Revista GGN

Assine

Uma reflexão sobre o 31 de março

Por Raí

Hoje foi um dia triste e de reflexão(devíamos mudar o calendário, e elimina-lo) e dentre as minhas reflexões sobre esta maldita data, faço um breve relato da minha existencia de militante político.

1964: aos 12 anos, e sonhando com um futuro brilhante para o Brasil, e movido pelo entusiasmo que efervecia nos grêmios estudantís politicamente engajados, sofrí talvez, o maior baque e a maior decepção, ao ver chegar ao Poder, quem menos mereceria, os militares, que atrazaram nossa redemocratização,em 21 anos; 

1969: Início da minha efetiva entrada na luta armada(embora eu pessoalmente, jamais tenha pego em armas) e minha  filiação ao VAR-Palmares, e a emancipação de uma família que temia pela minha vida e pelo meu futuro;

1975: Apoio e engajamento total, aos atos pela conquista da anistia geral e irrestrita, e ao recebimento dos companheiros exilados;

1978: Dedicação total, à fundação do PT, e da luta pelas eleições diretas e de todos os cargos majoritários;

1979: Criação da CUT;

1982: Luta diuturna e incansável, na campanha sem sucesso de eleger o Lula, para a sucessão paulista

1985: Desaprovação do processo sucessório, que elegeu indiretamente ao Tancredo Neves, que não não nos convencia da tese conservadora, do "mal menor";

1989: Vestimenta da camisa da campanha de tentar levar à Presidencia, um trabalhador ligado às classes trabalhadoras e ao sindicalismo de resultados;

1995: Novas lutas na campanha do Lula, novamente repudiada por uma população comandada pelos veículos de comunicações aliadas da direita;

2002: Enfim, uma conquista de pêso. Um Presidente do povo, comprometido com o povo, e com um staff representativo, do povo;

2006: Felicidade com a reeleição do companheiro Lula, e a certeza de que isto era uma forma de mostrar, que sabíamos governar;

2010: O paraíso ao ajudar a levar uma ex-companheira do VAR-pALMARES e a 1ª mulher brasileira e ex-presa política, à Presidencia da República.

Enfim, chego à aposentadoria laboral e passo a atuar com menos vigor às causas políticas, embora meu ardor pela política e pelo partido que ajudei a fundar, seja permanentemente renovado, com as iniciativas dos companheiros que estão no Poder, porem gradativamente deixo de atuar nas "ruas" e fico restrito à militancia via redes sociais, sinto-me ainda útil e ativo. A coisa triste, é ver pessoas desqualificadas e despolitizadas, defenderem a volta daqueles que atrazaram-nos em mais de 20 anos, e comemorar uma data maldita como este 31 de Março. Devíamos estar chorando nossos mortos na luta,  nossos desaparecidos e seus parentes porfãos, e vigilante para que isto, jamais volte a ocorrer.

Média: 5 (8 votos)
23 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".

acho, acho se...!

Nassif, parabéns pelo texto.

 

 

Infelizmente,  a abundância dos contadores de histórias vem aumentando consideravelmente. Eles já não se envergonham das suas vilanias, pois obtiveram o apoio da mídia golpista,  e tornaram-se ficcionistas vulgares, sendo seguidos pela tropa atenta ao bimbalhar de seus cincerros.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

“Contra ratos não há argumentos.” (Palmério Dória)

Sugiro ao Nassif

Excluir dos comentários todo o desrespeito à memória dos que caíram combatendo a ditadura, principalmente dos supostos comentaristas aliancaliberal, leonidas e snoopy. Uma coisa é liberdade de expressão, outra é desrespeito com a memória e a história.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de snoopy
snoopy

este comentário

este comentário anti-democrático apenas demonstra que não aceita o contraditório, quando é claro e lógico que havia dois lados e uma guerra em curso... não havia inocentes.. o amigo acha mesmo que a guerrilha, Var-Palmares e outros queria tão somente derrubar os militares do poder e mais nada? imediatamente convocariam eleições livres e democráticas? conta outra!

Seu voto: Nenhum

Sou um pouco mais nova mas

Sou um pouco mais nova mas entrei na luta no final dos anos 70.

Agradeço a você e àqueles que vieram antes e cimentaram o caminho para que conhecêssemos a verdadeira história por trás daquele país "que ia pra frente", torturando, matando e desaparecendo com todos que se opunham ao arbítrio.

Beijão.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Trajetória de muitos

Raí,

Tirante os diferentes grupos a que cada um atuou entre 64/75, a sua história é um ótimo resumo da vida de várias pessoas desta geração. Completo com algumas observações.

1978, marca um início da divisão da esquerda brasileira (que conseguiu uma razoável coesão em alguns momentos). Reflexos disto iriam se agravar na campanha das Diretas. Como acompanhei de perto, tanto o processo brasileiro como o uruguaio, penso que aí reside uma grande diferença entre os dois países. Guardadas, claro, a diferença de população e território.

A grande diferença de visões do centro e da esquerda uruguaia, não impede que eles criem  (em 1971) e mantenham até hoje a Frente Ampla. Razão fundamental do avanço do Uruguai em alguns temas.

No dia em que conseguirmos isto, acabaremos com a necessidade de ficar reféns das composições obtusas e pontuais e poderemos construir, de fato, um projeto de futuro.   

  

Seu voto: Nenhum

Gilberto .    @Gil17

É claro que és muito útil

É claro que és muito útil ainda, caro Raí. Voce vale muito mais que esses boçais obtusos que pregam a  volta da ditadura. Mesmo voce aí no acochego do seu lar.

Bela história de luta. O povo brasileiro agradece

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Juliano Santos

Uma data para não se esquecer

Muito bem Rai. Essa data fez pensar muito sobre o quanto a ditadura civil-militar atrasou nosso Pais. Ao ver o estado da educação, da televisão, das artes, fica uma certa tristeza, pois poderiamos estar muito mais avançados, não fosse os militares fazerem de tudo (com ajuda de certa midia) para que o povo fosse pouco a pouco se alienando. Mas creio que estamos melhorando e vamos melhorar muito enquando nação.

Saudações.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Eu sou um pouco mais nova que

Eu sou um pouco mais nova que você Raí e a minha geração foi a que fez o ginásio, colegial e já no finalzinho da década de 70 entrou na universidade. O que a minha geração foi tolhida no seu desenvolvimento social e político além de ter sido vítima da queda abrupta da qualidade da educação se reflete hoje em parte das lideranças políticas, empresariais e intelectuais  que temos. Foi criminoso o que fizeram com a história do nosso país.

E parabéns pela luta. Numa coisa sempre estivemos juntos. Desde que o PT foi fundado eu voto no partido. E voto com um raciocinio simples: é preciso que os trabalhadores tenham representação na política brasileira e como sou trabalhadora...

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Vera Lucia Venturini

Belo texto e relato Raí.

Belo texto e relato Raí.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Passei quase toda minha

Passei quase toda minha infância sem perceber a gravidade daquele criminoso ato inaugurado em 1 de abril de 64, meu pai era um engenheiro militar que prestava serviço no QG no Centro do RJ .

O que me marcou pra sempre (e até hoje me emociono), foi quando em 1978, eu e meu pai estávamos visitando a falecida irmã de minha mãe, numa comunidade denominada Correas(RJ), quando naquele exato momento, vários militares saltaram de diversos caminhões e jipes do exército com a odiosa truculência de demolir diversos imóveis (a maioria casebres) .

Lá estava o grande Lysâneas Maciel defendendo os pobres lavradores, quando para minha surpresa, meu pai desafiou o oficial que estava liderando aquela covardia e impediou-os de cometerem o criminoso desatino .

Três meses depois, meu pai, pressionado por superiores, e desiludido com aquile tipo de aberração, pediu baixa e passou a ajudar as campanhas políticas do saudoso Lysâneas Maciel .  

Seu voto: Nenhum (1 voto)

" A injustiça que se faz a um, é uma ameaça que se faz a todos." - Barão de Montesquieu

 

imagem de snoopy
snoopy

na verdade o amigo comete um

na verdade o amigo comete um equívoco, ao meu modo de ver... se não houvesse o golpe de 64 certamente haveria um outro golpe, o da esquerda. prova disso é o envolvimento dos eua, que não queriam ver mais uma cuba na américa latina.. sim, os rumos do golpe de 64 foram terríveis, o ser humano no poder e sem imposição de limites se transforma, e isso ocorreu com os militares..mas teria sido igual ou pior se não tivesse havido o golpe... estão aí vezezuela e cuba para demonstrar... ao não ser que o amigo acredite que esse regimes sejam democráticos... só mais um adendo.. eu não aguento mais a presidenta dilma, acho que o que sinto reflete o sentimento de milhares de petistas.... vamos à campanha VOLTA PRESIDENTE LULA ENQUANT É TEMPO, senão corremos o risco de entregar de mão beijada a presidência e o nosso projeto social.... a presidenta é muito fraca, há uma insatisfação geral no sudeste/sul/centro oeste, nesta ordem.... o PIG não vai deixar barato, vai bater muito nela, e ela é um alvo muito fácil, dá pena até... eu mesmo estou pensando em votar no eduardo/marina cajo o presidente lula não seja candidato..valew!

Seu voto: Nenhum

Menos, Snoopy. Afirmações

Menos, Snoopy. 

Afirmações sobre a história em cima de hipóteses é uma bobagem . Principalmente porque essa hipótese do golpe da esquerda foi lançada para justificar os que apoiaram as crueldades cometidas pelo golpe de direita.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Vera Lucia Venturini

imagem de aliancaliberal
aliancaliberal

"hipóteses é uma bobagem" não

"hipóteses é uma bobagem" não é uma hiótese ou vc acha que o bloco comunista não atuava no Brasil ?

Não seja ingênua e acreditar que o passado é passivel de ser reescrito.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Existem documentos que


Existem documentos que comprovam que o governo americano trabalhava para um golpe contra João Goulart já em 1962. Antes do golpe de 64 não há noticia de que a esquerda iria dar um golpe militar ou civil no Brasil. A luta armada só veio como resistência ao golpe de 64 e recrudesceu depois do AI 5 em 68.

Para comprovar minha ingenuidade apresente documentos históricos que comprovem que a União Soviética ou o Partido Comunista ou qualquer outra organização de esquerda estivesse planejando a derrubada do governo João Goulart.

Quem disse essa bobagem de que o golpe viria de qualquer lado foi o inacreditável FHC. Justo ele que recebeu 1 milhão de dólares do Senado americano através do Instituto Millenium. E desde 62 o IPÊS e IBAD, duas organizações mantidas com dinheiro dos Estados Unidos financiavam políticos, empresários e a imprensa adversária de João Goulart (ver matéria no Viomundo).

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Vera Lucia Venturini

imagem de snoopy
snoopy

cara vera, isto não é

cara vera, isto não é hipótese, é um raciocínio lógico... ninguém entra em luta armada para depois convocar eleições livres e democráticas... o ser humano, seja de direita ou de esquerda, não é bonzinho como vc pensa, ele fica inebriado pelo poder.. o comentador raí lutou sim, como a presidenta dilma, para a implementação de uma ditadura, é óbvio..se não houvesse golpe de direita haveria claro uma ditadura "pelo povo e para o povo"..  valew!

Seu voto: Nenhum

Só que a luta armada só veio

Só que a luta armada só veio depois do golpe. E recrudesceu depois do AI 5 em 68. Antes do golpe militar as instituições políticas funcionavam normalmente no país.

Em contraponto a isso documentos do governo americano comprovam que um golpe contra o governo João Goulart já era tramado em 62 pelo "democrata" John Kennedy. O IPÊS E O IBAD, duas organizações americanas injetaram 5 milhões de dólares em campanhas políticas e de inteligência para fortalecer os adversários de João Goulart (quem recebe dinheiro hoje do senado americano é o Instituto Millenim do FHC). Em 1962 foram financiadas por estes institutos cerca de 600 campanhas eleitorais de políticos adversários de João Goulart. Foi um padre americano pertencente a CIA que mobilizou as "senhoras em defesa da família, de Deus e da liberdade" em São Paulo.

Quais os documentos que comprovam que a União Soviética injetou dinheiro para dar um golpe neste período?

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Vera Lucia Venturini

imagem de snoopy
snoopy

sim, acredita mesmo que os

sim, acredita mesmo que os que entraram na luta armada já não eram organizados bem antes de 68? acredita mesmo que aqueles que fizeram parte do var, guerrilha do araguaia etc iriam depor o governo militar e convocar eleições livres e democráticas? mesmo agora, todos nós petistas não vamos aceitar a derrota da presidenta dilma e sair do poder (vamos culpar a mídia, o pig, não sei mais quem, vamos dizer que todos são golpistas e por aí vai..)... sempre pensamos no PT que quem não está conosco é porque são vendidos, nós não aceitamos o contraditório (por isso detestamos a imprensa em geral)..a guerrilha queria derrubar o governo militar e implementar outra ditadura, isso é óbvio, não iriam aceitar que um partido de direita ganhasse as eleições..  

Seu voto: Nenhum

Snoopy, leia o post do blog

Snoopy, leia o post do blog "Comissão identifica 371 casos de tortura antes do AI 5" .

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Vera Lucia Venturini

imagem de snoopy
snoopy

sim, isso prova que havia

sim, isso prova que havia dois lados e uma guerra em curso.. ou acha que esta coisa abjeta que é a tortura aconteceria do nada?

Seu voto: Nenhum
imagem de Lucas J
Lucas J

todo respeito ao companheiro

todo respeito ao companheiro Raí, é nesse tipo de exemplo histórico que os jovens de todas as esquerdas hoje devem se inspirar, militância e muito trabalho, não apenas sair nas ruas em dia de manifestação com roupinha descolada.

no entanto, não posso deixar de apontar uma contradição em termos: "um staff representativo, do povo".

você me desculpe, mas um "staff" nunca vai ser algo do povo, assim como assessores de comunicação, secretários de blablabla, etc. Esse tipo de coisa é justamente o que transforma alguém que ERA do povo em um BUROCRATA. Apenas as organizações do próprio povo se mantém como povo, quando são cooptados para estruturas estatais se tornam apenas mais uma máquina em busca de votos.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de marcoscoimbra
marcoscoimbra

Em uma leitura rápida no G1,

Em uma leitura rápida no G1, deparo com a seguinte chamada: "Régua fornecida pro prefeitura em SP aparece sem a marcação de 24cm". Confesso que na leitura rápida pensei que era na prefeitura de SP. Depois, quando abri a matéria estava lá, prefeitura de sorocaba (PSDB). Será o G1 fez a manipulção sem querer querendo?

 

 

 

Seu voto: Nenhum

Tem dois 25, mas como o

Tem dois 25, mas como o número é do DEM e não do PSDB, acho que não tem nada estranho.

Parece uma falha típica de quem fabricou, e também de quem aceitou sem avaliar direito o produto (licitado), isso supondo uma falha em todo lote.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

Texto barbaro, Rai!

Texto barbaro, Rai!

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.