Ministério Público recomenda lockdown de 15 dias no Rio de Janeiro

Ideia é suspender circulação de pessoas e carros nas vias públicas e fechas atividades não essenciais ainda abertas

Jornal GGN – O Ministério Público do Rio de Janeiro recomenda ao governo do estado a adoção de lockdown por pelo menos 15 dias contra o coronavírus. A sugestão tem como base estudos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e outras instituições que defendem isolamento total para evitar o colapso do sistema de saúde.

“Essas medidas devem contemplar diretrizes como a proibição de atividade não essencial, como acesso de pessoas a espaços de lazer públicos como calçadões, praças, funcionamento de comércios não essenciais, além da proibição de circulação de veículos nas ruas, nas áreas mais críticas definidas pelo próprio governador e prefeito”, aponta o MP.

As redes de saúde pública e privada operam com taxa de ocupação de mais 90%. A pandemia já gerou 2.050 mortes no Rio e mais de 18 mil casos confirmados.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Coronavírus: casos avançam em pelo menos 12 capitais

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome