Coronavírus: SP contrata 4,5 mil leitos da rede privada de saúde

O investimento é de 432 milhões de reais para os leitos de UTI e mais 162 milhões de reais para os leitos clínicos, totalizando 594 milhões de reais

Jornal GGN –  O governador de São Paulo João Doria anunciou nesta quarta (20) um chamamento público para contratar 4,5 mil leitos da rede hospitalar privada exclusivamente para o enfrentamento à pandemia de COVID-19. Do total, 1,5 mil leitos serão de UTI. “Com essa medida, São Paulo praticamente dobra o número de leitos disponíveis para o atendimento ao coronavírus”, disse Doria.

O investimento é de 432 milhões de reais para os leitos de UTI, e 162 milhões de reais para os leitos clínicos, totalizando 594 milhões de reais.

O chamamento público para contratação dos leitos particulares foi publicado no Diário Oficial nesta quarta (20). Segundo o governador, os leitos devem “estar implantados e operando” em 20 dias.

Ainda de acordo com dados oficiais, São Paulo tinha 3,5 mil leitos de UTI no SUS (Sistema Único de Saúde) antes do coronavírus. “Agora, são 1.624 novos leitos habilitados.”

QUARTO HOSPITAL DE CAMPANHA

Doria também divulgou que São Paulo inaugura hoje o quarto hospital de campanha, na favela de Heliópolis, com 200 leitos no total, sendo 24 de UTI. Foram contratados 600 profissionais para atuar no equipamento.

Também estão operando os hospitais do Anhembi, Pacaembu e Ibirapuera. Somados, são 2,440 mil leitos para coronavírus.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Dados de 16 milhões de pacientes de covid-19 são expostos na internet

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome