CDH/OAB-SP divulga nota de repúdio ao fechamento do Atende 2

Em meio à pandemia de coronavírus, Prefeitura de São Paulo programa fechamento de posto de atendimento a moradores de rua para amanhã (08/04)

Jornal GGN – A Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção São Paulo (CDH/OAB-SP) divulga nota de repúdio contra a Prefeitura de São Paulo, que programou para amanhã (08/04) o fechamento do posto denominado Atende 2, localizado no bairro da Luz, voltado para o atendimento da população mais vulnerável da região.

“O equipamento social destina-se ao atendimento dos usuários de álcool e drogas que permanecem no conhecido “fluxo” que usam banheiros (para higienização), recebem alimentação, tem atendimento de saúde e assistência social. É o único local público que a população tem acesso, sendo que seu fechamento representará um total abandono a este seguimento social”, diz a comissão.

Além disso, a CDH/OAB-SP ressalta que o fechamento do posto neste momento “é injustificável” e poderá gerar uma série de conflitos na região. “Sem o ATENDE 2, a população local não terá mais onde obter nenhum atendimento, e, a estigmatização social criminalizada deste grupo de seres humanos não pode justificar ações violentas pelo Município e pelo Estado através de suas forças de segurança”.

“A CDH/OAB-SP entende como legítima as reivindicações e a luta pelas necessidades básicas e mínimas da vida humana, especialmente no momento tão grave, que a humanidade experimenta. Os direitos constitucionais não podem ser objeto de recusa estatal, e, portanto, a resistência é um direito humano universal no qual a Constituição brasileira impõe seu respeito e garantia”, pontua o grupo da OAB.

“A CDH/OAB-SP pede ao Sr. Prefeito São Paulo, Bruno Covas, que se mantenha o funcionamento do ATENDE 2 na Rua Helvetia, 57, e ao contrário, imponha novas medidas socioassistenciais e de proteção a saúde pública a todos os moradores do entorno, com uso de técnica de abordagem humanizadas e manejos profissionais em respeito a condição humana de cada um e cada uma”.

1 comentário

  1. OAB. Obra Prima do Golpe Civil Militar Ditatorial Caudilhista Absolutista Assassino Esquerdopata Fascista de 1930. Nunca se incomodou com Filinto Muller. E não construímos uma Democracia nestes 90 anos? Por que será? Coincidência o atual Presidente da Entidade ser filho de Terrorista Socialista? Afinal estamos na Pátria das Coincidências, não é mesmo? Pobre país rico. Mas de muito fácil explicação. (P.S. E a Moderação, esta continua doutrinária)

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome