Revista GGN

Assine

O Globo

Tudo bem plantar provas na casa de Lula, desde que verdadeiras

Reportagem de O Globo reduz a suspeita de que a Polícia Federal plantou documentos na residência de Lula, durante operação de março de 2016, a um debate sobre a "autenticidade" dos papéis
 
 
Jornal GGN - Uma reportagem divulgada pelo jornal O Globo nesta quinta (15) virou mais um capítulo na saga de conflitos alimentados pela velha mídia em relação ao ex-presidente Lula. O jornal reduziu as suspeitas de que agentes da Lava Jato plantaram provas em um dos endereços do petista a uma discussão jurídica sobre a "autenticidade" desses documentos. 
 
A informação, que tem potencial para criar um escândalo e macular as instituições envolvidas na persecução penal de Lula, virou questão secundária. É como se o jornal dissesse que tudo bem plantar provas na casa de Lula. O importante é que o petista não tenha condições de provar que esses documentos são falsos.
Média: 4.9 (29 votos)

Dilma: Globo faz "jornalismo de guerra" misturando denúncia contra PT às malas de Geddel

Jornal GGN - A presidente deposta Dilma Rousseff usou as redes sociais, nesta quarta (6), para repudiar o "jornalismo de guerra" praticado pelo jornal O Globo. O diário publicou em sua capa a foto de malas e caixotes com R$ 51 milhões em dinheiro vivo que foi encontrado pela Polícia Federal em um "bunker" atrubuído ao ex-ministro Geddel Vieira Lima, do PMDB, logo abaixo da manchete que trata de nova denúncia contra caciques do PT por organização criminosa.

Leia mais »

Média: 4.4 (8 votos)

A injusta avaliação de Raquel Dodge pelos irmãos Marinho, por Eugênio Aragão

A injusta avaliação de Raquel Dodge pelos irmãos Marinho

por Eugênio José Guilherme de Aragão

O site de O Globo sugeriu, na data de ontem, que a ida de Raquel Dodge, futura Procuradora-geral da República ao Palácio do Jaburu, fora da agenda de Michel Temer, teria algo de anti-republicano e que a chefe do parquet federal in spe teria sido feita ou se deixou ser feita de menina de recado, para sinalizar à classe política a reaproximação do MP com o executivo golpista. Houve até quem, como voz de oposição, de boa fé, na inocência da ignorância, exigisse que renunciasse antes mesmo de assumir o cargo.

Estamos diante de noticiário interesseiro e manipulador. Não me considero suspeito para falar sobre qualidades da Sra. Dodge, a quem conheço desde nossos estudos de graduação em Direito na Universidade de Brasília. Estivemos quase sempre em lados diferentes, para não dizer opostos, na carreira e antes dela. Não lhe nutro afeição e não faço parte de seu fã-clube. Nem quero fazer parte dele. Pelo contrário, tenho a percebido como pessoa excessivamente ambiciosa, a atropelar tudo e todos quando se trata de realizar seu projeto pessoal. Mas nisso, lamentavelmente, não difere do atual chefe do Ministério Público Federal, que foi desleal, enganou amigos e parceiros e descumpriu reiteradamente sua palavra para se fazer Procurador-geral e querido pela corporação, objetivo, este último, que não conseguiu realizar por completo. Esta, porém, é outra estória e não vem ao caso aqui.

Leia mais »

Média: 4 (25 votos)

Minha resposta a Merval Pereira, por Cristiano Zanin Martins

Minha resposta a Merval Pereira

por Cristiano Zanin Martins

MERVAL PEREIRA hoje dedicou sua coluna diária no jornal “O Globo” para me atacar profissionalmente. A coluna sai no dia seguinte após eu haver publicado na Folha de S. Paulo artigo demonstrando que o juiz Sergio Moro e a Força Tarefa de Curitiba transformaram a Lava Jato em uma operação que usa o sistema jurídico e a mídia para promover uma perseguição política contra Lula.

Coincidência? É evidente que não. Embora no artigo acima referido eu não tenha feito referência expressa à Globo e a MERVAL, o principal porta-voz do conglomerado, ele próprio vestiu a carapuça; não há dúvida de que a Globo e MERVAL estão dentro do conceito de “mídia” que apontei como agente propulsor do “lawfare” praticado contra Lula enquanto principal liderança popular no País.

Como resposta, MERVAL decidiu escrever um texto sorrateiro e infame, aplicando a velha tática de atacar a pessoa e não os fatos. MERVAL diz que prestei “ajuda decisiva” para uma nova condenação de Lula em relação ao processo que trata do sítio de Atibaia – processo inaugurado ontem e cujo desfecho MERVAL já anuncia.

Leia mais »

Média: 4.6 (20 votos)

Dilma rebate O Globo, mais uma vez

Jornal GGN – A assessoria da presidente afastada Dilma Rousseff soltou nota rebatendo o jornal “O Globo” de hoje. O jornal apresenta uma pauta e, na esteira, publica noticiário e opiniões corroborando a tese. Veja a nota a seguir.

*“O Globo” e o jornalismo de guerra*

A propósito do noticiário e das opiniões publicadas nesta sexta-feira, 28 de Julho, no jornal “O Globo”, a Assessoria de Imprensa de Dilma Rousseff esclarece:

1. “O Globo” mente e distorce os fatos, como de costume. O jornal continua fomentando ilações sem fundamento. Não podemos esquecer que deu lastro aos golpistas que, hoje, afrontam o país.

Leia mais »

Média: 4.6 (20 votos)

Governo Temer pode não ter dinheiro para emitir carteiras de trabalho

Foto: Fotos Públicas
 
 
Jornal GGN - O governo Temer pode ficar sem dinheiro para emitir carteiras de trabalho a partir de agosto. É o que informa reportagem do jornal O Globo, após entrevistar técnicos do Ministério do Trabalho que estão preocupados com o corte no orçamento da pasta, que será anunciado no fim desde mês. O Ministério nega, oficialmente, que terá o mesmo problema que o Ministério da Justiça teve com passaportes.
Média: 4 (4 votos)

Marcos Valério teria implicado Lula, Paulo Okamotto e Andrade Gutierrez em delação

Foto: Reprodução

Jornal GGN - O jornal O Globo publicou nesta sexta (21) o suposto teor de um dos anexos da delação premiada de Marcos Valério com a Polícia Federal, que implica o ex-presidente Lula, Paulo Okamotto - ex-presidente do Sebrae e do Instituto Lula - e a Andrade Gutierrez.

Segundo a reportagem, Valério teria relatado à autoridade policial que, em meio ao mensalão, Lula destacou Paulo Okamotto para fazer com o publicitária a interlocução em nome do governo. Foi por meio de Okamotto que Valério teria ficado sabendo que sua defesa seria parcialmente paga pela Andrade Gutierrez.

Leia mais »

Média: 1.9 (12 votos)

Chico Buarque, a Globo que faz a diferença e o fradinho do Henfil, por Luis Nassif

 
Existem o João e seu cunhado Francisco. João, de alcunha Gilberto, é sempre pule de dez; Francisco também Buarque, é uma seta certeira. Um ou outro já consagra a vida de qualquer foca. Basta uma frase, um bocejo, uma poesia do Tejo, um resmungo, um suspiro, qualquer coisa que se extraia de boca de um ou outro, é como a pepita rara bem no fundo da bateia, pouco importa a areia que sempre o editor coloca: quem entrevista o Chico, nunca mais será um foca.
 
Maranhão no fechamento, pensando na roda de sexta, ouve o Ascânio gritar: esqueçam os bacharéis, esqueçam os empresários, deixem Temer e seus sicários, data venia, e os infiéis, esqueçam a malta das ruas, as fontes indignadas, nem me fale em jogadores, em paspalhos ou atletas, parem as rotativas que quero ouvir os poetas chorando gotas de sangue, arrancando os cabelos, quero ouvi-los furibundos, maldizendo Deus e o mundo e a falta de futuro que aguarda seu presidente.

Leia mais »

Média: 4.8 (32 votos)

MPF desmente história de que Janot pediu para grampear Temer

Foto: Marcos Correa/PR
 
 
Jornal GGN - O jornalista Jorge Bastos Moreno reproduziu em sua coluna, n'O Globo desta quarta (7), uma nota publicada por Lydia Medeiros, na versão impressa do jornal, atacando Rodrigo Janot por susposta tentativa de grampear Michel Temer.
 
A jornalista global diz que o chefe do Ministério Público Federal "superou todas as etapas desse cabo de guerra com o governo" e pediu a Edson Fachin a interceptação de Temer, o que teria sido negado pelo relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal.
Média: 5 (2 votos)

Carta aberta do advogado Cristiano Zanin a Merval Pereira

"Avalio, Merval, que o senhor jamais conseguirá esconder um outro verdadeiro “segredo de polichinelo” — o mal que a Globo faz ao País e à democracia"
fotor_3.jpg
 
Jornal GGN - O advogado de defesa do ex-presidente Lula, Cristiano Zanin Martins, divulgou uma carta aberta ao jornalista do Jornal O Globo, Merval Pereira, rebatendo sua última coluna publicada na sexta-feira (21), denunciando a aliança entre a empresa de comunicação e os agentes públicos que integram a Lava Jato para inviabilizar a atuação política de Lula.
 
"As afirmações de Pinheiro, que é corréu na ação e por isso depôs sem o compromisso de dizer a verdade, foram, no entanto, suficientes para que sua coluna concluísse que “Lula é o verdadeiro dono do tríplex e do sítio de Atibaia”. E o senhor foi além: fez ataques diretos e levianos a mim e ao advogado Roberto Teixeira", destacou Zanin, arrematando em seguida que, muito provavelmente, o jornalista da Globo jamais se dispôs a assistir o vídeo da audiência que o ex-diretor da OAS deu à Lava Jato na última quinta-feira (20).
 
"Se tivesse assistido, saberia que Léo Pinheiro respondeu às minhas perguntas dizendo que Lula jamais teve as chaves ou usou o imóvel; jamais manteve qualquer pertence pessoal no local; jamais usou ou teve qualquer título da propriedade do apartamento. Ou seja, Pinheiro ao responder às minhas questões — independentemente da versão que havia combinado para ter sua delação premiada aceita — reconheceu que o ex-Presidente jamais praticou qualquer ato que pudesse indicar posse, uso ou gozo do apartamento, que são os atributos necessários para a configuração da propriedade segundo o artigo 1.228, do Código Civil", completou. 
 
A seguir, a carta na íntegra:
Leia mais »
Média: 4.7 (13 votos)

Sátira ao Globo enfurece família Marinho, por Miguel do Rosário

em O Cafezinho

Sátira ao Globo enfurece família Marinho

por Miguel do Rosário

No dia da mentira e aniversário do golpe de 1964, uma sátira do Jornal O Globo, que circulou em São Paulo, causou uma enorme repercussão, obrigando a próprio Globo e seus satélites a divulgarem a notícia.

O que chama a atenção é a fúria com que o donos da Globo, os maiores traficantes de pós-verdades do nosso continente, trataram uma sátira inocente.

Leia mais »

Média: 5 (7 votos)

Uma métrica para legitimar o arbítrio, por Jeferson Miola

Uma métrica para legitimar o arbítrio

por Jeferson Miola

A edição d´O Globo desta terça-feira 24/01 dedica reportagem de página inteira para construir o argumento da legalidade da Lava Jato. A matéria “Aval supremo” é ilustrada com uma foto [que ocupa um terço da página 3 do jornal] de um Sergio Moro pisando firme no tapete azul do Senado.

O Globo reproduz dados da força-tarefa da Lava Jato – aparentemente sem confrontá-los com qualquer parâmetro técnico-jurídico – e afirma que “os réus perderam em 81,4% das vezes [nos recursos e habeas corpus impetrados no STF], ou seja, em quatro de cada cinco casos”.

Como que querendo constranger e condicionar o juiz que assumirá a relatoria da Lava Jato no STF para assim manter o padrão pró-Sérgio Moro, a matéria anota que “quem relatava os processos da operação no tribunal era o ministro Teori Zavascki” – um herói nacional, nas palavras póstumas de Moro.

Leia mais »

Média: 4.2 (5 votos)

Segundo Noblat, AVC de Marisa Letícia foi provocado por maus hábitos e decisões de Lula

Jornal GGN - Não foi o que a defesa de Lula chama de "lawfare" - uso de instrumentos jurídicos para fazer perseguição, acabar com reputações e interferir na vida política - praticado pela Lava Jato que levou a ex-primeira-dama Marisa Letícia a ter uma crise hipertensiva que desencadeou um AVC (Acidente Vascular Cerebral) na terça-feira (24).

Na contramão do que os simpatizantes do ex-presidente têm comentando na internet sobre a responsabilidade da "República de Curitiba" e outros, o jornalista Ricardo Noblat concluiu que a insistência de Lula em disputar mais uma eleição presidencial e a possibilidade de liderar o PT nessa empreitada são algumas das principais causas dos "incômodos" de dona Marisa "ultimamente".

Leia mais »

Média: 2.2 (13 votos)

Noblat garante que Sergio Moro vai condenar Lula: "Guarde e me cobre depois"

Jornal GGN - Pouco dias após Sergio Moro participar de um evento organizado pelo jornal O Globo, o jornalista Ricardo Noblat publicou em seu Twitter que o magistrado de Curitiba vai condenar o ex-presidente Lula em 2017, mas não haverá prisão antes de decisão em segunda instância. Noblat fez a previsão após ser provocado por um usuário da rede que disse que há tempos o blogueiro não dava um furo.

"Moro condenará Lula no início do ano. Mas não mandará prendê-lo. Satisfeito?", disse Noblat. "A prisão ficará para quando ele for julgado em segunda instância", completou.

Outro usuário duvidou da mensagem de Noblat e respondeu ao jornalista: "O que Moro fará só saberemos quando ele de fato o fizer. Há muita informação falsa rodando por aí." Noblat, então, falou como se pudesse dar garantia do que Moro irá fazer: "Guarde e me cobre depois."

Leia mais »

Média: 1.9 (15 votos)

Globo prepara o terreno para corte na aposentadoria militar, por J. Carlos de Assis

Movimento Brasil Agora

Globo prepara o terreno para corte na aposentadoria militar

por J. Carlos de Assis

Eis que  o jornal O Globo descobriu, em manchete desta quarta-feira, que os militares aposentados são responsáveis, sozinhos, por 45% dos gastos da Previdência Social brasileira.  Ora, isso prenuncia decisões políticas de grandes cortes já que, para os neoliberais que estão no poder, o Brasil não precisa de militares, apenas de polícia. Aliás, a presidenta do Supremo Tribunal Federal, Carmem Lúcia, deixou isso bem claro quando, há pouco, junto com Renan Calheiros e  Michel Temer, convocou comandantes militares para tratar de segurança interna.

O “desperdício” de dinheiro público que se revela no sistema previdenciário militar não para nos recursos humanos. Revela-se também, por exemplo, no virtual sucateamento do projeto do submarino nuclear brasileiro, concebido para defender o pré-sal, e que o juiz Moro está liquidando a canetadas em nome do combate à corrupção. Lá se vão  também, pelo mesmo princípio, o projeto de mísseis do Exército e a renovação da frota de jatos da Aeronáutica. O ataque às Forças Armadas é frontal. A soberania nacional que vá às favas.

Leia mais »

Média: 4.3 (18 votos)