‘Nhonho’: em novo ataque, ministro Salles ofende Rodrigo Maia em rede social

No fim da quarta-feira (28), o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, foi às redes sociais para ofender o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

José Cruz/Agência Brasil

No fim da quarta-feira (28), o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, foi às redes sociais para ofender o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

O ministro respondeu a uma publicação de Maia chamando-o de “Nhonho”, um personagem do seriado mexicano “Chaves” que costuma ser lembrado por apoiadores de Bolsonaro nas redes sociais para ofender o presidente da Câmara.

​A postagem de Maia data do sábado (24), quando o congressista rebateu uma fala de Salles do dia anterior, direcionada ao ministro da Secretaria do Governo, Luiz Eduardo Ramos, chamado pelo ministro do Meio Ambiente de “Maria fofoca”. Além de Maia, o presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM-AP) também foi às redes contra Salles e em defesa de Ramos.

O Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, durante entrevista coletiva.
O Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, durante entrevista coletiva. – © FOLHAPRESS / ANTONIO MOLINA/ZIMEL PRESS
A ofensa do ministro do Meio Ambiente insinuou que Ramos teria servido de fonte para o jornal O Globo em uma publicação que envolvia Salles e a ala militar do governo. A atitude de Salles gerou críticas e reações de membros do governo do presidente Jair Bolsonaro, levando o ministro a se desculpar no domingo (25) e Ramos, pouco antes, a negar que haja uma crise dentro do governo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Marise Ramos: ‘O desafio da política pública é brutal e a sociedade é eticamente obrigada a se comprometer com ela’

6 comentários

  1. ‘Nhonho’: em novo ataque, ministro Salles ofende Rodrigo Maia em rede social

    Bem, a verdade é que todo mundo chama o Nhonho de Nhonho nas redes sociais.
    Ao invés de se ofender ele poderia assumir o apelido, que é até simpático.

  2. Todos se merecem. Inclusive o “Nhonho” que está fazendo o jogo politico e econômico do Bolsonaro. E todos se submetem, em nome da corrupção e enriquecimento pessoal, aos infames que mandam e destroem o país. A melhor imagem deles é o Bolsonaro ranhento, sem hábitos pessoais de higiene, que apareceu ontem nas redes sociais.
    Não adianta jantares regados a vinhos importados do Supremo, não adianta as tratativas dos capos da imprensa com os milicianos do mercado financeiro, não adianta os arrotos do poder militar que faz tremer os enólogos do Supremo, são todos ranhentos porque lhes falta o básico: o refinamento que só o caráter, a cultura e erudição permitem.

  3. A massa ignorante – também conhecida como manada – se “identiifica” com o vocabulário dos ministros de estado (sic) do governo de bozo. São termos escolhidos a dedo para gerar empatia entre os menos esclarecidos. Alguém precisa avisar os “estrategistas” e soocióloogos do Depto de Estado dos EEUU que isso já não convence mais ninguém; afinal, até as manadas acabam por acordar. FORA BOLSONARO GENOCIDA!

  4. A nova Candinha do planalto.
    Fazem rodízio de estrumes para disseminar os “Mexericos bozoides”. Aí bozo entra como “pacificador” e a candinha da hora foge pros EUA abrigado junto a outros bandidos de estimação deste país.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome