Doria vai acionar Justiça contra confisco de respiradores

"Se necessário for, entraremos no STF. Mas em São Paulo não se confisca medicamentos e equipamentos para salvar vidas"

Jornal GGN – O governador de São Paulo João Doria (PSDB) afirmou nesta quarta (25) que vai acionar a Justiça contra qualquer tentativa do Ministério da Saúde de confiscar equipamentos e medicamentos que são fundamentais no combate ao coronavírus.

“Havia a notícia de que o Ministério da Saúde centralizaria e confiscaria dos fabricantes os respiradores, todos eles produzidos em São Paulo, fora aqueles importados. Em São Paulo não vamos permitir que isso aconteça. Avisei de forma serena e equilibrada ao ministro Mandetta [Saúde]. Se necessário for, entraremos no STF. Mas em São Paulo não se confisca medicamentos e equipamentos para salvar vidas.”

Doria ainda afirmou que empresários doaram R$ 98 milhões para a guerra contra o coronavírus. Os recursos serão usados prioritariamente na compra de aparelhos respiradores.

Leia mais: Bolsonaro manda para a Itália respiradores que faltam no Brasil

Urgente: Bolsonaro manda para a Itália respiradores que faltam no Brasil

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Donos da Havan e Smart Fit têm sigilo quebrado no inquérito das fake news

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome