-VAI-TER-COPA"; INCITARAM A JUVENTUDE A UMA AUTO-MUTILAÇÃO DE SUAS NATURAIS EMOÇÕES.

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Álvaro Noites
Álvaro Noites

Claro que não, ainda vemos

Claro que não, ainda vemos pessoas de quase 40.anos orgulhosos de terem sido "caras pintadas".

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de Leo Carvalheira
Leo Carvalheira

será que "a importância de

será que "a importância de uma Copa em seu país de origem" vale o desalojo de milhares de famílias? será que vale vender o país para uma instituicão privada repleta de escândalos (a FIFA)? será que vale essa instituicão impor um verdadeiro estado de excecão que viola direitos fundamentais?

será que a velha esquerda entendeu a revolta da juventude? será que toda crítica ao governo é coisa da direita?

sei que tem muita baboseira enviesada (como por exemplo condenar os gastos, que foram ínfimos no orcamento) e mentirosa, mas também sei que existe uma lista de verdadeiros absurdos no futebol que gol nenhum vai apagar.

Seu voto: Nenhum (22 votos)
imagem de carlos castelli
carlos castelli

Futebol não é o opio do povo,

Futebol não é o opio do povo, religião também não, política sim causa no povo quase a mesma coisa que o ópio, mais é porque o povo não quer estudar e se aproximar do significado da política, organizar um evento que promove o país não é errado em tempos de guerra nem em tempos de paz, todo mundo já sabe disso, futebol é diversão, para o brasileiro principalmente é folclore até, assim como carnaval, boi bumbá, boi garantido, samba, exposições, praia, parques, praças, filmes, teatro, cinema, novelas, desenhos, tatuagens, piercings, cabelos penteados ou despenteandos roupas curtas ou longas, colares, relógios, jóias em geral, carro novo, roda esportiva, uma caixa de som, uma televisão de 60 polegadas, smartphones de ultima geração importados de grandes marcas (mão de obra) tenis nike, marcas, ostentação, grifes e etc., tudo isso é um modo de levar a vida como cada um deseja de formas, cores e tamanhos diferentes, no entanto o que está por trás de tudo isso não é problema do povo, a corrupção está nos bastidores dessas opções que temos na vida, isso é um assunto para a justiça, leis e é isso o que o contrato social assinado pela sociedade deveria garantir, nos trabalharemos, teremos lazer, segurança, saúde e bem estar, educação e etc., em troca disso o governo faz a sua parte, o que não devemos é confundir governo como se fosse um homem só, o dinenheiro é a coisa mais suja que existe pois passa nas mãos de milhões de homens seres humanos e nunca chega nas mãos dos trabalhadores como deveria, limpo. Quando o homem pensa no governo e na sua mente vem a imagem do presidente, na verdade se trata de um homem alienado, perdido e não sabe o que são os tres poderes e muito menos entende oque é municipio, estado ou país, no Brasil.

Seu voto: Nenhum
imagem de Mirian Conceição
Mirian Conceição

Poxa, a copa não influenciou

Poxa, a copa não influenciou nada na minha vida, só o fato de não trabalhar nos dias de jogo.Nos dias de jogo lia meus livros, e fazia pesquisas e ainda ia torcer para a seleção, quando estava chato o jogo, voltava às leituras.Até pintei a rua é muita conversa fiadinha nessa copa, vejam as crianças, nos dias de jogos elas brincavam, viviam enquanto seus pais torciam pela seleção, gritavam com a comemoração dos gols e depois continuavam o que estavam fazendo: VIVENDO.

Seu voto: Nenhum (17 votos)
imagem de Marcio Leal
Marcio Leal

Poxa a Copa não influenciou

Pois é Mirian, veja como são as coisas.

O seu caso é uma excessão, mas não deixa de ser interessante.

Me parece que, ao contrário da maioria esmagadora da população, você e alguns de seu convívio não se interessam muito pela Copa, mas sua atitude em relação a ela foi respeitosa.

Infelizmente outras minorias não pensaram assim e quiseram "melar" a festa de milhões de brasileiros.

Outro dia discuti com uma pessoa com este pensamente e ele me saiu com o velho chavão de que "futebol é alienante". Eu apenas respondi que estava muito feliz em fazer parte do grupo de alienados como Vinícius de Morais, Nelson Rodrigues e Chico Buarque, apenas para citar estes três.

Um abraço

Seu voto: Nenhum (12 votos)
imagem de Andrés
Andrés

Francamente, que texto pífio!

Será que a juventude entendeu o que o PT quis fazer com o uso do dinheiro público para essa Copa, Luis Nassif? Será que depois de acompanharem as emoções dessa Circo eles esqueceram os verdadeiros problemas do país? A experiência que outros povos viveram? Qual? A dívida que a corrupta FIFA deixou? Francamente, que texto pífio! 

 

Seu voto: Nenhum (47 votos)
imagem de Will Araujo
Will Araujo

Resposta

SR, ANDRÉS;

Será que o Sr. só leu O Globo, Folha, Estadão, Veja?

Será que o Sr. não sabe(ou faz questão de não saber) que os investimentos em estrutura(acessibilidade e mobilidade rodoviária, metroviária e aeroviária), estes sim, executados com verba pública,  não serão levadas pela FIFA, que, concordo, é corrupta, e ficarão aqui melhorando a vida do cidadão!

Será que o Sr. não sabe que os estádios foram construídos ou reformados com investimentos "não públicos"(50% da iniciativa privada e 50% financiados pelo BNDES)?

Será que o Sr. não sabe que o investimento em educação e saúde deste governo e do anterior, são infinitamente superiores aos dos governos anteriores!

Não, definitivamente, não acredito que o Sr. não saiba!

Acredito que o Sr. esteja, junto com esta mídia cínica e excludente, incitando e tentando iludir os jovens deste maravilhoso país a não amá-lo, a não considerá-lo uma nação forte e soberana como atualmente é!

Repense seus conceitos Sr., o Brasil espera que o Sr., acima de tudo seja.... BRASILEIRO!

... E pífio é este sentimento "vira-latas" de brasileiro sem visão real de mundo!

 

 

Seu voto: Nenhum
imagem de Liscario
Liscario

Amigo, sugiro se informar

Amigo, sugiro se informar melhor sobre as fontes de investimento. Mostre as fontes de investimento privado. E BNDES é sim dinheiro público, subsidiado inclusive.  NADA justifica os investimentos de bilhões em estádios de futebol.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Também sugiro se informar melhor:

Também sugiro se informar melhor:

1° Pesquise em que ano foi criado o BNDS, no caso BNDE, e veja como e para quem foi imprestado dinheiro nessa décadas.

2° Estádios privados: Beira-Rio do Internacional, Areana da Baixada do Atlético Paranaense, Itaquerão do Corinthians.

3° Você pode opiniar no "máximo" no valor de "um" único Estádio, já que você é eleitor de "um" único Estado, já que não foi usado dinheiro federal para Estádios, somente Estadual, você inclusive pode pedir dinheiro emprestado ao BNDS caso se enquadre nos requisitos, que você deve conhecer depois da sua pesquisa. 

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de janes salete
janes salete

Essa é a geração teleguiada.

Essa é a geração teleguiada. Não cria nada, só copia. Temos tantos clones de jogadores, de artistazinhos, de babacões que nem sei se esses jovens tem identidade própria. Eles, quse sempre, parecem cópia de alguém. Um dá um peido de um lado, o outro, dá um " mais forte"do outro lado, e, parece, perfeito. Não há questionamento por parte deles, há apenas um seguimento "se tu for eu vou também". De uma cultura paupérrima, pois só repetem o que lhes é mostrado na velhaca mídia. Têm vergonha de mostrar sentimentos humanos, mas não ao demostrar seu desamor, seu ódio, seu rancor, sua violência. Para mim, parecem uma manada em movimento, mas nada que seja realmente positivo para o mundo, já que é uma geração que tem como prioridade o devoramento, o consumo, o descarte de tudo rapidamente. Eles não curtem nada saboreando, eles curtem preparando o que vão "aprontar" daqui um pouco para um colega, para um amigo, para um desconhecido. E, isso, é em todas as classes sociais. Mas, o que mais me assusta neles, é a desinformação. Vivem com tantas possibilidades de serem melhor informados, mais cultos, mas não sabem nada que não apareça na velhaca mídia. Eles não sabem NADA fora da mídia. Para a sorte do mundo, ainda, há jovens diferentes.dos cansativos, chatérrimos consumidores. Duvidam do que estou escrevendo? Perguntem para os jovens que os rodeiam sobre qualquer assunto que não esteja na mídia, e vocês terão a prova do que acabei de escrever.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Mais uma qualificaçãozinha

 

A meu ver são também narcisistas enrustidos. Como se auto-devotam e se adoram; são o centro do mundo que gira em torno deles.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Nao! Mil vezes nao!

É proibido coibir! Condenar os jovens é arquitetura dos incompreendidos.

Uma coisa são as manifestações populares, segurança e a copa. Agressividades e depredações.

Distinta é a liberdade e a manipulação. Ulterior é o poder da mídia.

Deixar os jovens reféns desta tese é do cacete. Medo de quem cara pálida, da mídia, dos erros e de você jornalista? Dos falsos anarquistas. Do constituído e incógnito.

Escritor não errou e não erra? Quem esta andando a esmo a mídia e seus pares ou não os jovens. Está camuflando os erros e os errados. Está bem, os movimentos e as vozes das ruas estão errados e não deve se expor nem colocar suas ideias nas manifestações. A rua segura e definida é sua. A mídia calhorda não é a culpada. Condenar e calar as vozes das ruas e cidades são as tônicas dos retrocessos politico e social para resguarda a distancia entre distintos e controlar.

Que a liberdade seja altiva. Não empurrada sobre os abismos da ignorância e das esquecidas forja das ideias que recriam a fênix dos lideres num pais necessitados de novos inspires.

Que a demonstração das ideias e insatisfação seja espectro dos acrescentamentos. Contra o quadrado social e politico. Que haja vozes destoantes para os distintos, a liberdade e as melhorias humanos.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

NADA A VER

Nada a ver!

Quem não entendeu nada o que se passou no Brasil com a eclosão do levante popular em Junho de 2013, foi o autor deste tópico.

Só não se sucedeu um golpe de estado naquela ocasião, por simples falta de interessados. Estavam todos do mesmo lado e o povo do outro lado.

Em 1964 por muito menos os militares deram o golpe e instituram a ditadura.

Seu voto: Nenhum (35 votos)

Pode-se enganar alguem por algum tempo, muitos por muito tempo, mas não todos o tempo todo!

Menos conde, menos

O povo pode até ser manipulado num primeiro momento, mas dificilmente apoia uma idéia imbecil.

Onde foi que o nobre Conde acha que vai existir  transporte público gratuito, no Brasil?

Como é que o nobre Conde acha que haveria um golpe de estado tirando proveito de um bando de baderneiros que não tem pais nem mães? Sim, porque se tivessem podiam até reinvindicar, mas não sair quebrando tudo, pois seriam tirados das ruas pelos seus responsáveis. Pelas orelhas!

O golpe de 1964 estava em gestação desde a eleição de Getúlio...

Enfim, menos Conde, menos

Seu voto: Nenhum
imagem de raulwolfgang
raulwolfgang

marcha da familia com Deus

 Sexta-feira, 20 de março de 1964.

 

Pretender desconfigurar o movimento popular de junho de 2013 é uma tarefa impossivel.

A insatisfação com o estado das coisas e com os politicos de forma geral é um sentimento que aflorou na nação brasileira e marketing algum tem o poder de neutralizar.

Em 1964 em plena guerra fria havia interesses internacional,que patrocinaram os grupos no Brasil para o golpe, coisa inexistente desta vez, estavam todos do mesmo lado, menos o povo que sente sem representação.

Seu voto: Nenhum
imagem de NELSON MUCENIC
NELSON MUCENIC

IL CAPO DI COPA

Importante seria explicar também como a esquerda se portava e o que dizia diante das Copas que ocorreram a partir de 1970. Seria interessante se mais estudantes (e os próprios "intelectuais", embora muitos assim se façam de bobos - sim, são bobos da corte, eu sei) soubessem que a grande massa está sendo enganada. Para vai o grande lucro? e a corrupção que graça nas altas esferas do esporte? e vejam o paradoxo: a FIFA tenta passar uma imagem, de guardiã da ética e moral, punindo severamente os jogadores.  Lembra, Nassif, o que dizia Marx sobre a religião e os religiosos? E o esporte, o futebol: é o ópio do povo. Então é isso: quando convem somos contra. Quando não, que viva a copa! E a contradição é uma constante, conforme as circunstãncias, os ventos, as fases da lua e etc...
 

Seu voto: Nenhum (2 votos)

É a pura verdade. Mas sinto

É a pura verdade.

Mas sinto lhe informar que o País que a esquerda criticava nos anos 70, 80 e 90 não existe mais.

Não estamos mais em crise financeira muito menos social. Somos um ator global relvante financeira, comercial e geopoliticamente. Apesar de nossas deficiências, temos capacidade fiscal para investir no maior evento do globo e mostrar ao mundo nosso potencial de planejamento e organização, que muitos frutos nos trará, muito além do turismo.

As víuvas conservadoras que pararam no tempo não se conformam que o trabalhismo comanda e muda o país.

 

Seu voto: Nenhum (21 votos)

Viver é afinar um instrumento...

imagem de NELSON MUCENIC
NELSON MUCENIC

Sim, mas a classe dirigente

Sim, mas a classe dirigente de hoje é aquela que estava nas ruas ontem. Sob o aspecto ideológico nada mudou. Mudou? O que ficou mais evidente é a hipocrisia e a corrupção de quem se dizia ser o paladino da ética e da moral. Ora, o poder econômico, que financia o poder político e que ampara a "causa maior" não pode ser criticado, contestado, não é? De minha parte a Copa é muito bem vinda. Mas não é isso que está na cartilha deles (sua também?): 

"L'Idéologie sportive: Chiens de garde, courtisans, et idiots utiles du sport".

Mas aqui ninguém é inocente útil, nem idiota. É tudo intelectual esclarecido. E hipócrita na mesma medida de nossos políticos. E viva o pão e o circo. Melhor, porque poderia ser o ópio.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de NELSON MUCENIC
NELSON MUCENIC

Sim, mas a classe dirigente

Sim, mas a classe dirigente de hoje é aquela que estava nas ruas ontem. Sob o aspecto ideológico nada mudou. Mudou? O que ficou mais evidente é a hipocrisia e a corrupção de quem se dizia ser o paladino da ética e da moral. Ora, o poder econômico, que financia o poder político e que ampara a "causa maior" não pode ser criticado, contestado, não é? De minha parte a Copa é muito bem vinda. Mas não é isso que está na cartilha deles (sua também?): 

"L'Idéologie sportive: Chiens de garde, courtisans, et idiots utiles du sport".

Mas aqui ninguém é inocente útil, nem idiota. É tudo intelectual esclarecido. E hipócrita na mesma medida de nossos políticos. E viva o pão e o circo. Melhor, porque poderia ser o ópio.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de NELSON MUCENIC
NELSON MUCENIC

Sim, mas a classe dirigente

Sim, mas a classe dirigente de hoje é aquela que estava nas ruas ontem. Sob o aspecto ideológico nada mudou. Mudou? O que ficou mais evidente é a hipocrisia e a corrupção de quem se dizia ser o paladino da ética e da moral. Ora, o poder econômico, que financia o poder político e que ampara a "causa maior" não pode ser criticado, contestado, não é? De minha parte a Copa é muito bem vinda. Mas não é isso que está na cartilha deles (sua também?): 

"L'Idéologie sportive: Chiens de garde, courtisans, et idiots utiles du sport".

Mas aqui ninguém é inocente útil, nem idiota. É tudo intelectual esclarecido. E hipócrita na mesma medida de nossos políticos. E viva o pão e o circo. Melhor, porque poderia ser o ópio.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de NELSON MUCENIC
NELSON MUCENIC

Sim, mas a classe dirigente

Sim, mas a classe dirigente de hoje é aquela que estava nas ruas ontem. Sob o aspecto ideológico nada mudou. Mudou? O que ficou mais evidente é a hipocrisia e a corrupção de quem se dizia ser o paladino da ética e da moral. Ora, o poder econômico, que financia o poder político e que ampara a "causa maior" não pode ser criticado, contestado, não é? De minha parte a Copa é muito bem vinda. Mas não é isso que está na cartilha deles (sua também?): 

"L'Idéologie sportive: Chiens de garde, courtisans, et idiots utiles du sport".

Mas aqui ninguém é inocente útil, nem idiota. É tudo intelectual esclarecido. E hipócrita na mesma medida de nossos políticos. E viva o pão e o circo. Melhor, porque poderia ser o ópio.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Aumento a auto-estima.

Há um fator que todos esquecem quando se realiza um evento como este e é elogiado pelo mundo inteiro, o aumento da auto-estima.

As classes que se supõe mais intelectualizadas talvez não necessitem de aumentar a sua auto-estima para se entir melhor, porém o nosso povo, depois de 500 anos de exploração das classes dominantes, identificaram no futebol algo que é de sua propriedade. Não adianta dizer que a Dona Maria ou o Seu José não vão assistir os jogos da copa, porém eles tinham mais possibilidade de ter um filho ou um neto jogando num time de primeira linha do que entrando na Universidade e virando Doutor.

isto se chama protagonismo, o pai e a mãe pobre da favela se possuem uma criança com dotes futebolísticos tem grande chance de ao menos sonhar em seu filho atingir uma boa situação. Por outro lado filho de rico, salvo honrosas excessões (que não conheço) jamais serão atacantes dos grandes times brasileiros.

Esta diferença fica clara quando se entra numa discussão de salários de jogadores, vendo que 0,01% dos jogadores chegam a salários altíssimos, várias pessoas recriminam que um "analfabeto" atinja este nível de renda.

Seu voto: Nenhum

Errata: Aumento da autoestima.

O texto acima apresnta alguns erros de português, mais do que o meu normal!

Seu voto: Nenhum
imagem de Unive
Unive

os seguidores ferrenhos de

os seguidores ferrenhos de caue moura provavelmente continuam alienados

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Se o Brasil perder a copa e

Se o Brasil perder a copa e mesmo assim Dilma levar ( inclusive em primeiro 

turno) estaremos junto ao novo e ao próspero!

Seu voto: Nenhum (15 votos)
imagem de Hamilton
Hamilton

Todo jovem é "mudancista"

Como o governo não se comunica, fica fácil para serem levados no bico. Literalmente.

Seu voto: Nenhum (8 votos)

Comunicação

É isso que me preocupa. A comunicação desse governo é um lixo. Se fosse eficiente, nenhuma campanha negativa da mídia surtiria efeito.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

"Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma".  Joseph Pulitzer

Concordo integralmente. A

Concordo integralmente.

A comunicação do Governo parece até que foi escalada nos escritórios da rede Gloebbels...

Seu voto: Nenhum

Uma excelente pergunta

Seria de suma importância que essa excelente pergunta chegasse a cada um dos jovens brasileiros (não tanto pela Copa em si porque não dou a mínima pra essa coisa de futebol institucional que vejo mais como um antro de locupletadores, uma máfia de cartolas & cia), mas para perceberem o quanto que a mídia vil deste país lhes tenta manipular com distorções, com versões falsas dos fatos visando tão somente torná-los massas de manobra de seus interesses escusos, anti-pátria.

Seu voto: Nenhum (16 votos)
imagem de Cida Meira
Cida Meira

Espetacular!

Espetacular!

Seu voto: Nenhum (11 votos)

Será q a juventude entenderá o que querem fazer com as eleições

O modus operandi para detonar a reeleição de Dilma é o mesmo usado para demonizar a Copa, e continua em funcionamento, será que a juventude entenderá

Seu voto: Nenhum (21 votos)

 

...spin

 

 

Existem dois #NaoVaiTerCopa.

O primeiro é um hashtag que dizia que não teríamos condições de fazer uma copa, que seria um vexame, e tal. Esse aí praticamente já caiu, e quem o defendeu já redigiu ou está redigindo sua desculpa. Aqueles que tiraram férias e foram para o exterior temendo a vergonha, provavelmente vão voltar envergonhados da besteira que fizeram.

Mas existe um outro que, quer queiramos ou não, é de certa forma legítimo. Que é um hashtag com o objetivo de protestar contra gastos públicos na copa. A menos que se consiga provar que os gastos valeram a pena, esse vai continuar com o #NaoVaiTerOlimpiadas. 

Lembro também que dizer que o Brasil não poderia fazer uma copa era ignorar a tradição de eventos como o Brasileirão, por exemplo. Agora olimpíadas é um pouco diferente. Nunca fizemos nada de tamanha envergadura. Nessa copa corremos alguns riscos - Curitiba, por exemplo, quase teve que ficar de fora por não conseguir concluir a Arena da Baixada a tempo. Consegiu e ficou uma beleza, mas foi por pouco. Mas mesmo que não conseguisse, substituiria-se por outro lugar, e tal, ou mesmo um estádio sem a infraestrutura exigida. Seria uma coisa terrível mas nenhuma tragédia que inviabilizasse o evento. Agora imagine um complexo aquático não ficar pronto, por exemplo? Imagine atletas que só têm uma chance na vida de participar de uma olimpíada e/ou quebrar recordes olímpicos perderem essa chance por causa de um problema de infraestrutura de preparação pré-competição ou coisa assim? Estádio é uma coisa, em todo lugar se acha um. Já os complexos olímpicos muitos deles não podem ser substituidos. Se algum deles não ficar pronto pode ser uma tragédia para a modalidade.

No futebol a quebra de recordes não tem muita importância. Então, se o gramado não está bom, teoricamente prejudica os dois times e pronto. Culturalmente, se um time reclamar que perdeu por causa do gramado ruim, será considerado um mau-perdedor. Nas olimpíadas é diferente. Uma pista de atletismo tem que estar perfeita. Se não estiver pode prejudicar a quebra de recordes - que é considerada importantíssima no atletismo. A maioria das modalidades exige perfeição. Basta lembrar da falha de segurança em Atenas que prejudicou o maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima, e, consequentemente, o Brasil.

O meu medo é que o sucesso da copa venha impedir que se critique os atrasos nos preparativos dos jogos olímpicos.

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de Vera Corrêa
Vera Corrêa

Finalmente um comentário não

Finalmente um comentário não sectário, que mostra mais de um lado - embora não todos - de uma situação com muitos interesses e muitos atores envolvidos. Corrupção (que houve, e não apenas de parte da Fifa ou do PT, já que passou muito dinheiro público por todos os partidos, dada as participações estaduais e municipais). As eleições, de um modo ou de outro envolvidas com essa corrupção. As obras públicas que, embora atrasadas e superfaturadas, jamais teriam sido feitas de outro modo. E, por fim, mas não menos importante, o direito de o povo brasileiro se divertir e se emocionar. O pão alimenta o corpo e a diversão alimenta a alegria de viver. Apenas não podemos nos contentar com eles.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Carlos Lima
Carlos Lima

Lições dos jogos Panamericanos

O Rio de Janeiro sediou os Jogos Panamericanos em 2007 e o Brasil passou com louvor nesse primeiro teste. Muitas lições foram tiradas desse evento e estão servindo de base para correções no projeto das Olimpíadas 2016. Embora a magnitude dos Jogos Olímpicos seja muito maior, tenho certeza de que seremos exemplares na realização dessa megaevento esportivo.

Seu voto: Nenhum (10 votos)

IDIRO, FAZ FAVOR: #VAI_PENTEAR_MACACO

IDIRO, FAZ FAVOR: #VAI_PENTEAR_MACACO

Seu voto: Nenhum (13 votos)

Francisco de Assis

Sendo realista, nada mudará se o Brasil não ganhar a Copa

Não há escapatória: as pessoas que foram contra a Copa do Mundo, por influência da mídia ou por iniciativa própria, não importa muito, voltarão ainda com mais força às críticas se o Brasil não vencer a Copa do Mundo 2014, sendo hexa em casa.

Se isso não acontecer, a insatisfação pela derrota se somará às críticas dos que foram contra a organização da Copa do Mundo no Brasil.

Essa é uma certeza matemática. Portanto, acho prematuro ficar tentando convencer quem foi contra com base no argumento da "manipulação da mídia". As pessoas não vão querer saber disso, caso o Brasil não vença.  Essa é a verdade.

Quem pensa que o cenário político não está vinculado ao resultado dessa Copa do Mundo está muito enganado. Não digo que um título brasileiro iria influenciar a eleição ao ponto de Dilma ganhar eleitores. No máximo, a vitória do Brasil não afetará negativamente o número de eleitores que votam nela.

Já uma derrota, aí sim, muda tudo. Será a insatisfação com os gastos, sempre alegada pelos críticos da organização da Copa do Mundo, somada à insatisfação pela derrota. É um motivo a mais para se voltar contra o Governo, sendo irrelevante, para os críticos, saber se é um motivo justo ou não.

Para a reeleição de Dilma, é ruim o Brasil não ser hexa em casa. Se isso não será decisivo para o resultado da eleição, hipótese não descartada, com certeza vai retirar muitos votos dela.

 

Seu voto: Nenhum (5 votos)

"É relativamente fácil suportar a injustiça. O mais difícil é suportar a justiça." Henry Louis Mencken.

imagem de Thiago Bravo
Thiago Bravo

Sendo "realista" quer dizer "se discordar de mim, não é realista

Sua postagem começa com um "quem discorda de mim, não é capaz de enxergar a realidade".  Desce daí, ser arrogante.

Seu voto: Nenhum (10 votos)

Ficou com raiva?

Não tenho culpa. É a realidade. Quem quiser, que invente uma ficção e viva nela. Por exemplo, sonhe com o fato de Dilma não ser esculachada no Maracanã, quando for entregar a taça, mais ainda se o Brasil não ganhar a Copa do Mundo. Acredita realmente nisso? Tem gente que gosta de enganar a si mesmo.

Eu estou falando da realidade, dos fatos. E não de desejos. Isso é coisa de menino. E é o que vejo, não o que eu desejo. Por mim, Dilma nunca teria sido vaiada. Mas foi. E, não satisfeitos, ainda mandaram ela tomar naquele lugar, milhares de pessoas, em coro.

No Maracanã, se o Brasil não estiver na final ou se perder a final, já imaginou o que pode acontecer? Você acha que a torcida não vai descontar nela? Coitado, deseja o que não vai acontecer... Dilma vai levar uma vaia monstruosa nessas condições. Será o prenúncio do que virá pela frente.

Portanto, você e outros, que acham a eleição de Dilma a coisa mais importante do universo hehehe, torçam muito para o Brasil na Copa do Mundo. Como nunca. Se perder, já viu. Vai sobrar para ela.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

"É relativamente fácil suportar a injustiça. O mais difícil é suportar a justiça." Henry Louis Mencken.

Ótimos PALPITES, Argolo. Pena

Ótimos PALPITES, Argolo. Pena que os dados empíricos apreendidos da relação Copa versus contexto político, os desqualifiquem de cara, ou seja, esse evento sempre ficou alheio às nuances eleitorais e mesmo ideológicas. 

!970 - Auge do regime militar e ano do tri-campeonato. Pelo que sei, não aumentou nem diminui as tensões políticas da época. A ditadura certamente que quis tirar uma casquinha. Mas só isso. Todos, inclusive os dissidentes do regime, alguns já presos, torceram a favor da nossa seleção. O ufanismo exarado nas canções tipo "Prá frente Brasil" deriva mais de um contexto mais amplo. Se tivéssemos perdido( a Copa) o ufanismo do "Brasil grande", típico do período, seria o mesmo. 

E assim foi nas demais. Até mesmo a Copa perdida mais deplorada, a de 1982, influenciou em qualquer processo no país. O que temos é exatamente contra-exemplos, como as mais recentes pelejas de 2002, 2006 e 2010, quando a vitória e as derrotas, respectivamente, não influenciaram campanhas eleitorais: Fernando Henrique não elegeu seu sucessor, Serra, e Lula foi reeleito tranquilamente em 2006 e ainda reelegeu sua sucessora em 2010, Dilma Roussef. 

Isso posto, não sei por que esse ano será diferente. A intenção de voto para DIlma, a meu ver, não será infuenciada por eventual derrota. Merce de ser também um palpite, reconheço, pelo menos ele está embasado num histórico, ao contrário do teu que se lastra mais numa projeção influenciada por um contexto bastante complexo, ou seja, mais na base do "achismo".

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.