Sobrinho de autoproclamada presidente da Bolívia foi preso no Brasil com 480 quilos de cocaína

Afinado com o golpe, o Brasil foi o primeiro país a reconhecer Jeanine Añez como a presidente da Bolívia.

Sobrinho da senadora Jeanine Añez durante prisão no Brasil (Fotos: Gilvan Melo / Montagem)
Jornal GGN – No dia 16 de outubro de 2017, em uma fazenda em Tangará da Serra, em Mato Grosso, Carlo Añes Dourado foi preso com 480 quilos de cocaína. Añes é sobrinho da autoproclamada presidente da Bolívia Jeanine Añez, do partido Democratas.

Afinado com o golpe, o Brasil foi o primeiro país a reconhecer Jeanine Añez como a presidente da Bolívia. Uma senadora que se autoproclamou em sessão no Senado com quórum insuficiente, completando o cenário do golpe em Evo Morales e na democracia.

Ernesto Araújo, chanceler, afirmou em tuíte que a autoproclamação de Añez foi em observância da Constituição do país. Araújo é um dos apontados como apoiadores do golpe de Estado na Bolívia.

No Twitter, o Itamaraty parabenizou a senadora por “assumir constitucionalmente a Presidência da Bolívia”.

“O Governo brasileiro congratula a Senadora Jeanine Añez por assumir constitucionalmente a Presidência da Bolívia e saúda sua determinação de trabalhar pela pacificação do país e pela pronta realização de eleições gerais. O Brasil deseja aprofundar a fraterna amizade c/ a Bolívia”.

O sobrinho da senadora golpista, Añez Dourado, foi preso junto com outro boliviano, Fabio Adhemar Andrade Lima Lobo. A apreensão foi foi realizada em propriedade rural a 387 quilômetros de Cuiabá.

Dentro da aeronave foram apreendidas 14 caixas com 30 quilos de substâncias análogas a cocaína em estado ‘cristal’, considerada forma pura do entorpecente.

Itamaraty Brasil??

@ItamaratyGovBr

O Governo brasileiro congratula a Senadora Jeanine Añez por assumir constitucionalmente a Presidência da Bolívia e saúda sua determinação de trabalhar pela pacificação do país e pela pronta realização de eleições gerais. O Brasil deseja aprofundar a fraterna amizade c/ a Bolívia.

 

Leia também:  Pirataria Inglesa: a guerra econômica contra a Venezuela, por Marcelo Uchôa

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

9 comentários

  1. Nassif: “aí tem…”, diria o saudoso PauloSilvino. Parece, os caras querem compensar aquele carregamento que os espanhois prenderam. Já imaginou a nova rota? Produzem e despacham diretamente da fonte. Excelente estratégia. O Fritador de Hamburger pode até ser “Embaixador” por lá. Melhor que no MacDonalds dos gringos. O novo bordão será — “o Pó acima de tudo e de todos”. As Milícias estão exultantes. O chefe deles vai até ter alta hospitalar, pra acompanhar de perto as transações. Pena agora que a monarquia entra na história os VerdeSauvas serão postos a escanteio. Mas, tá na Bíblia, “quem planta vento colhe tempestade”. Tão colhendo o que plantaram.

    • Tem gente achando que vai ser moleza tirar eles em 2022, eu fico impressionado com a ingenuidade da galera da esquerda, antes achavam que se soltasse o Lula tudo iria mudar, Lula está solto e não mudou coisa nenhuma, agora estão com fé que a tal “frente de centro esquerda” irá destronar a máfia evangélico miliciana do poder…Detalhe importante que muitos esquecem, uma parte gigantesca da chamada “massa popular” é reacionaria, é capitão do mato e pro militarista, a camada progressista brasileira não tem muito campo de poder e de influência, nem logística, nem material, e essa turma que tomou o poder com apoio geopolítico internacional não jogam limpo, não respeitam a constituição, tem a ilegalidade como regra de conduta e já cooptaram as instituições e as FA’$, de modos que a encrenca é bem maior do imaginam por aí…Duas tragédias permeiam a história política e socio cultural desse país; a saber, o messianismo personalista ilusionista, e o salvacionismo evangélico mercenário, ambos fertilizados historicamente pela estratégia da anti cultura sistemática, essas são as duas “drogas” com as quais as “massas” populares sempre esperam sua redenção por aqui…!!

  2. Para o milicianismo brasileiro se autofinanciar, este seria o melhor dos mundo: alguém que afrouxe as fronteiras de lá e outros que facilitem os caminhos de cá. Basta ver que há poucos dias atrás o deputado E Bolsonaro entrou na justiça para que o sargento da aeronáutica, preso na Espanha com os 39 kg de cocaínas não fosse ouvido por teleconferência por uma comissão do congresso brasileiro. Junta-se A + B = C ocaína – a forma mais fácil de enriquecer e poder bancar golpes e crescimento da direita miliciana pelo mundo.

  3. Rapaz, estamos sendo governados por gente com a mais cara desvalada do mundo. Dão um golpe na Democracia na Bolívia e essa gente, desvaladamente, com a mau caratismo do mundo… apoia.

    E ainda tem a cara de pau de falar que “a Democracia venceu”. Quando a realidade diz outra coisa
    completamente diferente.

    Ora, estamos governados por bandidos golpistas. A Democracia do Brasil está sob risco com essa gente.

  4. Tá tudo em casa… É bem capaz de o sobrinho traficante assumir algum cargo no “novo governo” autoproclamado na Bolívia. Não me surpreenderia.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome