newsletter

Assinar

Voz do capital se impõe em pautas do governo, por Gustavo Gindre

 

A voz do capital acabou se impondo

O PSDB sinalizou que topa construir uma pauta a ser acordada com o governo. Ontem mesmo o líder do governo no Senado saudou a mudança de comportamento dos tucanos.

Pra mim, é evidente que os grandes financiadores mandaram acabar com a palhaçada. O impeachment não vai sair mesmo, por isso é preciso tocar a vida com esse governo.

E, então, é necessário aproveitar o governo fraco e tentar impor uma série de pautas, como a reforma trabalhista, a reforma da previdência e as mudanças nas regras do pré-sal.

Resta saber qual será o comportamento do governo diante dessa "pauta consensual". Suspeito que ele vai agradecer a trégua e aceitar a pauta.

Veremos...

PS: essa trégua, obviamente, não passa por poupar Lula que seguirá sendo desconstruído até 2018. É uma trégua com o governo, apenas.

Média: 3.9 (14 votos)
9 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".

Somente a proposta do pré-sal interessa o PSDB.

Pessoal,

 

Somente a proposta referente à abertura do pré-sal às nações amigas(da onça) interessa ao PSDB. O restante é perfumaria para disfarçar a verdadeira ambição do tucanato.

O governo não poderá morder a isca.

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Jossimar
Jossimar

Penso que com a Dilma no

Penso que com a Dilma no governo a direita não precisa se incomodar em destruir o PT e o legado do Lula. A própria Dilma se encarregará disso.

Sinto dizer, mas o governo Dilma é uma tragédia em todos os sentidos.

Até 2018 todo o legado deixado pelo Lula estará destruído, e, se mantiver o Zé na justiça, provavelmente o Lula estará preso em até lá.

E ela se empenha bastante em causar desconforto naqueles que acreditaram e votaram nela em 2014. Exemplo: foi só sair na imprensa que 90% dos trabalhadores eram contra a reforma na previdência que no outro dia a Dilma anunciou a reforma. Tudo para agradar os rentistas porque assim sobrará mais dindin para pagar os juros pornográficos do BC da Dilma.

Ela e o Zé fingem na mídia que estão com o Lula mas a cada dia o Moro atropela mais tudo que se entende por estado de direito para pegar o Lula e entregar o prometido aos seus superiores,que são os Marinhos.. Agora, O Morusco deve estar estudando que tática irá utilizar para poupar os Marinho e procurando outra coisa para incriminar o Lula, já que deu com os burros n"água com a história do triplex. Deve ter tomado um baita esporro dos Marinhos.

Em 2011 a Dilma pegou um país que cresceu 7.5% em 2010 e em 2015, apenas quatro anos depois, entregou uma queda no PIB de quase 5%. Até 2017 o Brasil estará menor do que estava em 2010.

Provavelmente será o único caso no universo em que um governo trabalhista reformou a previdência e as leis trabalhistas para retirar direitos dos trabalhadores e atender ao capital.

Com uma presidanta destas os marinhos, moros, delagnois, cunhas e outros são fichinha. Não precisam fazer nada, é só observar e esperar os seus desejos serem atendidos.

Seu voto: Nenhum

A Presidente  sinalisou que

A Presidente  sinalisou que  esta  a  fim de  rever  o  pre-sal,. e  as  petroleiras  ja  ficaram  com olhos  arregalados, entao  mandaram baixar a  bola. So que  ai  ha  um risco  muito  grande:  A presidente  abre o  pre  sal  para  as  petroleiras  americanas  e  outrtas.  num  dia   no  outro  dia  eles  mudam  de comportamento  e   manda  descer o sarrafo  na  presidente. 

Eu nao  tenho  a menor  duvida  que isdso  vai  acontecer,  para  mim   cabe  ao  governo  resistir, insistir  e  nao  desistir da  petrobras  e do   pre-sal   os  americanos  e sua  gang  que  se  dane. porque  nada  de bom  virá para o Brasil  abrindo  as portas para  as  mult nacionais do  petroleo  porque  eles  querem  o  petroleo do  PRE  SAL  mais de  MAO  BEIJADA, ja  prospectado  pela  Petrobras  e  para  eles  sobra  apenas  encher  seus  tanques  e  levar para  EUA   ALEMANHA  ESPANHA  JAPAO. FRRANÇA  E ITALIA.  Contanto que o Brasil gaste  fortunas  para  pesquisar  perfurar   e  entregar  a eles  ai  ta  de  bom tamanho .  Os  EUA  E A  EUROPA  SO  QUEREM   VENHA  A ELES  E  PARA OS  OUTROS  NADA. Sao  países que  trataram de criar  regras  de comercio  exterior  que  so  beneficie  a eles.  basta  que  primeiro  como  nao  sao  e nunca foram  grandes  possuidores  de  ouro  trataram  de  desvincular o  ouro. O ouro é bem cotado  mais praticsmente  nao serve como moeda de troca. Depois  é o   dolar  e  o  euro  sempre  valorizados  em  relaçao  a  outras  moedas, fazendoi  com que  com  vende ou compra  deles estejam submetidos  a  tais  moedas.  Quando voce  vende  em dolar  ate  ganha  mais  quando voce compra  e  no caso  suas  compras  sao maiores do que  as  vendas  voce  sai  perdendo.  e  perdendo  feio. Criaram uma  tal de  OMC que  na realidade  é mais  um mecanismo que  funciona  a  favor  dos  EUA  E  EUROPA.  e  na  Asia  o JAPAO.  e nem  tanto no  Japao  porque a  moeda  japonesa  esta  altamente  desvalorizada.  

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

edson tadeu

imagem de gabi_lisboa
gabi_lisboa

Vale tudo para garantir que a Dilma vai

continuar sendo chamada de presidenta e defendendo o combate à mosquita. E o povo que se exploda.

Seu voto: Nenhum (13 votos)

Absoluta e rigorosamente nada a ver

Esse projeto nada tem a ver com golpe de estado aqui ou acolá. Tem a ver com a pressão das multinacionais e com o entreguismo do PSDB e assemelhados. 

No que tange à questão "o povo que se exploda", o que tu propõe?

-Propõe que se consume o golpe de estado do impedimento e que Michel Temer assuma e implemente em 100% o programa tucano?

-Propõe que o TSE seja o agente do golpe de estado e que Aécio ou Marina assumam após novas eleições com um programa ultra liberal que faria FHC parecer um comunista?

-Propõe que Dilma faça a revolução socialista num parlamento onde a esquerda, somada, não tem sequer 20% dos congressistas?

-Propõe que Dilma não ceda em absolutamente nada e que implemente integralmente o programa do PT, utilizando para tanto uma mágica varinha de condão?

-Propõe que Dilma renuncie e entregue o mandato legal e legítimo que o povo lhe conferiu para Michel Temer?

-Propõe que Dilma faça coisas que nem Lula, do alto da sua inigualável e estelar popularidade, conseguiu fazer?

Seu voto: Nenhum (8 votos)

Diogo Costa

imagem de Arthemísia
Arthemísia

É para não ceder nada mesmo,

É para não ceder nada mesmo, principalmente o pré-sal. Se ela não pode com o Congresso, que convoque o povo, que faça plebiscito e campanha em defesa do pré-sal; que jogue o povo contra o projeto do PSDB. Dilma não pode é ignorar nosso suor na sustentação do governo. Se ela não sabe fazer política, passa a bola para quem sabe. Já nesse mandato ela disse que o pré-sal era inegociável, vai dar uma de mentirosa?

Seu voto: Nenhum
imagem de Rabuja
Rabuja

Ela quer apenas que a Dilma

Ela quer apenas que a Dilma honre a palavra dela e os votos que teve e o PT honre a palavra.. ops..  esquece esta parte...

Você está fazendo o seu papel: defender o PT, esta metamorfose ambulante de mão única em direção à direita nos últimos 15 anos. Mas nem todo mundo que voltou na Dilma é tão "flexível" assim.

Dilma já está de joelhos há muito tempo. Agora vai lamber as botas dos vendilhões da pátria.

Você vê vantagem em termos a presidente de joelhos lambendo botas, o importante é ela se manter presidente pra bla bla bla bla... mas está cada vez mais solitário.

Seria mais honrado ela cair de cabela erguida.

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de gabi_lisboa
gabi_lisboa

Mas ela precisa ceder a tudo e tão facilmente???

Coração, a dilma não está implementandoo programa do pt. Ela tem dado sinais que vai deixar passar o "pontes para o futuro" do pmdb sem fazer objeções... O projeto inteiro vai acabar sendo votado no senado, a mudança do pré-sal é só o começo.

Eu proponho que ela defenda o projeto de governo que a elegeu, que diminua os juros e os swaps cambiais do BC e que pare de comprar briga com sua base.

Fazer concessões faz parte do jogo, mas mudar completamente seu plano de governo é outra coisa.

 

Seu voto: Nenhum (12 votos)

.

Nem Lula implementou o programa histórico do PT, do alto da sua incomensurável popularidade. 

E porque não implementou? Porque para implementar o programa do PT é preciso ter, de acordo com a Carta de 88, 3/5 dos votos na Câmara e no Senado (passamos a falar de correlação de forças). 

Quando foi que o PT teve mais de 1/6 ou 1/7 dos parlamentares no Congresso Nacional? A resposta é muito simples: nunca. 

Quando foi que a esquerda teve pelo menos 1/3 dos votos no Congresso Nacional? A resposta é muito simples: nunca. 

De modo que se tu ou outras pessoas conseguirem arrumar uma bancada de 350 deputados federais e de 50 senadores para o PT, Dilma poderá aprovar tranquilamente o programa histórico do PT. 

Mas sem essa bancada robusta e voltando para a cruel realidade (que nos diz que o PT tem hoje 59 deputados federais e 11 senadores), vemos que a coisa fica difícil. 

E bem mais difícil quando se luta contra uma conjuntura brutal de recessão, de tentativas de golpe via impedimento ou via TSE, etc. 

No mais, vamos ver o que vai acontecer. Amanhã é só o começo da batalha pelo pré-sal. Depois o assunto vai para a Câmara. Depois Dilma pode vetar ou vetar parcialmente alguns pontos e depois a matéria volta para o Congresso Nacional. 

Mas se o Congresso Nacional resolver derrubar os vetos, aí não tem mais o que fazer mesmo. 

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Diogo Costa

Caro Diogo,

"Eu proponho que ela defenda o projeto de governo que a elegeu, que diminua os juros e os swaps cambiais do BC e que pare de comprar briga com sua base."

Para fazer isso não é necessário ter maioria na Câmara e/ou no Senado, certo? Portanto, porque não faz?

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Giulia F
Giulia F

Tecnicamente

o nome é trairagem. Esse governo Dilma II faz qualquer coisa - qualquer coisa mesmo, se nego propuser a revogação da Lei Áurea passa - para ficar no poder.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

.

Não existe mais financiamento privado (de pessoas jurídicas) de campanhas. 

Essa pressão não vem de financiadores pelo fato de serem financiadores. Ela vem de grandes grupos capitalistas nacionais e internacionais pelo fato de que com a debacle na cotação do petróleo (queda de 75% em 18 meses) é necessário encontrar e explorar o 'ouro negro' a preços razoáveis e sem risco de não encontrar a commodity (o pré-sal se encaixa perfeitamente na descrição). 

O projeto que altera a participação da Petrobras na exploração do pré-sal é de uma idiotice sem fim. Com a cotação atual da commodity não há nenhuma necessidade de apressar a exploração da mesma, muito antes pelo contrário. 

Na verdade essa hipotética abertura do pré-sal para as multinacionais só serve para elas, as multinacionais. Terão um megacampo de exploração, com produto líquido e certo e com preços decrescentes de extração. 

Na atual conjuntura internacional do setor petrolífero, com queda generalizada no faturamento e no lucro líquido das maiores petroleiras do mundo, o pré-sal é o manjar dos deuses que os entreguistas tucanos e assemelhados pretendem doar a preço vil, de bananas maduras. 

Seu voto: Nenhum (11 votos)

Diogo Costa

imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

"Resta saber qual será o

"Resta saber qual será o comportamento do governo diante dessa "pauta consensual". Suspeito que ele vai agradecer a trégua e aceitar a pauta":

O item sobre a Shell era o aviso aa oposicao.  Dilma ja capitulou.

Pela milesima vez:  o Brasil vira Oriente Medio da noite pro dia no dia que os Estados Unidos encostarem no pre-sal.

Seu voto: Nenhum (10 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.