Molon: Na primeira oportunidade, Bolsonaro dará um golpe

"O Legislativo que não se engane: esse momento de calmaria do presidente com o Legislativo é passageiro", alerta o deputado federal

Jornal GGN – O deputado federal Alessandro Molon (PSB) disse em entrevista ao UOL que Jair Bolsonaro dará um autogolpe na primeira oportunidade que tiver. A ruptura só foi evitada até agora porque a cúpula das Forças Armadas resistiram, em sua visão.

“Nossa percepção é essa, sim. O presidente, na primeira oportunidade que tiver, tentará um autogolpe para ameaçar tanto Judiciário quanto Legislativo. O Legislativo que não se engane: esse momento de calmaria do presidente com o Legislativo é passageiro. No primeiro momento em que ele se sentir afrontado, ele pode perfeitamente querer usar as Forças Armadas contra o Congresso também”, comentou o parlamentar.

Molon avalia que o Congresso e outros setores da sociedade começar a cair em si, vendo no impeachment a única possibilidade de sair da crise sanitária e preservar as instituições. “O Congresso vai pouco a pouco percebendo que não tem jeito, o presidente da República não vai mudar, ele se recusa a melhorar, a se tornar um presidente melhor, um ser humano melhor. Ele insiste nos seus piores comportamentos, isso vai aumentar a pressão do povo sobre o Congresso”, afirmou.

Nesta semana, Bolsonaro promoveu uma reforma ministerial e trocou a cúpula das Forças Armadas – a chefia do Ministério da Defesa e o comando do Exército, Marinha e Força Aérea. Para analistas ouvidos pelo GGN, Bolsonaro ainda não reúne as condições para um golpe. Mas as falas do próprio presidente dão conta de que ele usará o caos social como motivo para colocar suas tropas nas ruas, em afronta ao combate à pandemia feito pelos governadores.

Leia também:

Vídeo recomendado:

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora