Revista GGN

Assine
imagem de aureliojunior50

CONTEÚDOS DO USUÁRIO

Postagens

O pré-sal, as agências americanas e os colonizados, por Aurélio Júnior

petrobras_p56_divulgacao_ag_petrobras_4.jpeg
 
Foto: Divulgação
 
Por Aurélio Júnior
 
 
O que mais causa espanto não é a capacidade de "entrega" de nossos políticos, aliás TODOS, independente da suposta coloração politica, no geral parece que informam-se pela midia nacional, reagem a ela, não conhecem nada sobre relações internacionais na realidade, muito menos ouvem assessorias qualificadas, nem as de Estado ou externas, um fenômeno que também acontece com nossos formados em "comunicação social" de todos os matizes, em resumo: Colonizados.
 
Quem mais conhece a fundo o pré-sal? Não é a Petrobras, sequer o governo brasileiro, mas duas agências de inteligência americanas, diretamente ligadas ao DNI (Directorate of National Intelligence) e colaboradoras do DHS, as pouco conhecidas NGA e NRO - a tão comentada CIA ou mesmo a NSA, perto destas são "fáceis", aliás, sem a NGA e NRO, a NSA não existiria - NGA (National - Geospatial Agency + NOAA mapearam todo o Atlântico Sul), já a NRO (National Recon Agency) controla todos os satélites de recon - de todas as especialidades - lançados pelos Estados Unidos.

Leia mais »

Média: 4.7 (12 votos)

Sobre a licitação dos serviços de sensoriamento remoto por satélite, por Aurelio Junior

Por Aurelio Junior

Comentário ao post "Xadrez da delação e a dos mineirinhos"

Sensoriamento Remoto:

Não apenas causou espanto e sérias reservas, estas solicitações remetidas não só a Londres (CABE), como também a Washington (CABW), e na realidade - caso jornalistas estudassem mais - foram 2 (DUAS) separadas, uma referente a serviços de sensoriamento remoto, e outra mais interessante referente a instalação de antenas "satelitais" no TN (território nacional), ambas aportaram juntas em 07/12/16, publicadas logo a seguir, e em Washington a previsão era que a entrega das "propostas" (low prices) até 19/12/16 - um prazo exíguo para tais solicitações (nenhuma foi ainda recebida).

É grave, pois pela formatação do requerimento as Comissões (CABE e CABW ), elas foram feitas por pessoas que não conhecem absolutamente nada dos trâmites relativos a aquisições de materiais e serviços de Defesa, muito menos estão a par dos acordos, inclusive comerciais, que o Brasil já firmou nesta área, e validos desde 2015.

Leia mais »

Média: 5 (6 votos)

A repressão da PM no RJ e a invasão da Igreja de São José, por Aurélio Júnior

Por Aurélio Junior

Comentário ao post "Xadrez da teoria do caos"

Na história brasileira ocorreram períodos de extrema repressão, desde Arthur Bernardes, passando por GV/Filinto Müller, culminando na mais recente, a fase  agressiva da Ditadura Civil - Militar após o AI-5.

Mas não recordo, não li, nem tenho referências - mesmo no "Brasil Nunca Mais " - de uma invasão a um templo religioso por parte de policiais, uma ação que ocorreu hoje no Rio de Janeiro, quando PMs invadiram a Igreja de São José, para montar em suas sacadas, pontos de ataque a manifestantes, em sua maioria colegas, servidores publicos estaduais como eles.

A pífia justificativa da PMRJ, sobre a utilização da Igreja de São José, a de proteger suas instalações e entorno - quebrando vidros, detonando sacadas de um bem tombado pelo IPHAN - alem de ridicula é estapafúrdia, era melhor não escrever ( a PM manifestou-se pelo twitter, sem "assinatura" ) nada.

Leia mais »

Média: 5 (5 votos)

Fotos

Sem colaborações até o momento.

Vídeos

Sem colaborações até o momento.

Documentos

Sem colaborações até o momento.

Áudio

Sem colaborações até o momento.