Revista GGN

Assine

UFMG

Universidades federais dizem que só têm dinheiro para manutenção até setembro

Da Agência Brasil

Universidades federais dizem que só têm dinheiro para manutenção até setembro

Sabrina Craide – Repórter da Agência Brasil*

Renegociação de contratos, redução nos cardápios em restaurantes universitários, falta de recursos para manutenção, atraso no pagamento de contas. Essa é a realidade de algumas universidades federais, que reclamam da falta de verbas e do contingenciamento de recursos feito pelo governo federal.

O presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), Emmanuel Tourinho, diz que os valores de custeio previstos para este ano para as universidades não são suficientes nem mesmo para as despesas regulares com energia, vigilância, limpeza, bolsas para os alunos de baixa renda e serviços de manutenção das instalações.

Leia mais »

Média: 1 (1 voto)

Conferência aponta efeitos do álcool e maconha sobre cérebro

UFMG realiza palestra com cientista David M. Lovinger mostrando impactos de drogas sobre condutas habituais e compulsivas 
 
Conferência aponta efeitos do álcool e maconha sobre cérebro
 
Jornal GGN - A Universidade Federal de Minas Gerais irá realizar uma conferência sobre o impacto do uso habitual de álcool e cannabis (comumente conhecida como maconha) sobre os mecanismos neurais. Uma das palestras será ministrada pelo cientista e professor David M. Lovinger, chefe do Laboratório de Neurociência Integrativa do National Institute on Alcohol Abuse and Alcoholism (NIAAA), dos Estados Unidos, em uma atividade como catedrático do Instituto de Estudos Avançados Transdisciplinares (IEAT) da UFMG.
 
A série de encontros ocorrerá nos dias 4, 5 e 6 de junho, a partir das 9h no Auditório Nobre da Escola de Engenharia. Na sua palestra, que será ministrada em inglês com tradução simultânea, o professor Lovinger irá apresentar os efeitos do álcool e do canabinoide (o componente viciante da maconha) no comportamento de primatas e camundongos e, ainda, abordar as condutas habituais e compulsivas realizadas pelos circuitos no cérebro, particularmente no chamado sensório motor e a influência na intoxicação, tanto no consumo habitual de drogas, quanto no seu uso excessivo após períodos de abstenções. Os interessados em assistir as palestras devem realizar inscrições pelo formulário on-line. Clique aqui.
Leia mais »
Média: 3 (4 votos)

Na UFMG, evento celebra os 40 anos do 3º Encontro Nacional dos Estudantes

ene.jpg

Foto: Acervo Projeto República

Jornal GGN - No próximo dia 10 de junho, o Diretório Acadêmico da Faculdade de Medicina da UFMG, em Belo Horizonte, irá celebrar os 40 anos da luta contra a repressão da ditadura ao 3º Encontro Nacional dos Estudantes.

Em junho de 1977, tropas de choque da Polícia Militar atuaram para impedir que os estudantes realizassem o encontro na Universidade Federal de Minas Gerais, cercando o local do evento e prendendo pessoas que pretendiam participar do ENE. Cerca de 400 estudantes foram detidos pela repressão da ditadura.
 
Além do evento na UFMG, outras atividades para celebrar a data, como uma reunião especial na Assembleia Legislativa mineira na próxima quinta (1º) e também uma audiência pública da Comissão de Direitos Humanos, com homenagem aos indiciados na Lei de Segurança Nacional, na próxima terça-feira (6), na Câmara de Belo Horizonte. 

Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

Polícia invade UFMG com tiros e bombas de gás

do Tweeter de Carina Vitral

[URGENTE]

Polícia Militar de Minas Gerais acaba de invadir a UFMG. Entraram atirando e jogando bombas de gás, inclusive contra a creche!

Leia mais »

Média: 2.6 (5 votos)

Em dez anos, UFMG perderia mais de R$ 700 mi se PEC 241 valesse

 
Jornal GGN - A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) teria, em dez anos, menos R$ 774,8 milhões em investimentos do que realmente teve entre os anos de 2006 e 2015, se a PEC do Teto dos Gastos Públicos (241) valesse para aquele período. Os cálculos são da Pró-reitoria de Planejamento e Desenvolvimento da Universidade.
 
O levantamento foi feito para a Universidade de Minas analisar o "efeito devastador" sobre a educação caso a Proposta de Emenda à Constituição 241 for aprovada. Considerando que a medida que buscar criar um "novo regime fiscal" irá amarrar a despesa primária do governo federal - incluindo aí as principais áreas sociais - ao valor gasto no ano anterior, corrigido apenas pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a UFMG divulgou uma tabela comparando quanto foi gasto em cada ano com os repasses da União e quanto seria esse valor se a PEC estivesse vigente.
Média: 5 (4 votos)

Ato na UFMG protesta contra fusão do Ministério da Ciência com pasta das Comunicações

Jornal GGN - Na tarde desta quarta-feira (8), cerca de 300 pessoas participaram de ato no campus Pampulha, da Universidade Federal de Minas Gerais, em protesto contra a fusão do a fusão do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação com o Ministério das Comunicações, e pedindo uma pasta exclusiva e política de Estado para a ciência no país. Participaram do ato servidores, pesquisadores e estudantes da universidade. 

Na abertura da manifestação, foi lida uma nota divulada pelo Conselho Universitário da UFMG que classifica como um "grave retrocesso" a fusão dos ministérios, promovida pelo governo interino de Michel Temer. O reitor Jaime Ramírez disse que a comunidade precisa deixar clara sua indignação com uma decisão "inaceitável". "Precisamos estar preparados para indicar nossa contrariedade com relação a essa nova configuração e resistir, seja como for”, afirmou.

Leia mais »

Média: 4.5 (8 votos)

Juíza proíbe discussão de alunos da UFMG sobre impeachment

Do ConJur

 
por Lenio Luiz Streck

Quarta-feira, 29 de abril, vai ficar na história da Faculdade de Direito dasMinas Geraes. Foi o dia em que a juíza Moema Gonçalves repristinou os decretos 477, 228 e o próprio AI-5. Incrível como o autoritarismo está no nosso sangue estamental. Temos de censurar. Proibir. Impedir que ideias “perigosas” venham a lume. Perigosas para quem? E quem é o Judiciário para fazer a censura das reuniões de estudantes?

Explico: no dia 27 de abril o Centro Acadêmico Afonso Pena, da Faculdade de Direito da UFMG, lançou uma convocatória de Assembleia Geral Extraordinária (AGE) com o objetivo de discutir o momento político vivenciado pelo país. A pauta de convocação da Assembleia elencava os seguintes pontos para discussão e deliberação: 1. Posicionamento político das alunas e dos alunos do curso de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais perante o processo de Impeachment da Presidente da República; 2. Possíveis desdobramentos e medidas a serem tomadas;

Foram fixadas convocatórias em todos os andares da Faculdade de Direito, dando-se a ampla publicidade exigida pelo estatuto (Artigo12 parágrafo 2º do Estatuto do Centro Acadêmico Afonso Pena). Além disso, o edital foi amplamente divulgado pela internet, e representantes do centro acadêmico passaram em sala de aula de modo a se divulgar a reunião e convidar todos os alunos a dela tomarem parte.

Leia mais »
Média: 4.5 (22 votos)

A juíza que proibe assembleias estudantis

 

Alertei recentemente para os riscos de uma ofensiva na Primeira Instância contra direitos básicos. As sucessivas investidas de juízes e Secretários de Segurança contra assembleia estudantis é um sinal preocupante de avanço do fascismo.

Se se permitir esse jogo, em breve não haverá mais liberdade de expressão no país.

  Leia mais »

Média: 4.8 (17 votos)

Cedeplar

Tema

Cedeplar
Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional da UFMG,o Cedeplar abriga os programas de mestrado e doutorado em Demografia e em Economia

O Cedeplar, Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional da Faculdade de Ciências Econômicas da UFMG, foi criado em 1967 como órgão suplementar da Universidade Federal de Minas Gerais. Passou a funcionar a partir do ano de 1968, com a finalidade de abrigar um programa de pesquisa e ensino de pós-graduação em Economia.

Inicialmente voltado para os estudos de economia regional, o Centro diversificou suas áreas de atuação, com a inclusão de novos campos temáticos no ensino pós-graduação em Economia e a criação de um programa de pós-graduação em Demografia. A mesma diversificação caracteriza a trajetória de suas linhas de pesquisas, que incluem uma ampla variedade de temas e abordagens destas duas disciplinas.

Manifestantes de BH acham que minorias já têm "privilégios" demais

Sugerido por LaCosta

Manifestantes são conservadores e a favor da pena de morte

De O Tempo

Os manifestantes que participaram dos protestos deste domingo (12) na praça da Liberdade, em Belo Horizonte, eram em sua maioria eleitores do senador Aécio Neves (PSDB), conservadores e com uma média de idade de 35 anos. Os dados são de uma pesquisa do grupo de estudos Opinião Pública, Marketing Político e Comportamento Eleitoral, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Os números finais estão sendo contabilizados nesta segunda-feira (13), mas, segundo a professora e coordenadora do grupo, Helcimara Telles, já é possível afirmar que a maioria das pessoas que aderiram ao movimento no último domingo na capital mineira é contrária à expansão dos direitos das minorias, antipetistas e que mais de 80% dos entrevistados deram nota zero ao Partido dos Trabalhadores (PT).

Helcimara Telles explica que a intenção do levantamento foi traçar um perfil ideológico do público. Por isso, foram feitas perguntas sobre programas sociais e outros temas polêmicos como, pena de morte, desarmamento e aborto.

Leia mais »

Média: 2.8 (13 votos)

UFMG expulsa aluno por trote racista

 

 

Reprodução

Veteranos aparecem fazendo a saudação nazista ao lado de um calouro amarrado

Jornal GGN - A Universidade Federal de Minas Gerais expulsou um aluno e suspendeu outros três por um semestre em razão de um trote considerado racista. Um parecer de comissão da Universidade, que chegou a investigar 198 estudante do curso de Direito,  foi decisivo para adotar as punições.

O caso ocorreu no início do ano passado e gerou polêmica em razão das fotos divulgadas. Em uma delas, os veteranos aparecem fazendo a saudação nazista ao lado de um calouro amarrado em uma pilastra. Em outra, uma aluna pintada de preto com um cartaz escrito "Caloura Chica da Silva" é arrastada por uma corrente por outro aluno. O reitor da UFMG, Jaime Ramírez, disse que "A Universidade tem uma responsabilidade perante a sociedade" e afirmou que estes atos não podem ser tolerados.

Do Estadão

Estudante da UFMG é expulso por participar de trote racista

Outros três alunos foram suspensos. Punições foram adotadas após parecer de comissão que investigou 198 estudantes de Direito

BELO HORIZONTE - Um estudante da Universidade Federal de Minas Gerais(UFMG) foi expulso e três foram suspensos por um semestre por causa de um trote considerado racista ocorrido no início do ano passado. As punições adotadas nesta terça-feira, 12, pelo Conselho Universitário da instituição foram adotadas com base em parecer de comissão que chegou a investigar 198 estudantes da Faculdade de Direito. Este ano, a universidade editou resolução que proíbe qualquer tipo de trote.

Leia mais »

Média: 5 (4 votos)

Becker Soares: debate está sem fundamento

A falsa polêmica que tem envolvido o livro Por uma Vida Melhor, da Coleção Viver, e o Ministério da Educação (MEC), há quase duas semanas, repercute na mídia de forma a reduzir um debate antigo, no campo da ciência lingüística, ao jogo ambivalente do “certo” e do “errado”. Ainda assim, especialistas se esforçam para explicar, nas aspas que a eles são reservadas, que a intenção do MEC não é promover o ensino do português “errado” nas salas de aula, mas qualificar o processo de aprendizagem da norma culta – uma das formas de linguagens possíveis.

Em entrevista ao Brasilianas.org, a pesquisadora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Magda Becker Soares, afirma que, por trás de tudo isso, há uma discussão de caráter político. “O mais importante é a questão ideológica, que leva as pessoas a avaliar e a acusar, sem ter conhecimento de causa, conduzidas apenas por uma determinada ideologia”, argumenta. Leia mais »

Centenário da Faculdade de Medicina da UFMG

Vídeo intitucional que celebra os 100 anos da Faculdade de Medicina da Universidade Federal Minas Gerais.

Produzido pela Assessoria de Comunicação Social da Faculdade de Medicina da UFMG.