Espanha lançará renda básica universal contra coronavírus

Governo quer que a renda básica se torne um instrumento "que permanece para sempre, que se torna um instrumento estrutural, um instrumento permanente"

Do Bloomberg

O governo espanhol está trabalhando para lançar uma renda básica universal o mais rápido possível, como parte de uma série de ações destinadas a combater o impacto da pandemia de coronavírus, de acordo com a ministra da Economia Nadia Calvino. [A informação foi publicada pelo Bloomberg em 5 de abril.]

O ministro da Previdência Social, Jose Luis Escriva, está coordenando o projeto e planeja colocar algum tipo de renda básica “o mais rápido possível”, com o foco principal em ajudar as famílias, disse Calvino, que também atua como vice-primeiro-ministro, em entrevista no domingo à noite com a emissora espanhola La Sexta.

Mas a ambição mais ampla do governo é que a renda básica se torne um instrumento “que permanece para sempre, que se torna um instrumento estrutural, um instrumento permanente”, disse ela.

A Espanha está lidando com o segundo pior surto de coronavírus da Europa, e a pandemia levou o governo a ordenar um estado de emergência, que colocou o país em estado de bloqueio e levou a economia a parar. O governo anunciou uma série de políticas para ajudar trabalhadores e empresas independentes, principalmente pequenas e médias, mas também disse que serão necessárias mais medidas.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  As múltiplas incertezas da volta às aulas

1 comentário

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome