Revista GGN

Assine

Chico Buarque

Façamos, por Chico Buarque e Elza Soares

O ótimo vídeo é uma idealização de Márion Strecker, desenhos de Angeli e direção de Mara Gama. A animação e edição é de Geórgia Costa Araújo.

Leia mais »

Média: 5 (8 votos)

É sempre bom lembrar

Enviado por Hugo1

É sempre bom lembrar
Que um copo vazio
Está cheio de ar.

É sempre bom lembrar
Que o ar sombrio de um rosto
Está cheio de um ar vazio,
Vazio daquilo que no ar do copo
Ocupa um lugar.

Leia mais »

Média: 5 (6 votos)

Só Carolina não viu, Chico Buarque

Enviado por Jackson da Viola

Sincera e singela "homenagem" a Globo...

Carolina
Nos seus olhos fundos
Guarda tanta dor
A dor de todo esse mundo

Eu já lhe expliquei que não vai dar
Seu pranto não vai nada mudar
Eu já convidei para dançar
É hora, já sei, de aproveitar

Leia mais »

Média: 4.8 (8 votos)

Os Buarque de Hollanda: Intolerância condenada, por Marcelo Auler

 

lula-e-chico-buarque-ricardo_stuckert.jpg

Foto: Ricardo Stuckert

Do blog de Marcelo Auler

Os Buarque de Hollanda: Intolerância condenada

por Marcelo Auler

“Taxar a família demandante de ‘ladra’ decerto foge ao escopo de estabelecer críticas ao pensamento político partidário do primeiro autor. Vai muito além. Imputa a mesma prática de crime, ao menos de furto. Tudo isto de forma unicamente ofensiva e fora do contexto admissível a um comentário que se faria após uma postagem de foto familiar“.

Média: 4.7 (16 votos)

Chico Buarque conquista prêmio literário na França

 
Jornal GGN - Na próxima segunda-feira (30), o cantor, compositor e escritor Chico Buarque receberá o prêmio de literatura Roger Caillois, em Paris, na França, pelo conjunto de sua obra, na categoria literatura latino-americana. 
 
No país europeu, seus livros são publicados pela editora Gallimard, sendo que o último deles, O Irmão Alemão, foi lançado em 2016. Leia mais »
Média: 5 (7 votos)

Chico Buarque pede que Roda Viva deixe de usar sua música

Jornal GGN -  A TV Cultura informou que irá deixar de usar a música Roda Viva, de Chico Buarque, na abertura do programa homônimo. A emissora afirma que a alteração estava prevista dentro de uma reformulação em comemoração aos 30 anos do programa.

Entretanto, através de seus advogados,  Chico Buarque enviou uma notificação pedindo que a TV Cultura não utilizasse a música na abertura do programa.

O pedido ocorreu após a entrevista com Michel Temer no programa, que foi duramente criticada por focar em amenidades e evitar questionamentos mais comprometedores para o presidente da República.

Leia mais »

Média: 4.4 (21 votos)

Roda Viva, por Roberto Gava

Média: 5 (6 votos)

Cálice

Jornal GGN - Aline Lessa, Caio Prado e Elísio Freitas e sua inesquecível versão de Cálice, de Chico Buarque e Gilberto Gil. 

Leia mais »

Média: 4.8 (6 votos)

Instituto do PSDB critica apoio de Chico Buarque e diz que Dilma se faz de vítima

 

Jornal GGN - O Instituo Teotônio Vilela, ligado ao PSDB, emitiu uma nota nesta segunda-feira (29) afirmando que Dilma Rousseff se fez de "vítima" em sua defesa pessoal no processo do impeachment, e criticou o apoio do cantor Chico Buarque à presidentem afirmando que ele, a exemplo de outros "sectários seguidores", não vê que Dilma deixou o País em "ruínas".

Chico Buarque esteve no Senado para ouvir o discurso da presidente afastada, ao lado de Lula e ex-ministros do governo Dilma. Durante a fala, a petista não poupou os agentes que articularam o seu afastamento: a elite econômica, a classe política derrotada nas urnas e perseguida pela Lava Jato e setores da grande mídia que silenciaram diante da fragilidade e desfaçatez do processo.

Dilma não chegou a citar nominalmente o senador Aécio Neves, mas disse que a crise de seu governo começou no segundo em que o "candidato derrotado" na eleição de 2014 não engoliu a derrota na disputa presidencial. O senador Aloysio Nunes (PSDB) tentou obter direito de resposta, sem sucesso. 

Na nota, o ITV sustenta que Dilma quebrou o País e, diferentemente do que ela alega, o que está em jogo não é o seu mandato ou o fim da democracia, mas as chances de retomada da economia com o governo interino de Michel Temer (PMDB).

Leia mais »

Média: 1.7 (17 votos)

Chico vai ao Senado? Pode ser a gota d'água...

Sugestão de Odonir Oliveira

Média: 4.2 (15 votos)

#OcupaMinc contra o golpe recebe Chico Buarque

Foto: Nacho Lemus

Jornal GGN - "Apesar de você amanhã há de ser outro dia", cantou Chico Buarque a Michel Temer, diante da plateia de artistas no antigo Canecão, Rio de Janeiro, novo espaço do Ocupa MinC, na noite desta quinta-feira (05).
 
A música histórica de 1970, que expressava a censura e violações da ditadura do regime militar brasileiro, foi agora um recado para o presidente interino. Acompanhado do deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ), o refrão foi acompanhado em uníssono pelo movimento de protestos que nasceu da extinção do Ministério da Cultura, e se manteve como foco permanente de manifestações contra o golpe. 
 
O grupo formado por cerca de 150 artistas foi expulso na semana passada do Palácio Gustavo Capanema, edifício sede do MinC e da Funarte, após 73 dias de ocupação. Chegaram ao antigo Canecão na madrugada de segunda (01).
Média: 4.4 (13 votos)

Coisas do samba, minha nêga

Nestes dois dias esqueci um pouco o golpe do impeachment, a Lava Jato, os varões de Plutarco de Michel Temer, para curtir um pouco a música.

Ontem, me permiti dormir às duas da manhã por uma belíssima causa: fui levado por Eduardo Gudin a um jogo de sinuca com ele, Paulinho da Viola, Toquinho e Arismar do Espírito Santo. Gudin cometeu a ousadia de me desafiar para uma partida. Diria que poupamos de encaçapar a bola vermelha por uma boa meia hora.

Os "causos" foram melhores, especialmente a fina prosa de Paulinho da Viola, que revelou algumas das peripécias de festivais.

Um de seus primeiros sucessos foi "Coisas do Mundo Minha Nega", interpretado por Jair Rodrigues na Bienal do Samba. A música ficou de fora na primeira seleção de 36 músicas. Aí um jurado descobriu que o samba de Zé Keti já tinha sido apresentado no filme "Rio 40 Graus". Pelo regulamento, a música foi desclassificada e em seu lugar entrou a de Paulinho.

Leia mais »
Média: 4.5 (10 votos)

MST começa financiamento coletivo para campo de futebol

Sugerido por Edgar Serra

Jornal GGN – A Escola Nacional Florestan Fernandes, do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST), começou uma campanha de financiamento coletivo para refazer o seu campo de futebol e batizá-lo em homenagem a um dos atletas brasileiros que mais lutou pela democracia: Sócrates.

O projeto está sendo realizado por alunos e professores da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. De acordo com Jorge Bassane, a intenção é que as atividades no local sejam extrapoladas para além do futebol, para uma série de outras atividades de vivência social. “Nossas arquibancadas não são simplesmente para ver jogo de futebol e sim para que as pessoas se encontrem e discutam as nossas condições atuais”, disse.

Apoiador do projeto, o jornalista Juca Kfouri diz que “não há nome mais apropriado para o campo de futebol do MST”. “Porque o Sócrates representa uma virada no nível de consciência do jogador de futebol no Brasil”.

Leia mais »

Média: 5 (8 votos)

O Golpe e as canções de Chico Buarque

Enviado por Mcn

Ouvindo Chico dias atrás me dei conta de como algumas de suas canções são perfeitas para ilustrar os dias de horror e trevas que estamos vivendo hoje no Brasil. Por exemplo:

Quando vejo deputados e senadores milionários, porque corruptos, invocando a deus para acusar de corrupção uma presidente honesta:

Quando vejo o presidenciável favorito dos brasileiros mais ricos evocando dos infernos um Josef Mengele em seu voto:

Leia mais »

Média: 4.3 (16 votos)

Vai passar

Leia mais »

Média: 5 (8 votos)