fbpx
sábado, agosto 24, 2019
  • Carregando...

    Xadrez de Moro, Dallagnol e Bolsonaro, e a busca do inimigo externo, por Luis Nassif

    A enorme confusão em que se transformou o governo levou o presidente Jair Bolsonaro e o Ministro da Justiça Sérgio Moro, a duas ações...

    TV GGN: opinião do Nassif

    Amazônia, intervenções, milícias: sobram motivos para derrubar Bolsonaro

    Não é normal fazer vista grossa ou desvirtuar as informações sobre as queimadas na Amazônia, colocando a economia nacional em risco diante do mundo

    Destaques do dia

    Estimulados por Bolsonaro, fazendeiros promoveram o dia do fogo

    Do Ministério Público Federal, pelo Facebook Diante dos dados alarmantes recolhidos pelos sistemas de satélite sobre o aumento na devastação em várias porções da floresta...

    Gilmar Mendes admite que condenação de Lula poderá ser anulada

    "O bom resultado não é só aquele que condena. Isso não é correto. A gente tem que reconhecer que devemos ao Lula um julgamento justo”, disse o ministro

    Coluna econômica

    Luis Nassif

    As perdas do Brasil com obras públicas entregues a estrangeiros, por Luis Nassif

    Analisamos o recente acordo com EUA de permitir a livre participação de empreiteiras americanas em licitações de obras púbicas brasileiras

    Últimos Conteúdos GGN

    Multimídia do dia

    As imagens e os vídeos selecionados.

    Clipping do dia

    As matérias para serem lidas e comentadas.

    Fora de Pauta

    O espaço para os temas livres e variados.

    Venezuela oferece ajuda para apagar incêndios na Amazônia

    Em comunicado, Caracas se solidarizou com os povos indígenas e camponeses afetados

    A cortina de fumaça que encobre a Amazônia, por Marcela Rodrigues e Luiz Rodrigues

    As queimadas e incêndios florestais no Brasil alcançam todos os anos grandes grandes dimensões. Segundo dados do INPE, são mais de 300 mil focos de queimadas por ano.

    Com força ou sanções econômicas, potências poderiam intervir no Brasil por Amazônia, diz professor de Harvard

    O que a comunidade internacional poderia (ou deveria) fazer para evitar que um presidente brasileiro equivocado adote ações que possam prejudicar a todos nós?

    Nos EUA, principais embaixadas são indicações políticas

    Trump ainda não se deu ao trabalho de indicar algum nome para ocupar a embaixada dos Estados Unidos no Brasil. Posto ocupado interinamente por William Popp, desde o fim de 2018

    Abertura de terras indígenas para exploração será retirada de PEC 187, após mobilização

    Povos indígenas tiveram semana de luta e venceram importante batalha na Câmara dos Deputados

    O que as baratas podem ensinar ao Tigelino tupiniquim e ao filho de BolsoNero?, por Fábio de Oliveira Ribeiro

    Tanto o filho do presidente quanto o general Villas Boas tratam o Brasil como se o nosso país fosse um território ocupado. No imaginário deles, os interesses e as manifestações de vontade da população brasileira podem ser silenciados ou ignorados.

    Ou FORA BOLSONARO ou o fim do Brasil, por Rogério Maestri

    A destruição da mata Amazônica parece ser a cereja do bolo da destruição de qualquer ideia de um povo com a mínima condição de se governar.

    Vídeos