newsletter

cela separada

Primeiro dia de prisão de Roberto Jefferson foi em cela separada e dieta especial

Jornal GGN - O delator do esquema que gerou o processo da Ação Penal 470, Roberto Jefferson, passou a primeira noite em cela individual, com dieta especial, no Instituto Penal Cel. PM Francisco Spargoli Rocha, em Niterói, no Rio de Janeiro.

O ex-deputado foi levado para a Superintendência da Polícia Federal, ontem (24), condenado em regime semiaberto. No Instituto, a secretaria informou que a unidade tem capacidade para 192 pessoas e tem hoje 120 presos. Em cela individual, recebeu comida diferente. “Foi feita por nutricionistas uma dieta alternativa, buscando atender às necessidades do preso”, disse a Secretaria de Administração Penitenciária.

Jefferson disse que precisava de alimentos especiais, sem gordura, pelas cirurgias que passou para tratamento do câncer, que reduziram o seu aparelho digestivo. Por esse motivo, ele solicitou prisão domiciliar ao Supremo Tribunal Federal, mas foi negado.

Com informações da Folha de S.Paulo.

Sem votos