Chile: Entre o fim da Constituição ditatorial e o medo de uma falsa transição

Memória de um arranjo de redemocratização que acimentou as estruturas neoliberais ainda não tranquiliza totalmente os que lutam há 45 anos por tempos melhores