TV GGN: Equador em chamas contra neoliberalismo e Moreno culpa “Correa e Venezuela”

Chefe de Estado continua sua ofensiva contra as manifestações, mesmo tendo reiterado respeito pelo direito à mobilização.

Jornal GGN – Enquanto os povos indígenas declaram ‘estado de exceção’ no Equador, o Chefe de Estado continua sua ofensiva contra as manifestações, mesmo tendo reiterado respeito pelo direito à mobilização. Os vídeos enviados ao GGN mostram a repressão policial em cima do povo.

Lenín Moreno culpa o povo, que quer derrubar seu governo e quebrar a constitucionalidade do país, bem como o ex-presidente Rafael Correa por orquestrar uma conspiração e, é claro, que Maduro, da Venezuela, ativou seu plano de desestabilização com Correa.

Ele não considera que o que ocorre é insatisfação absoluta com os rumos da economia e política do país. Lenín continua na defesa intransigente do Tarifazo, que eliminou subsídios dos combustíveis.

A repressão do Exército se intensificou depois que os indígenas da Confederação das Nacionalidades Indígenas do Equador (Conaie), que integra cerca de 200.000 pessoas, estão próximos de tomar a capital junto com outros movimentos populares que rejeitam medidas econômicas. Leia, ao fim da matéria, o comunicado do Conaie.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  O protesto indígena popular que parou o Equador

8 comentários

  1. Um presidente quando dobra o preço da gasolina ou é um idiota por achar que não teria reação popular ou fez isso pra gerar o caos e ter desculpa pra pedir plenos poderes.

  2. enquanto o Equador arde em chamas, no Brasil só cinzas…

    lá um ex Presidente conclama o povo às ruas, aqui Lula anestesia o movimento de massas em nome de um pacto das elites para enterrar a Lava Jato: “com o Supremo com tudo”.

    na Guerra de Famiglias, o país e a população são as principais baixas – mas não “em combate”, e sim “sem combate”.

    apenas o povo nas ruas é capaz de derrotar o austerícídio, seja no Equador ou na França. nesta Macron foi obrigado a recuar em apresentar um 10o. orçamento consecutivo marcado pelo austericídio.

    link:

    https://www.presstv.com/Detail/2019/10/05/607962/Yellow-Vests-want-more-than-end-to-austerity-budgets

    a insurreição no Equador via Twitter:
    https://twitter.com/search?f=tweets&vertical=default&q=%23ElParoSigue&src=typd
    .

    • Presta atenção: ninguém precisa de líder pra se rebelar. Se o povo daqui não vai pra rua é porque é covarde ou conivente com o governo de merda que elegeu. Se nossos políticos não prestam, nossa sociedade civil é uma tragédia.

    • Em trecho de mensagem a seus compatriotas no twitter, do auto-exílio em Bruxelas e não de dentro de uma prisão política em seu país, diz Rafael Correa:

      “O dano ao país é imenso. Não só ao interior, mas sim a seu prestígio internacional. Nunca se esqueçam do papel da imprensa e dos cúmplices desta ditadura. Nebot, Lasso, Bucaram, a esquerda falsária. Por ódio e temor a Correa, permitiram o pior governo da história.

      Agora, nos chamam de golpistas, mesmo que quem sempre tenha destroçado a Constituição e a democracia sejam eles. Dois anos depois da pior perseguição política, entendamos que aqui não há golpismo. Conflitos na democracia se resolvem nas urnas. E é precisamente o que pedimos, em estrito apego à Constituição, que permite adiantar eleições em caso de grave comoção social, como a que estamos vivendo. O problema é que sabem que a resposta que dará o povo, nas urnas, será mais contundente do que a que estão dando nas ruas”.

      https://twitter.com/MashiRafael/status/1181566684559265792

      De acordo com a BBC Brasil, o ex-presidente teria declarado à Reuters:

      “(É absurdo) dizer que sou tão poderoso que com um iPhone em Bruxelas eu poderia liderar os protestos […]. A realidade é que as pessoas não aguentavam mais.[…] se necessário, voltarei. Eu teria de ser candidato a algo, por exemplo, a vice-presidente”.

      https://www.bbc.com/portuguese/internacional-49977948

    • “Lula tá preso idiota” palavras do valente parisiense. Tem jeito não obsessão por Lula e falica, só Freud explica

  3. TIVESSEMOS UM 10% DOS CULHÕES DOS LATINOAMERICANOS (NÓS NÃO SOMOS) ESTA QUADRILHA GOLPISTA/ENTREGUISTA ,NUNCA TERÍA CHEGADO AO PODER.
    DESCANSARÍAM NO SONHO ETERNO SE OUSASSEM INTENTA-LO.
    (mas,somos brasileiros)

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome