Revista GGN

Assine

Charlottesville

Os feitos do procurador da República que acha que nazismo é de esquerda

 
Jornal GGN - O Viomundo publicou uma matéria mostrando como o procurador federal Ailton Benedito de Souza tem usado o cargo com motivação ideológica. Souza, que bombou nas redes sociais após dizer que o nazismo é de esquerda, já quis investigar banheiro unissex, mandou proibir atos políticos em universidade, defendeu o Escola Sem Partido, tentou apurar suposta perseguição à militante antifeminista, entre outros feitos.
Média: 4.6 (13 votos)

Nazismo? Socialismo? Precisamos urgente estudar história!, por Rudolfo Lago

Foto: Wikimedia commons

Por Rudolfo Lago
 
 
Quando surgiram, as redes sociais foram saudadas por muitos como o prenúncio de um novo tempo. Estávamos diante da possibilidade de construção de uma ágora universal, um espaço no qual os cidadãos poderiam expressar suas ideias e discuti-las sem a necessidade da intermediação com seus representantes nos Parlamentos. Para alguns utópicos, surgia a chance de construção de um modelo de democracia direta a partir das novas ferramentas tecnológicas.
Média: 4.5 (12 votos)

Conselhos de empresários fecham após Trump ser criticado por ataques nazistas

Foto: Agência Reuters

Jornal GGN - Donald Trump decidiu fechar dois conselhos empresariais de assessoria econômica que eram vinculados à Casa Branca após sofrer críticas por causa de sua reação aos protestos fascistas e nazistas em Charlottesville, cidade do Estado de Virgínia, no sul dos Estados Unidos.

Segundo informações da Agência EFE, Trump anunciou a medida no Twitter. "Mais do que colocar pressão aos empresários do Conselho de Indústrias Americanos e ao Fórum de Estratégia e Política, vou acabar com ambos. Obrigado a todos!", disparou.

Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

Casa Branca define como terrorismo atos na Virgínia, e prefeito culpa Trump

Foto: Chip Somodevilla/Getty Images

 

Da Agência Ansa

Os confrontos entre supremacistas brancos e pessoas que militam contra o fascismo em Charlottesville, na Vírgínia, nos Estados Unidos, foram definidos neste domingo (13) pelo conselheiro de Segurança Nacional da Casa Branca, H. R. McMaster,como atos de "terrorismo".

"Cada vez mais se cometem ataques contra as pessoas para incitar o medo, o terrorismo", disso Mc Master, em entrevista ao canal ABC. "Condenamos os supremacistas brancos, os racistas e os grupos nazistas", acrescentou o conselheiro, após o presidente norte-americano, Donald Trump, ser duramente criticado, por republicanos e democratas oor seus comentários e sua inação em relação ao ato.

Leia mais »

Média: 5 (4 votos)

Cidade do Sul dos Estados Unidos vira palco de protesto fascista

Foto: Reprodução/Quebrando o Tabu

Jornal GGN - A cidade universitária de Charlottesville, no estado de Virgínia, no Sul dos Estados Unidos, virou palco de uma manifestação de caráter facista que começou na noite de sexta (11) e tem programação prevista para este sábado, segundo relatos da BBC Brasil.

Com pouco mais de 50 mil habitantes e a apenas duas horas de Washington, Charlottesville assistiu a passeatas do evento "Unir a Direita", que  reuniu cerca de mil pessoas, "incluindo os principais líderes de grupos associados à extrema direita no país". Esses grupos repudiam a entrada de imigrantes no País, bem como a luta pelos direitos dos negros.

Leia mais »

Média: 1 (4 votos)