Com vídeo “armado”, Carluxo tenta espalhar pânico, por Arnaldo César

O vídeo acima foi colocado nas redes sociais pelo exército de robôs pilotados por “Carluxo”, na tarde da última terça-feira (07/04).

Com vídeo “armado”, Carluxo tenta espalhar pânico

por Arnaldo César

no blog de Marcelo Auler

O “Gabinete do Ódio”, instalado no Palácio do Planalto e comandado por Carlos Bolsonaro – “Zero Dois” para os íntimos e “Carluxo” para os demais -, nunca trabalhou tanto como nos últimos dias. A família Bolsonaro não tem feito outra coisa a não ser disseminar o pânico e provocar discórdias.  Especialmente, entre aqueles que podem ajudar o País na maior crise sanitária de toda a sua história.

O vídeo acima foi colocado nas redes sociais pelo exército de robôs pilotados por “Carluxo”, na tarde da última terça-feira (07/04). Trata-se de uma “armação”. Foi elaborado a partir de uma entrevista coletiva dada pelo chefe do Projeto de Emergência da OMS, Michael Brayn, concedida em 30/03/20. Devidamente editada pelo jornalista de extrema-direita, Trucker Carlson, da rede de televisão norte-americana Fox News. É dele o comentário que deturpa o objetivo da fala do chefe do Projeto de Emergência da OMS.

Continue lendo…

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Como a pandemia tem afetado profissionais já invisíveis para a sociedade, por Mariana Lima

6 comentários

    • motivos não faltam…
      o limite para a livre atuação desses marginais se chama Lei

      mas também pode ser chamado de Moro, porque um ministro da justiça tem a obrigação de saber que não pode haver qualquer tipo de liberdade a partir de um crime, mesmo que seja a liberdade de expressão

      mas Moro é Moro, um retrato em família(?)

  1. SE NÃO É CRIME: manipular e distorcer informações dolosamente (1), afetando erroneamente a opinião pública (2) (até para beneficiar-se delas ou incitar contra terceiros (3)), pondo em risco no caso a vida de cidadãos (4) e pode ser feita indiscriminadamente, inclusive do palácio da presidência da república (5), incluindo seus filhos e amigos pagos com dinheiro público (6) eminentemente para fazer isso conscientemente, incluindo falseamento exponencial de usuários fantasmas (robôs (7))???
    Então o que seria?

  2. Não existe outra alternativa se quiserem parar, de que seja a justiça impedir o funcionamento de contas desta gente. Depois que seus vídeos e áudios se espalham e chegam ao whatsapp, não adianta mais as plataformas retirarem as postagens. Este pessoal já é sem controle e sem decência e agora no desespero, se tornam sem limites. Mas a “justissa” que foi rígida no lavajatismo e agora se mostram os covardes e frouxos que já eram desde aquelas épocas. Vão liberando tudo. Cadê Fux in trast que dizia em 2018 que sobre bloquear fake news? Se estão preparados para o país que vai se desenhando, ok, deixa correr solto. Mas quando o bicho estiver solto, que sejam bons de corrida.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome