Revista GGN

Assine
imagem de Ricardo Pereira

CONTEÚDOS DO USUÁRIO

Postagens

O pensamento burocrático contra a democracia

Por Ricardo Pereira

O pensamento burocrático contra a Democracia

Hoje,  encontrei  um cara que sei que votou na Dilma e perguntei se ele iria na manifestação que vai acontecer à tarde. Ele perguntou que manifestação e eu disse que era contra o golpe.  Ele ficou estarrecido e perguntou como eu podia apoiar o governo, que ele tinha votado na Dilma mas que não deu certo, que ela foi uma aposta errada do Lula, que ela era incompetente, etc.  E eu respondi que prefiro esperar 2018 do que atropelar as regras democráticas. 

O papo encerrou e fui almoçar pensando na mudança de atitude deste cara.  Ele é um funcionário da administração e representa com perfeição aquela percentagem dos que nunca fazem greve e defendem os interesses do patrão e que caracterizam o pensamento burocrático disseminado no meio publico.  Este tipo de pessoa acredita mesmo na ORDEM, detesta  protestos,  nunca comparecem a manifestações. Para estes, existe um caos administrativo, a abominação total.

Não quero tapar o sol com peneira e sei muito bem que existe situação de desgoverno. Mas a culpa é somente da presidenta?

Desde sua eleição, a Câmara e o Senado sabotaram quaisquer iniciativas de  resolver os problemas econômicos, deixando de votar leis e projetos que permitiriam uma nova etapa de desenvolvimento, além de criar várias armadilhas nas pautas-bombas do Cunha et caterva, além do desmantelamento de diversos programas em andamento causados pela omissão do congresso.

Leia mais »

Média: 4.2 (15 votos)

O Trade-off Eleitoral do PT

Enviado por Ricardo Pereira

Do blog Cidadania & Cultura

Trade-Off Eleitoral do PT e o Esgotamento do Centro Político

bandeira-PT

Conheci Carlos Henrique Santana (INCT/ TU Darmstadt) quando ele defendeu excelente tese — Tese Carlos Santana – IESP-UERJ – Brasil e Índia (click para download). Fui convidado a participar da banca julgadora.

Mantivemos contato. Enviou-me um texto ainda inédito, “saindo-do-forno”, sobre o momento político. Permitiu-me publicar aqui os tópicos ainda em versão preliminar. Como em todos seus trabalhos que li, seu texto está muito bom, fluente e abrangente. Sai do lugar-comum dos cronistas da imprensa brasileira, pois é analítico e não de “denúncia”.

Naturalmente, sempre que leio cientistas políticos, gosto mais da análise política do que da econômica. Talvez isso seja por desconfiar do que beira o “economicismo“: buscar determinações diretas da economia para a política. Porém, ele toma o cuidado de expor muito bem uma série de outros condicionantes da política.

Leia mais »

Média: 4.6 (5 votos)

Senado decide sobre exploração exclusiva do pré-sal

Jornal GGN – O projeto de lei do senador tucano José Serra que propõe alterações no modelo regulatório do pré-sal vai ser votado na próxima quarta-feira pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado.

Leia também: Na surdina, Serra apresenta projeto que desobriga Petrobras de participar do pré-sal

O PL 131/2015 exclui a cláusula da lei de partilha que obriga a Petrobras a participar com no mínimo 30% em todos os campos.

Leia também: Concessão, partilha ou nenhuma das alternativas

Os senadores têm pressa em aprovar o projeto e propõem uma votação conjunta na CCJ, Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) e Comissão de Infraestrutura.

Leia mais »

Média: 1.6 (7 votos)

A guerra fria ao estilo Obama por Andrew Levine -Couterpunch

Prezados, o prof Andrew Levine é pesquisador do Centro de Estudos Politicos.  Vou postar o texto original em ingles. Boa leitura

So Much Danger, So Little ResistanceCold War Obama-Styleby ANDREW LEVINE

Is a new Cold War looming?  It seems so.   This shouldn’t be happening, but it is.

The confusion that followed the end of the old Cold War is one reason why. Leia mais »

Sem votos

O presente do psdb na conta de luz

A conta de luz sofre os efeitos da açao planejada do psdb para prejudicar o povo. Enquanto as empresas hidreletricas que aceitaram o acordo das concessoes com o governo baixaram as tarifas, a Cemig, Cesp e Copel cobram preço de energia termica pelo seu produto.

Vejam reportagem do Brasil de fato Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

A precarizaçao do trabalho nas universidades, por Chomsky

Gente, boa tarde,

a situaçao na gringolandia é um alerta sobre o processo avassalador de precarizaçao das atividades funcionais nas universidades americanas,  que ocorre do mesmo jeito aqui.  Vejam as consideraçoes do Chomsky neste artigo publicado na Carta Maior. Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

PSA nao serve pra determinar cancer prostatico

boa tarde gente,

vi uma noticia no site da New Scientist que deve interessar muito aos homens deste site.

fiquei com preguiça de traduzir, assim, vai em ingles mesmo. Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

Medicos da "mafia dos orgaos de Poços de Caldas" condenados

Boa noite gente. Creio que esta noticia interessa a todos e ao Nassif em particular.

Da Carta Capital

  Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

Novo metodo de obtençao de celulas-tronco pluripotentes

Prezados, acabei de ler uma artigo muito interessante na New Scientist (http://www.newscientist.com/article/mg22129542.500-stem-cell-power-unlea...) Leia mais »

Sem votos

Alston e a terceirizaçao das responsabilidades eticas

Prezados, encontrei um texto bem interessante no Terra Magazine, de autoria de Adriana Salles Gomes, editora-chefe da revista HSM Management onde ela comenta sobre declaraçoes da diretoria da Alston sobre o uso de consultores de vendas como intermediarios em contatos com o governo.  O texto é longo, mas vale a pena ler a analise da atitude cara de pau da empresa...

  Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

baile do Pó royal

Bom dia gente. 

Como a imprensa nao toca mais no assunto, o jeito é fazer uma marchinha de carnaval pra criticar a falta de investigaçao do helipóptero do Perrela.  Em tempo: peguei este video no esquerdopata (SQN)

Vídeos

Média: 5 (2 votos)

até onde vai o oportunismo

A  foto do Lindberg orando junto com o Malafaia joga por terra qualquer simpatia que um dia nutri por ele.  O Rio de Janeiro nao merece um exemplo tao claro de farasaismo.  Tudo que eu desejo agora é que ele tome uma lavada na eleiçao pra aprender a ser decente e coerente.  E se a Dilma estiver pensando em convida-lo pra algum cargo no governo, que pense duas vezes, antes que ele mostre o lado escorpiao.  Concordo inteiramente com o Jean Willys sobre a demonstraçao de falta de carater do mister cara-pintada.  Desprezivel.

Sem votos

tucanagem lutando contra

Autor: 

Bom dia gente. Acabei de ler no Terra que o Aloisio e o Carlos Sampaio pediram ao MPF pra investigar o presidente do CADE por ligaçao com o PT.  Estes dois sempre foram a ponta de lança do governador Alkmin pra atacar o PT, mas este pedido feito pra tentar melar as acusaçoes contra o gov de sp nao vai colar, ja que o caso está na mao do MP-SP e ja foi devidamente divulgado pra que nao haja qualquer  duvida da sua existencia.  Perderam, seus coños!

Sem votos

Mineira decepcionante

Autor: 

Acabei de ler a seguinte perola no terra:

Ministra Carmem Lucia nega a admissao de embargo infringente

"A ministra iniciou seu voto deixando claro que todos os condenados estão tendo o devido processo legal respeitado, inclusive com direito a recursos que já foram analisados pelo Supremo, como os embargos de declaração".  E nem piscou ao dizer tamanha mentira!  Durante o julgamento,  ja foi absolutamente suspeita em seus votos, pois como ministra do TSE, ela aprovou as contas do PT , revelando claramente sua contradiçao. Sem medo de errar:  trata-se de uma demonstraçao de MEDO, que nao condiz com sua condiçao de ministra do STF com cargo vitalicio e todas as benesses correspondentes.  Vou propor uma moçao aos conterraneos pra cassar sua cidadania mineira.  Nao precisamos de outro Joaquim (Silverio dos Reis).

Sem votos

Fotos

Sem colaborações até o momento.

Vídeos

The Flock -Tired of Waiting

Banda com influencias psicodelicas que fez sucesso no fim dos anos 60-inicio dos 70...

Diana Pequeno, uma voz a cantar a poesia...

Sempre amei Diana Pequeno. E hj lembrei dela e resolvi resgata-la. Com vcs uma das minhas preferidas

o baile do po royal

Em homenagem ao mp mineiro que agora resolveu processar os perrelas por uso indevido de dinheiro publico pra custear o helicoca...

Mandrill - Get it all- 1973

Sonzera setentista pro deleite dos amigos do blog

The O´jays- Work on me

Funk de primeira com banda classica. Divirtam-se

Human Natura

Let´s groove-Earth, Wind and Fire

Tete Espindola- Longos prazeres de amor

Olá amigos. este video é minha primeira contribuiçao com o grupo de Cultura do site.

Eu digitalizei o vinil original- Passaros na Garganta- porque a musica é muito linda e desconhecida. Apreciem. Abraços. Ricardo Pereira

Growing Together- Lost Horizon (1973)

Neste dia luminoso, um som que prega a uniao de todos. Abraços do Ricardo

Documentos

Reforma trabalhista, modernização catastrófica e a miséria da República brasileira, por Giovanni Alves

Podemos dizer que a longa e persistente “demolição” da CLT começou em 1964 com o fim da estabilidade no emprego e a criação do FGTS.

Enviado por Ricardo Pereira

do Blog da Boitempo

Reforma trabalhista, modernização catastrófica e a miséria da República brasileira

Por Giovanni Alves

A partir do golpe civil-militar de abril de 1964, o Brasil aprofundou sua integração subalterna à ordem capitalista mundial. O preço da integração dependente à lógica do movimento de acumulação do capital mundial foi a desintegração das condições materiais para a realização das promessas civilizatórias do salariato capaz de combater a profunda desigualdade social que historicamente caracterizou o capitalismo brasileiro. Pelo contrário, o novo regime autocrático-burguês reforçou as características oligárquico-conservadoras do capitalismo brasileiro, ao mesmo tempo que propiciou uma “modernização” identificada como sendo a integração subalterna ao núcleo orgânico do capitalismo mundial liderado pelos Estados Unidos da América e a conservação da estrutura de desigualdade social e concentração de renda. O golpe civil-militar de 1964 foi a travessia do Rubicão da história brasileira, promovendo uma inflexão histórica que demarcaria a civilização (e a barbárie) brasileira das próximas décadas.

Podemos dizer que a longa e persistente “demolição” da CLT começou em 1964 com o fim da estabilidade no emprego e a criação do FGTS. Foi o primeiro passo na direção da flexibilização trabalhista no Brasil. Um passo tímido, mas relevante na época. Apesar disso, a CLT, obra do projeto varguista, se manteve firme e forte por vinte anos (1964-1984). Mais tarde, pouco mais de vinte anos depois do golpe de 1964, a Constituição de 1988, apesar de manter intacto o Estado oligárquico-político brasileiro, sob a pressão do sindicalismo e movimentos populares atuantes na década de redemocratização política, teve significativos avanços na área social, criando, por exemplo, as bases institucionais para o sistema unificado de saúde, seguridade social e garantindo direitos trabalhistas e previdenciários do povo brasileiro.

Leia mais »

Áudio

Sem colaborações até o momento.