Após anúncios de ajuda financeira, bolsa fecha em alta de 9,69%

Índice se aproxima dos 70 mil pontos, repercutindo notícias de estímulo mesmo com avanço da pandemia; dólar cai 1,12%, a R$ 5,0808 na venda

Bolsa se aproxima dos 70 mil pontos. Foto: Reprodução

Jornal GGN – O mercado brasileiro de ações acompanhou a trajetória de retomada das bolsas de valores em diversos mercados, e terminou as negociações próximo do patamar de 70 mil pontos.

O Ibovespa (índice da Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo) fechou em alta de 9,69%, chegando aos 69.729 pontos com um volume negociado de R$ 25,646 bilhões.

Em linhas gerais, o clima dentro do mercado financeiro foi de recuperação, mesmo com o avanço da pandemia do coronavírus em outros países – inclusive, com os Estados Unidos estando próximo de ser o novo epicentro da pandemia.

Esse otimismo pelo lado financeiro deve ao anúncio de diversas medidas de estímulo econômico mundo afora, com destaque para o Federal Reserve (o Banco Central dos Estados Unidos) que, pela primeira vez, irá apoiar a compra de títulos corporativos, efetuar o respaldo de empréstimos diretos a empresas e ampliar suas compras de ativos pelo tempo que for necessário para levar os mercados à estabilidade.

Tais iniciativas podem não mitigar os efeitos gerados pela pandemia de imediato, mas vão ajudar a colocar mais dinheiro em circulação e ajudar empresas e fundos a pagarem credores, fornecedores e investidores.

No câmbio, a cotação do dólar fechou em queda de 1,12%, com a moeda comercial sendo negociada a R$ 5,0802 na compra e R$ 5,0808 na venda.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Em plena pandemia, pequenos negócios perdem espaço no crédito, por Lauro Veiga Filho

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome