Revista GGN

Assine

novo banco de dados

Temer cortou Bolsa Família de Cícero, que sustenta 5 pessoas com R$ 168 per capita

Jornal GGN - Uma reportagem do porta Gazeta Web mostra os efeitos do "pente-fino" promovido pelo governo Temer no programa Bolsa Família na vida de beneficiários de Alagoas. Ou melhor: ex-beneficiários, porque com as mudanças promovidas pelo novo Ministério do Desenvolvimento Social, a família de Cícero, que tem cinco pessoas, que gera no máximo R$ 168 per capita (quando trabalha 7 dias por semana, ganhando R$ 30), com alguns bicos do patriarca, teve o atendimento suspenso.

Lais dos Santos, mãe de duas crianças, também foi cortada do Bolsa Família. A desculpa foi que sua documentação era insuficiente para permanecer no programa.

O governo Temer anunciou, em novembro, uma nova base de dados para fazer vistorias no Bolsa Familia. Com isso, em apenas um mês, mais de 1 milhão de beneficiários foram prejudicados com a justificativa de que estavam em situação irregular.

Ao contrário do que fazia o governo Dilma - atualizações anuais de cadastro, para evitar prejudicar famílias com falsas sensações de melhoria de renda num mês mais comercial, como novembro e dezembro - Temer quer promover pente-fino no Bolsa Família todos os meses. O MDS já estimou tirar mais 1 milhão de pessoas do atendimento no início de 2017.

Leia mais »

Média: 3 (4 votos)