A oposição quer a violência política, por Aldo Fornazieri

A oposição, liderada pelo PSDB de Aécio Neves, está gerando no país um clima de violência política, até mesmo de guerra civil. É preciso distinguir claramente a crítica democrática aos erros políticos e econômicos do PT e do governo e as exigências de que as investigações sobre atos de corrupção sejam feitas e os responsáveis punidos, da critica que incita a violência, o sectarismo, o ódio, a exclusão e a perseguição política que alguns líderes da oposição pregam e que ativistas a praticam nas ruas e em outros ambientes. Se a fanfarronice irresponsável do presidente da CUT merece o repúdio, maiores repúdios merecem declarações irresponsáveis de líderes políticos da oposição quando usam uma linguagem de ódio e de exclusão política do PT e os atos de crescente violência sofridos por petistas em diferentes ambientes sociais. Tal como no passado o PT foi cobrado pela violência de setores dos movimentos sociais, agora o PSDB e outros partidos de oposição precisam ser cobrados pela violência política crescente de oposicionistas.

O atentado a bomba contra o Instituto Lula, a invasão e incêndios de sedes do PT, a interpelação violenta que o prefeito Haddad sofreu na Avenida Paulista, a violência sofrida por militantes petistas durante a campanha eleitoral e subseqüentemente e as hostilizações igualmente violentas que ex-ministros e ministros vêm sofrendo em restaurantes e nas ruas, são fatos que compõem um cenário de violência política em processo de generalização e que não podem ser circunscritos à normalidade democrática. O boneco inflável, com a caricatura do ex-presidente Lula na condição de presidiário, também é um ato de violência que suscita provocação é ódio. É estranho que a consecução dessa provocação seja protegida pela Polícia Militar de São Paulo.

Há que se lembrar que os indicadores sociais e econômicos do segundo mandato do governo FHC eram bem piores dos indicadores atuais. Nem por isso, a PT e a oposição de então foram para um jogo do tudo ou nada, de golpe a qualquer custo, como está promovendo a oposição de hoje. Nem se disseminou o ódio contra FHC e os líderes do governo como vem se disseminando agora. Pelo contrário. O PT barrou em seu congresso nacional o “fora FHC”.

Leia também:  Lalo Leal: Aos 70 anos, TV brasileira tem pouco a comemorar

Registre-se ainda que a  corrupção de agora não é nem menor e nem diferente da corrupção dos tucanos. Ou não há uma farta documentação levantada pela Polícia Federal e pelo Ministério Público mostrando a corrupção do Banestado, com as famosas contas CC5? Ou não há inúmeros outros casos de corrupção envolvendo o PSDB e outros partidos de oposição que nunca foram apurados? Nem por isso se pregou a extinção do PSDB como está se pregando a extinção do PT agora. Fala-se que a corrupção da Petrobrás envolve a soma de R$ 21 bilhões. No caso do Banestado, comprovadamente, foram enviados R$ 19 bilhões para fora do Brasil ilegalmente, na segunda metade dos anos de 1990.

Desde 2014, em várias ocasiões, Aécio Neves pregou a necessidade de “tirar o PT do poder”, em linguagem suficientemente ambígua a ponto de que essa afirmação possa ter várias interpretações. Após ser derrotado nas eleições do ano passado, Aécio afirmou em entrevista que foi “derrotado por uma organização criminosa”. Ora, uma coisa é dizer que o PT se corrompeu enquanto instituição política. Outra coisa é dizer que o partido é uma organização criminosa. Trata-se de uma afirmação grave, pois generaliza a acusação para todos os membros do partido. Se é verdade que dirigentes e políticos do PT se corromperam, o fato é que a maioria esmagadora dos membros do partido são pessoas honestas. Se qualquer partido corrupto é uma organização criminosa, o que não é verdadeiro, o PSDB também o seria. Mas tal como os petistas, a maioria esmagadora dos tucanos são pessoas honestas.

Leia também:  Lalo Leal: Aos 70 anos, TV brasileira tem pouco a comemorar

Responsáveis por esse clima de violência política são também Carlos Sampaio, líder do PSDB na Câmara, e Ronaldo Caiado, deputado do DEM. Sampaio sugeriu a extinção do PT, numa clara declaração de guerra política ao partido e de incitamento à perseguição dos petistas. Ronaldo Caiado afirmou que “Lula tem postura de bandido”, uma declaração de evidente criminalização do ex-presidente. As conseqüências violentas da irresponsabilidade das declarações desses líderes se fazem sentir no dia-a-dia de relações políticas cada vez mais hostis que se disseminam na sociedade e no crescimento de atitudes fascistas que se arvoram o direito de decidir o jogo  político pela violência. O fato é que as vozes da sensatez e da razão escassearam na oposição e as que sobram estão mudas. Mas diante dos riscos da generalização da violência política, a omissão poderá se tornar cúmplice do advento de um cenário de conflitos sectários na política brasileira.

A Retórica da Violência e a Busca do Poder

Na história política, em regra, a retórica da violência sempre precedeu a violência efetiva. A retórica da violência é como a preparação do terreno para que as sementes da violência propriamente dita sejam semeadas. É isto que alguns líderes da oposição vêm fazendo. No passado, diferentes grupos políticos buscaram instrumentalizar o uso da violência política em ambientes democráticos em nome da legitimidade de determinadas causas. Mas a consolidação da democracia como meio pacífico de solução de conflitos bloqueou as demandas de legitimidade desse tipo de retórica.

Aécio Neves sequer pode reivindicar uma causa legítima para si. Não pode apresentar-se como líder de uma cruzada moral para limpar o Brasil da corrupção. Ele mesmo consta como alguém que recebeu propina dos esquemas de corrupção da Petrobrás, conforme relataram delatores da operação Lava Jato. Tal como a campanha de Dilma Rousseff, a campanha do tucano também recebeu milhões de reais das empreiteiras envolvidas no escândalo.

Leia também:  Lalo Leal: Aos 70 anos, TV brasileira tem pouco a comemorar

As instituições da Polícia Federal, do Ministério Público e da Justiça vêm investigando, prendendo e julgando sem que sofram qualquer constrangimento do governo. Quem quer forçar a mão, pressionando a Justiça, é o PSDB de Aécio Neves, que quer anular as eleições de 2014 para que o mesmo tenha uma nova chance imediata de ser presidente. Na democracia, quem decide quem governa é o povo, não os tribunais. A soberania das eleições não pode ser judicializada ao sabor de candidatos derrotados.

O PSDB de Aécio Neves desenvolve duas táticas atualmente: 1) estimula a violência política e se alia grupos belicosos como o Movimento Brasil Livre, Revoltados Online e SOS Forças Armadas, e; 2) quer forçar um golpe pela via dos tribunais, contando com o apoio faccioso e partidarizado do ministro do STF Gilmar Mendes. Movido pelo inconformismo em face da derrota eleitoral e pela ambição pelo poder, Aécio Neves não se limita sequer diante dos riscos da generalização da violência política e da desestabilização institucional do país. Independentemente das críticas que se possa e se deva fazer ao PT e ao governo, a crise política precisa parar. Precisa parar, pois ela está provocando um alto custo na economia e no emprego dos trabalhadores brasileiros. Aécio Neves e os setores da oposição que o acompanham precisam ser responsabilizados pelo agravamento da crise e pela incitação à violência política.

Aldo Fornazieri – Professor da Escola de Sociologia e Política de São Paulo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

37 comentários

  1. Essa situação atual me causa

    Essa situação atual me causa tristeza porque alguns setores da elite nem fazem idéia do que seja uma guerra civil, nunca viram isso no Brasil, parecem acreditar que basta fazer passeatas e manifestações pacíficas para derrubar o governo.

    Será que as madames, os mauricinhos e as patricinhas terão coragem de lutar até a morte ?

     

     

    • Eles fogem antes pra Miami…

      Lembra do que aconteceu em Cuba? No momento que a revolução estourou todos os riquinhos do país fugiram pra Miami e abandonaram seu país, sem lutar! E lá na Flórida ajudam até hoje a sustentar o que há de mais reacionário na política americana como aquele irmão do Bush…

    • Quando o PT fez isso?

      Quando os que criticavam FHC ( que faço questão de distinguir dos integrantes do PT ) fez isso??? Não sei qual a sua idade e não posso saber se você estava presente às manifestações e críticas da então oposição ao governo do PSDB de FHC mas eu, que presumo ter uma boa memória e ser bem informado, nunca testemunhei, ou vi fotos ou vídeos, de pessoas protestando contra FHC com bonecos infláveis, Banners de plástico encomendados em gráficas pedindo a morte de políticos do PSDB, nem de militantes de vermelho dando surras em defensores de FHC e muito menos de pessoas intimidando e ofedendo integrantes do governo FHC em espaços públicos. Se você tem tanta certeza assim que fatos como estes aconteceram nas manifestações de repúdio a FHC apresente as provas. Sair falando coisas na internet é muito fácil mas apresentar as provas pode ser até difícil ou mesmo impossível. 

      Portanto caro Gabriel, se você não quer cair no ridículo, busque as provas para sustentar o que você afirma. Se apresentá-las eu terei a humildade de admitir minha ignorância e o erro das minhas colocações aqui. Caso contrário seria melhor você avaliar as suas motivações e sua ética no momento de escrever em um blog sua ideias !

      • É que a folha encontrou uma foto

        De uma manifestação da CUT, que promoveu uma “malhação do FHC”, com um boneco gigante do então presidente.

        Engraçado é que não apontam muito as diferenças na reportagem: o boneco de FHC foi criado justamente para “malhação”. Não era utilizado em protestos pelo país.

        A manifestação é referente à Pascoa (11 de abril de 1998), ou seja, época da “malhação de Judas”.

        Ah, sim, no final da reportagem comentam sobre uma grande quantidade de bonecos que serviram para “malhações”, sempre no período da Páscoa.

        O boneco do Lula não foi criado com essa intenção (malhação de Judas), o que a reportagem não aprofunda, claro.

        A folha arrumou uma reportagem para os que odeiam o PT possam responder às críticas feitas ao tal boneco do Lula.

  2. Causa-me estranheza e

    Causa-me estranheza e indignação ver um extremista abordar um político qualquer ou membro de governos, ou ex servidores públicos em ambientes públicos e privados, molestando-os com clara violência sem que ninguém tome providências.

    As instituições no Brasil (polícias, MP e justiça) se acoelharam diante da imprensa. Tornaram-se comparsas do jornalismo venal, dos métodos nazistas de intimidação e da conquista de espaços políticos por meio do ato violento. Tudo somente prospera ou encaminha-se, se houver a chancela, mais particularmente da GLOBO. E a empresa dos Marinhos lidera claramente o apoio a esses atos fascistas travestidos de liberdade de expressão.

    Creio que estejam aguardando um cadáver para se “escandalizarem”. O golpe, talvez, demande um João Pessoa, ou um major Rubens Vaz. Toda essa concessão aos desajuizados tem um propósito muito bem definido. E, isso, nos dá a dimensão do quão trágica a história se repete, hoje, no Brasil.

    • Cadáveres já existem aos

      Cadáveres já existem aos montes nas áreas periféricas de nossas cidades, vide os casos recentes de Osasco e Barueri em São Paulo

  3. Pobre Brasil. De um lado, uma

    Pobre Brasil. De um lado, uma presidente absolutamente amadora,com uma inabilidade política e uma incompetência na área econômica que deixa até um economista experiente como Delfim Netto de queixo caído; e do outro, uma oposição sem um mísero projeto de país e querendo de todo o jeito tirar Dilma do cargo. Nossa oposição não tem projeto – mas, até conforme o texto do Aldo, tem um projétil apontado para Dilma – sendo que o jagunço do momento é Gilmar Mendes, tomando o lugar do Eduardo Cunha.  

     

    • se voce fosse bom leitor  nao

      se voce fosse bom leitor  nao  diria  que  a presidente deixou  o Delfin de queixo  caído e sim  que ele   condenou a  atual politica   e  jsutamente  a  que  foii  imposta   para que a presidente pudesse  respirar um pouco  porque os meio de comuinicaçao  e  extrema direita  agentes da CIA  espalhados em todo o Brasil  estavam  distribuindo dinheiro  para  que  grupos  facistas  fossem para as ruas  para  derrubar a Presidente.  Nao conseguiram  mais ela  teve que  recuar  tirou  Mantega  e botou um  capitalista  que  atende  aos  interessxes dos  EUAS. 

      Hoje  a Presidente  nao presta  porque  deixou que eles tomassem conta da economia,  antes  nao prestava porque  nao deixava  que  os  grandes  oligopolios    facistas   agioteiros  e urubus   nao metesse  o bico na nossa economia  e do mesmo modo  voces   metem o pau.  

      A presidente  nunca vai prestar para  essa  gente  canalha,  que  so pensa  na  escravidao do  Brasil.  caia  na  real, 

  4. A história fará o julgamento

    A história fará o julgamento desta gente, assim como fez o julgamento de Joaquim Silvério dos Reis, assim como fez o julgamento dos moralistas de 1954 e 1964. Mas sabe qual é o problema? Muita gente não gente não está mais com paciência para esperar o julgamento da história porque ele não servirá pra nada depois que o leite (ou o pré-sal…) tiverem sido derramados. A “emboscada” e o “atentado” contra o boneco inflável (que custou caro, quem pagou?) já são sinais de que o limite de tolerância foi atingido. Mídia, setores do estado, políticos da oposição, governos estaduais de oposição serão responsáveis pelo que vier a acontecer caso continuem se omitindo, protegendo ou colaborando com os golpistas.

  5. A colaboração dos
    A colaboração dos incendiários da imprensa não pode ser esquecida. A cheer lider da massa cheirosa disse que se o Lula apresentar de fato sua candidatura vai haver uma carnificina. É uma interdição antecipada de uma candidatura? É uma ameaça a Democracia? Ou é simplesmente o exercício da liberdade de imprensa, do direito de informar, antecipadamente, o que irá acontecer? De fato a violência já se espalhou e o autortarismo é uma realidade. Escutem o aviso da cheer.

  6. Farta doumentação

    Prezado professor, se é fato que existe farta documentação sobre a corrupção nos anos 90, eu devolvo a pergunta com mais uma: 1. Por que a policia federal e o ministério público não investigaram? 2. Por que o PT estando no governo há 12 anos não fez uma devassa nesse assunto e até na própria dívida pública que só nos últimos 2 anos aumentou 40%?

    • Estas são duas das poucas

      Estas são duas das poucas perguntas que as bases do PT gostariam de ver respondidas. Lula, em nome da democracia e da gobvernabilidade, jogou o lixo para debaixo do tapete. Poderia ter feito nos primeiros anos de seu governo uma auditoria nas contas do governo e mostrar ao povo que não havia pego um país em mar de rosas. MAs isso já é passado e, talvez, até você mesmo já sabia destas respostas!!

    • O nosso amigo Cesario parece

      O nosso amigo Cesario parece  que  desconhece  a força   da  força   facista que  esta por traz, desconhece  tambem  que infelizmente   nosso judiciario  esta  quase  todo  corrompido  e os poucos que  defendem  uma  investigaçao  rigorosa  contra  o PSDB  e todos  aqueles  que  saquearem os cofres  públicos  nao  tem  força  suficiente  porque  a  nossa  infeliz   extrema  direita  tambem tem  interesse  em esconder os malefeitos  que inclusive   vem  do  proprio  tempo  da  ditadura  e que  jamais  permitem ser investigados, Comoi eles  temos  tambem  a  espionagem americana   pronta para  abafar os  escandalos  contra  aqueles  que  defendem os  interesses dos EUA. sao milhares  de espioes  americanos  infiltrados  em  varias  repartiçoes  e empresas privadas  trabalhando contra o  atual governo. 

      Me mostre  uma  investigaçao que  começou   contra o  PSDB  ou seus  politicos  que  levou  eles para a cadeia? So conheço o caso de  Cassio  Cunha  Lima   que foi  cassado e preso  mais que  nao  ficou  nmem sequer  1 mês  na cadeia,  Varios  prefeitos  ladroes   que  nem sequer foram  cassados  e os que foram  estao ai  a solta. porque  no STF  tem  Gilmar  Dantras mendes  Cristina  Abdelmassih  para  solta-los  a qualquer hora da madrugada  como foi oi  caso de  Daniel Dantas  do medico estuprador  e  da  Cristina  a funcionaria  da receita  que   sumiu com  o  processo da Globo. 

      Enquanto  nao se   acabar com essa  rede  de  vagabundos  ladroes  nos  3 poderes  da  republica liderados pelo  PSDB, PMDB(PARTE)  PPS  DEMOCRATAS  E  PP  este  ultimo  uma  ramificaçao  do PSDB  liderado pelo titio de  AECIO Neves ,nao  vamos poder  ter um governo  estabilizado. é preciso se colocar  essa corja  de  vagabundos  atraz  das grades, 

  7. Lembro que, em entrevista ao

    Lembro que, em entrevista ao Valor antes da campanha eleitoral do ano passado, o presidente do PT, por conta da saída do PSB da aliança, disse: a eles (PSB), não vamos tratá-los como inimigos (!!!!). Alguém quer comentar?

  8. O que é assustador é o clima de normalidade…

    O que é assustador é o clima de normalidade. As pessoas comuns tem convivido com relativa conivência com os abusos cometidos por essa direita atávica. E essas manifestações contra o governo só tem alimentado a ambição desses grupos radicais de direita. Infelizmente, muitas das pessoas que participam dessas manifestações não tem noção do monstro que estão alimentando e criando.

  9. O que revolta a oposição é a

    O que revolta a oposição é a sensação de “jogo roubado” nas eleições, pelo uso desenfreado da máquina pública e de mentiras deslavadas. Ou alguém acredita nessa lorota do “eu só soube em novembro”? Quem rouba no jogo, anula…

  10. Na minha opinião, tudomisto

    Na minha opinião, tudomisto pode ser  jogado nas costas do zé.

    Se desde o inicio estes criminosos tivessem sido reprimidos isto não estasria acontecendo.

    Tudo isto se deve a leniência da justiça.

    Provavelmente o nazismo e o facismo começaram assim. Com pequenos atos que sem a reação de quem deveria reagir, foram crescendo até se tornar impossível mantê-los onde sempre deveriam ter ficado: no lixo da humanidade.

    Republicanismo não é permitir que crimes sejam cometidos. Deveria se o respeito as regras democráticas. Mas, acho que o PT confundiu as coisas e o preço a pagar será muito alto.

     

  11. fico  admirado quando alguns

    fico  admirado quando alguns  defendem que  houve  erros  na politica do governo, quando sabemos  que  a politica  estava correta assim tambem disse  DELFIN  NETO, e  eu assino embaixo.  Agora sim  que ela  esta errada  mais  antes  nao  tinha  nada de errado  podia  sim precisar  de  alguns ajustes  é  natural, mais  errada? errada?  coisa  nenhuma. Isso é conv ersa de jornalista  metido a  economista  nao  me  refiro aqui  ao Nassif  mais  aos  jornalistas  da globo  estadao Folha de  Sao  Paulo  que  viviam  metendo o  cassete  na politica do  governo acuando o  governo para tirar  Guido mantega  e  colocar um capitalista  que  nunca  defendeu os interesses do  Brasil.  

    Veja  as pitadas de  CATANHENADA,sempre  a  favor  do capital,  da  abertura  da economia  para os  agiotas  de plantao do FMI,  do  aperto monetario, alta  de juros   desemprego,  etc  nunca  foram  pitadas  as favor  do  povo  do Brasil.  

    • É isso mesmo, amigo Tadeu.

      É isso mesmo, amigo Tadeu. Nada estava errado e foi muito o que se fez antes que a crise chegasse com uma força maior. Por isso mesmo ela não está sendo tão terrível como seria se as medidas anticíclicas não tivessem sido tomadas, como queriam os tapados neoliberais. O que se vè na imprensa e nos pintassilgos da oposição é um oportunismo escandaloso cometido por gente inescrupulosa contra um país – seu país – que está sofrendo algumas graves dificuldades dado quase que exclusivamente ao rebote de problemas de conjuntura internacional. São vermes inescrupulosos e oportunistas políticos da pior espécie.

  12. Incentivo ao Crime e a Repressão Judicial

    Movimentos de incentivo à golpe de estado deixou de ser crime no Brasil?

    O que está acontecendo é inadimissível frente a inércia do Zé da Justiça e do MPF e da própria omissão do governo Alckmin e do MPE!

    Estamos vivenciando um movimento de provocação da direita golpista, com apoios de uma classe de políticos corruptos e da mídia comprada a peso de ouro, contra a democracia, governo Dilma e membros do PT e esquerda em geral! 

    Até quando será tolerável? Na medida em que o Estado no dever de proteger os cidadãos omite seu papel, forças desestabilizadoras da paz social se apregoam e se juntam para derrubar um governo legítimo, sem contraponto da Justiça e das autoridades constituídas. É omissão demais!

  13. Pois é, mais um motivo para

    Pois é, mais um motivo para colocar o playboy na cadeia. São muitos, desde dirigri bêbado sem carteira, bater em mulher, até fazer apologia da violência política e extermínio de adversários. Aquele outro, o de fazer uso de determinada substância, eu não incluo porque sou a favor da descriminilização das drogas. Viva o Mujica! 

     

  14. Se eles querem medir forças,

    Se eles querem medir forças, que seja.

    Já aviso de antemão que ninguém vai ganhar, vamos todos perder, nós eles.

    Mas não iremos para o abate de boca calada e sem reagir.

    Na minha opinião, esse falastrão do Revoltado On Line, deveria já estar preso por apologia ao golpe de estado e à violênica.

    Provas não faltam, existem aos montes no Youtube.

    O que precisamos é de um Ministro da Justiça atuante e menos covarde, para mover uma ação contra estes sujeitos, baseado na Lei de Segurança Nacional.

      • SE necessário, sou sim.
        Todo

        SE necessário, sou sim.

        Todo ser humano possui dentro de si, o instinto assassino, basta que seja provocado a ponto de libera-lo.

        Uns, precisam de poucos estímulos (eu diria nenhum) e outros, é necessário grandes estímulos, porém, todos indiscriminadamente podem virar potenciais assassinos.

        O que este bando de imbecis pregadores da violência esquecem é que o “outro lado” também pode reagir a altura e até com mais violência ainda, se for devidamente provocado.

        Torço para que isso nunca chegue a acontecer, mas, se porventura se tornar uma realidade, certamente nós “o outro lado’ não ficaremos imóveis esperando o cacete ea í, meu camarada, todos nós perderemos.

        Basta que miremos no que acontece no Oriente Médio e na Ucrânia, com as divisões devidamente provocadas por Washington….

  15. A oposição quer a violênica politica

    É um novo movimento surgindo, o MSP (Movimento dos Sem Projeto), pregam a violencia, querem ganhar no tapetão ou no golpe.

  16. Poder

    Aldo,

    A razão maior para este comportamento surrealista da principal corrente de oposição no país tem um nome: Lula.

    Por saber que, em condições normais, não tem a menor possibilidade de vitória num enfrentamento com Lula em 2018, a facção do golpe como que assina embaixo a sua incapacidade para fazer política, o grupelho deixa escancarada diversas intenções que, como se sabe, por pouco poderiam estar sendo arremessadas no lombo de 200 milhões de brazucas.

    O pior lado do governo de DR neste segundo mandato é, ao menos em minha opinião, esta política nefasta de JLevy e de ATombini, uma opção desastrada que, além de provocar aumento de desemprego, produz uma animalesca transferência de renda para os mais ricos, e $$$ na mão de rico não gira. Pois bem, este lado horroroso não recebe nenhuma crítica da grande mídia, e esta pancada seria o ritual num governo tucano, pois JLevy e AFraga respiram o mesmo ar.

    Além de tucanos não terem candidato viável – Aécio, nos tres maiores colégios eleitorais, MG, RJ e SP, perdeu em sua casa, no RJ e ganhou em SP, estado que não é e nunca será dele, logo, considero o menino do rio carta fora do baralho; Zezinho da Mooca não conseguiu em 2014 descer do carro de som aqui no RJ, 4 anos mais tarde será o que já é, um traste impossível de ser carregado, e GAlckmin terá que fazer muita força, pois governante que não providencia água prá 20 milhões de pessoas beberem é CV prá derrotado.

    Como a tal facção tenta desesperadamente o golpe de estado paraguaio com a colaboração do Judiciário, e percebe que está diante de enormes dificuldades para executar o plano golpista, entra na fase do desespero, etapa em que tudo é válido, inclusive as mais diversas formas de violência.

    Como o governo federal não se posiciona com mais frequência, quando um ministro da Justiça se esconde durante as 25 horas do dia, quando se tem diversos ministros inteiramente escondidos, tais atitudes covardes e/ou omissas só servem para turbinar o espalhafato tucano que tem de tudo, de nazistas à turma dos fantasiados de soldado, os reacionários recalcados, os que detestam Lula, DR e o PT mas não conseguem expilcar o motivo.

    Parece que nem todos sabem que o Poder é considerado o afrodisíaco divino, talvez precisem informar isto ao morador do Palácio da Alvorada.  

    • sociedade brasileira

      Em tempo,

      A verificação de erros nos $$$ da campanha tucana, conforme o divulgado pelo TSE, também contribui para uma reação alucinada por parte do derrotado, onde até mesmo a Teoria do Domínio do Fato está sendo levada em consideração – para quem não se lembra, esta Teoria, conforme foi aplicada no STF por JBBatman, não passa de um vale-tudo, que torna impossível a derrota do acusador, seja quem for o pretenso acusado.

      Todo este descalabro juridiquês, que reúne o cangaceiro de Diamantino que resolve analisar aquilo que ele mesmo já analisou e aprovou; um JBBatman, adivogado incapaz de passar no psicotécnico do MRE que sai da tumba para atacar tribunais ( em que país acontece tanta porralouquice ?); o infatigável SMoro, que pretende santificar o país por meio de prisões de pessoas do patido de situação, já que os do outro lado não vêm ao caso, e a facção da PF que apoiará o golpe sob as vistas do banana JECardozo formam um grupo de quinta categoria, mas capaz de causar um enorme, talvez irreparável estrago à sociedade brasileira. O probleminha é que todos eles estão se lixando para a sociedade brasileira.

  17. Aldo, de cada dez palavras

    Aldo, de cada dez palavras suas, 05 são estocadas no PT ou em aliados do Partido. Eles não precisam de suas ferroadas a mais.

    Algumas críticas à barbárie da nossa oposição, não apagará no futuro, os seus textos com justificativas à criminalização do Partido e de seus membros.

    Do jeito que o Brasil caminha, só sobrarão os bárbaros e os intelectuais “LIMPOS” como você.

  18. Cuidado: há malucos no PT, no PSDB e no PQP

    O artigo é fantasioso, exagerado e alarmista. Não há esse clima de gerra civil, coisíssima nehuma. Há manifestações isoladas e infelizmente agressivas de um vagabundo mal educado ou outro. Já aconteceu com  Guido Mantega, com o ex-ministro Padilha, com o Luiz Inacio Adams e agora com o Ministro Jose Eduardo. Eu sinto a mais pura vergonha e revolta quando vejo videos ou noticias a respeito desses atos de incivilidade e ignorância política.

    Também condenei há alguns anos a agressão fisica sofrida pelo ex-governador Mario Covas quando tentava negociar com professores grevistas lá na Praça dfa República. Para provar que a estupidez não é monopólio de alguns tucanos, lembro do comentario de Jose Dirceu a respeito: “esse governo tem que apanhar nas urnas e nas ruas”.

     

  19. De novo a frescura por causa

    De novo a frescura por causa do boneco do Lula. É o mesmo PT que já malhou boneco de judas com a cara do FHC… Passaram DÉCADAS investindo em “discurso de ódio”, do “nós contra eles”, do “não podemos deixar eles voltarem”, do “eles governaram o Brasil por 500 anos e não fizeram nada”, do “fazer o diabo pra ganhar a eleição”, do “eles têm que apanhar nas ruas e nas urnas”, etc. 

    Agora que a maré virou, começam com esse papinho. 

    Quem não te conhece que te compre.

  20. Isso se explica em um

    Isso se explica em um contexto internacional. Na Ucrânia o mesmo ódio foi disseminado de tal modo que gerou, como aqui está gerando, o surgimento de diversas organizações neo-nazistas. Depois que conseguiram dar o golpe, andaram assassinando alguns dos líderes neo-nazistas mais exaltados, ou não conseguiriam um mínimo de calma para governar. Mas o grosso dos coxinhas de lá continuou a pregar o ódio e a morte dos opositores. Agora, que o governo de Kiev buscando um pouco mais de paz para respirar fez uma lei dando mais autonomia às províncias que falam o russo, os coxinhas de lá estão vandalizando novamente a cidade de Kiev e mostrando sua revolta com extrema violência. Como a Ucrânia, o Brasil jamais terá paz se prosperarem os grupos fascistas que a oposição e sua mídia geraram ou anabolizaram, e jamais voltará a ter um eixo econômico sadio, como está tendo apesar de tudo, se esta oposição execrável chegar ao poder pelo golpe ou se continuar a sabotar o governo eleito.

  21. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome