Ford, Mercedes e outras vão produzir máscaras e respiradores contra coronavírus

Montadoras entram na guerra para abastecer hospitais com insumos contra COVID-19

Jornal GGN – Em meio à pandemia de coronavírus e consequente crise no abastecimento de insumos para hospitais, montadoras como Ford, Mercedes-Benz, Fiat, Chevrolet, Toyota, Volkswagen e outras, anunciaram nesta quinta (2) que vão produzir máscaras, respiradores e outros equipamentos de proteção individual para equipes de saúde. Além do Brasil, Argentina, Peru, Colômbia e Chile também serão beneficiados pela produção.

Leia mais: Trump invoca lei de guerra e obriga GM a produzir respiradores

Segundo reportagem do G1, a Ford vai operar a fabricação dos itens com ajuda voluntária de seus colaboradores, a partir das fábricas na Bahia e Argentina. A Cruz Vermelha vai decidir como distribuir as máscaras produzidas. A montadora também pretende recuperar 3 mil respiradores que estão sem uso.

A Mercedes em São Bernardo do Campo anunciou que, em parceria com o Instituto Mauá de Tecnologia, vai produzir respiradores com uso de impressora 3D. Com a UFSCAR, Mauá e Mercedes desenvolveram máscaras de proteção facial. A produção será direcionada primeiro para hospitais da região do ABC.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Governo federal pode descartar 6,8 milhões de testes contra covid-19

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome