Dallagnol gritou Lula 2018!, por Francy Lisboa

Dallagnol gritou Lula 2018! Mas ele ainda não sabe, coitado

por Francy Lisboa

A tendência de apoiar o que parece inferior, seja numericamente, seja fisicamente, é bem documentada. Mas nada, absolutamente nada, pode superar a força de uma virada de página. Mas o que seria, no caso de Banânia, essa virada?

Os profetas de ontem, entre eles eu me incluo, disseram que o Brasil estava prestes a mudar de fase, a atravessar o rio em direção a uma margem que, sejamos francos, ninguém sabia o que abrigava. Certa vez, disse que as forças contrárias à essa transformação têm seu paralelo nas teorias ecológicas envolvendo impacto e resiliência.

No momento das palavras destinadas ao futuro não era possível enxergar através das nuvens os atores que representavam a resiliência, as forças que trabalham contra as mudanças no nosso país: Mídia? Cunha? FHC? Aécio? A chamada Plutocracia? Quem? E que transformação seria esta que precisava ser irremediavelmente contornada por tais forças?

Sim, sim, a História tem que ser do jeito que ela é, que me perdoem os cartesianos da esquerda. O “Mensalão” espetáculo? Tinha de acontecer! A tal secretária “amante do Lula”? Tinha que acontecer! Triplex e pedalinhos de Atibaia? Tinham que acontecer! Junho de 2013 como veneno jogado em caixa de gordura? Tinha que acontecer! Eduardo Cunha e a seus amestrados saindo dessa mesma caixa de gordura? Tinha que acontecer! A saída de Dilma? Tinha que acontecer!

Todo o esforço persecutório com vestes de evangelização, e que nos moveu para essa “paraguaização”, tornou claro que as balas já saíram da fábrica grafadas com Lula. A guerra cirúrgica, no entanto, não aconteceu. Os tiros foram dados de longe e atingiram muita gente amiga. A rápida corrida para socorre-los fez e vem fazendo corar de raiva até mesmo aqueles com antipetismo terminal. O que fazer?! Gritam eles! Em uma espécie de expurgo para todas essas irritantes indagações o famoso “petralha” virou quase um “tá amarrado”, tão usado pelos neopentencostes.

Leia também:  "Estou cansado de tanta mentira", diz Lula em primeiro interrogatório em liberdade

Os efeitos da cegueira estão sendo contornadas pelos anticorpos da web que dão voz aos acusados pelo mainstream. De fato, não há precedentes de tamanho embate público entre um cidadão e os deuses servidores da Justiça brasileira.  Não há dúvida que a ridicularizarão e o cheirinho do Hept… de armação, trabalham em prol do acusado, corroborando a tese de que tudo começou como uma farsa, bem lá atrás, com a sopa formada por políticos, Correios, e Lo Prete.

Hoje, sim, é possível distinguir que a resiliência abriga, além do mundo político de oposição ao PT e a Lula, o MPF, a PF, e boa parte do composição atual do STF. Mas, e a outra questão? O que estaria na outra margem do rio? A entrevista de Dallagnol nos deu a resposta: a exposição clara da necrose das Instituições brasileiras, em especial o Judiciário.  De fato, há algum tempo defendo que o grande legado do PT foi o despertar sem maquiagem das Instituições brasileiras, da naturalidade com que estas trabalham para mudar tudo sem tirar nada de lugar verdadeiramente.

Toda essa exposição nos faz apostar mais uma vez que a solidarizarão com vítimas de perseguição clara pode tornar real o pesadelo que a Lava-Jato foi concebida para combater. Dallagnol gritou Lula 2018! Mas ele ainda não sabe,coitado.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Lula enfrenta primeiro interrogatório, desde que está em liberdade

8 comentários

  1. Parabens!!

    Parabens ao Francy!! Há muito já imaginava algo parecido mas não conseguia concatenar as ideias. De certa forma, estão jogando Lula na arena mesmo que ele não queira. Ainda pensando mais comedidamente, o Lula deveria se preocupar com sua integridade física. Se não têm provas e apenas convicções, terão que fazer algo mais ríspido para tirá-lo do jogo político.

  2. Belo Texto

    Belo texto espero que isto se concretize, mesmo estando o planeta a surfar na onda autoritária, de um lado temos Lula que pode levantar o contra ataque e do outro temos o Papa Francisco.

    Aproveito para dar duas idéias aos nobres blogueiros que nos informam e desconstroem o que a midia nativa tenta armar.

    Primeiro:

    Todos em conjunto devem ter uma (paulta) noticia de capa que esteja ao mesmo tempo em todos os blogs sujos,(assim faz a Midia Golpista).

    Facilita o entendimento dos que tem dificuldades de analisar a politica.

    Segundo:

    Um programa de debate sobre o Brasil e o momento politico no horário noturno do domingo, com uma banca destes blogueiros, não na TV porque não tem espaço mas sim um canal na internet.

    Todos anunciariam em seus blogs os convidados e o tema do dia.

    Obs. Não aguento mais ver a Esquerda dividida e triturada por falta de espaço midiatico, 

    Não aguento mais ver tantos e tantas mentes inteligentes falando para mentes que de certa forma já sabe como se forma este caldo midiatico.

    Vamos ser mais racionais, vamos utilizar as mesmas armas que eles utilizam, nacionalistas e blogueiros está na hora da união.

    Espero que não deletem minha msg, mas se assim o for pelo menos manda o Nassif dar uma olhada.

     

  3. O PT teria ficado na zona de

    O PT teria ficado na zona de conforto, se não descobrisse que o judiciário e a elite o trataram (a Dirceu, Vaccari, Pizolato e Genuíno e incontáveis outros em cortes menores) e o seguirão tratando da mesma forma que o resto do povão.

    Não deixa de ser uma honra, claro que involuntária, ser perseguido, ao invés de ser recebido no clube.

  4. “…terão que fazer algo mais

    “…terão que fazer algo mais ríspido para tirá-lo do jogo político.” 

    Sei não, tenho para mim que o simples acatamento da parte do Moro, fecha questão.  E quem irá reagir? Por exemplo, eu que não creio na violência, não irei. Do que entendi, o stf, minúsculo mesmo, pois aqueles lá não se dão o respeito, fará frente? Duvido, pois o tal juiz vazou gravação para o jn, dentre outras aberrações, e os ministros, nada! Estamos mesmo é fulminados. Aliás, para que conhece esse país, estamos mesmo é no mesmo lugar, qual seja, esse lugar é o – exagerando – centro nervoso da desigualdade e da falta de noção. Estranhar que seja assim, é ingenuidade.

  5. Esse moleque com nome de

    Esse moleque com nome de remédio é um fanatico religioso.

    Faz pregação politica na igreja da espada enfida na Fé. Um sujeito que não entende a sepração entre estado e religião.

    É o surgimento do estado evangelico. Bem estar evangelico. Ensino evangelico.

     

    Nazismo tupiniquim.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome