Revista GGN

Assine

luta por terra

MST ocupa áreas ligadas a Eike, Henrique Eduardo Alves e sede da Justiça Federal no Maranhão

mst_eike_4.jpg
 
Foto: MST
 
Jornal GGN - Em continuidade às mobilizações realizadas ontem, militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra ocupam áreas ligadas a Eike Batista, ao ex-ministro Henrique Eduardo Alves, e também a sede da Justiça Federal no Maranhão.
 
Na madrugada de hoje (26), 200 famílias ocuparam um complexo de fazendas em São Joaquim de Bicas, na região metropolitana de Belo Horizonte (MG), que fazem parte da empresa MMX, de Eike Batista. 
 
O movimento afirma que as terras estão abandonadas e que sofreram degradação ambiental em razão da exploração mineral desordenada, o que pode afetar o abastecimento de água na região de BH. O MST pede que os órgãos responsáveis fiscalizem a área, e afirma que os crimes ambientais fazem parte de uma “lista extensa” de delitos do empresário. 

Leia mais »

Média: 4 (4 votos)

No Pará, artistas e movimentos sociais se reúnem contra a violência no campo

violencia_no_campo_joao_roberto_ripper.jpg

Foto: João Roberto Ripper

Do Brasil do Fato

 
As atividades visam denunciar a escalada de conflitos que ocorrem no estado paraense, como a chacina de Pau D’Arco

Ao longo desta segunda-feira (19), movimentos populares do campo e de direitos humanos realizam diversas atividades, em Belém (PA), para denunciar a escalada de violência no campo no estado, como a chacina de Pau D’Arco, no sudoeste do estado, quando nove posseiros e a presidenta do sindicato de trabalhadores rurais do local foram assassinados pela polícia, no mês de maio.

Pela manhã, representantes das organizações se reuniram no Palácio dos Despachos, sede do governo estadual, com o vice-governador do Pará, Zequinha Marinho, e autoridades da área de segurança pública, para debaterem o assunto.

Leia mais »
Média: 3.7 (3 votos)