Coronavírus inflama disputa de poder e derruba governo no Kosovo

Primeiro-ministro foi praticamente afastado após protestos e ação da oposição

Jornal GGN – É destaque na coluna de Jamil Chade “panelas e coronavírus” derrubaram o governo do Kosovo.

Segundo o correspondente internacionak, o Parlamento votou uma moção de censura ao primeiro-ministro Albin Kurti. “O governo de coalizão ruiu depois que a aliança que formava o executivo se desfez”.

Kurti estabeleceu o confinamento dos 1,8 milhão de habitantes do kosovo sem decretar estado de emergência.

Ocorre que o chefe-de-estado no Kosovo é rival político do primeiro-ministro. Segundo Chade, além da pobreza, o país é marcado por uma forte disputa de poder que envolve os EUA. A Casa Branca não tinha confiança em Kurti.

A pandemia tem sido vista, portanto, como apenas um instrumento da disputa política, que tem como pano de fundo “a decisão do governo de rejeitar um plano de segurança do governo americano, na relação conturbada com a Sérvia.”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  As principais seguradoras de saúde dos EUA relatam grandes lucros, beneficiando-se da pandemia

1 comentário

  1. “A pandemia tem sido vista, portanto, como apenas um instrumento da disputa política,(…)”
    Exatamente igual a aqui!
    Do mesmíssimo jeito.
    Portanto, ao menos num primeiro round vence o trumpismo de Bolsonaro; e não a associação racionais da ciência+democratas do Departamento de Estado via Rede Globo

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome