Desde março, aprovação a Lula vem crescendo enquanto a de Moro cai

Estudo da Ipsos mostra como a sorte de Sergio Moro mudou quando ele decidiu condenar Lula no caso triplex.
Pesquisa atual indica tendência de rejeição cair e aprovação crescer no caso de Lula
Fonte: Estadão/maio de 2018
 
Jornal GGN – Desde março de 2018, mês marcado pelo início do julgamento do Habeas Corpus de Lula no Supremo Tribunal Federal, a rejeição ao ex-presidente Lula vem caindo na pesquisa Ipsos – que não afere intenção de voto, mas sim o olhar da população sobre a maneira como os políticos vem atuando no País.
 
A pesquisa divulgada nesta sexta (25) pelo Estadão mostra que os dados de todos os potenciais presidenciáveis estão “estáveis”, pois oscilaram dentro da margem de erro, e Lula é o melhor avaliado.
 
O gráfico também mostra outro resultado não mencionado no jornal: há 3 rodadas da pesquisa a rejeição de Lula vem caindo e a aprovação sobe para além da margem de erro.
 
O inverso ocorre com Sergio Moro. Hoje, o juiz da Lava Jato que condenou Lula no caso Triplex está com 50% de desaprovação e 40% de aprovação. Em março, estava com 47% de rejeição e 44% de aprovação. Mas o resultado é considerado estável porque a margem de erro é de 3 pontos para mais ou para menos.
 
Lula, por sua vez, tinha em março 57% de rejeição e agora está com 52%, ou seja, o índice caiu 5 pontos. Há 3 meses, tinha 41% de aprovação e agora tem 45%, subindo 4 pontos.
 
O petista foi preso na Lava Jato em abril e 2018. A pesquisa de março pode ter sido impactada pelo noticiário de fevereiro, quando Lula deu seguimento às caravanas pelo Sul do País, em resposta à condenação no caso triplex em segunda instância, que se deu em janeiro.
 
A CRISE DE MORO
 
A pesquisa Ipsos, que vem sendo realizada pelo menos desde agosto de 2015, mostra que Moro teve seus tempos de ouro principalmente entre fevereiro de 2016 e julho de 2017. O auge de Moro foi em maio de 2017, quando obteve 69% de aprovação.
 
Foi a partir de julho de 2017, mês marcado pela condenação de Lula pelo triplex, que a aprovação de Moro começou a despencar e a rejeição, subiu.
 
De julho a setembro de 2017, a aprovação caiu de 64% para 48% (- 16 pontos) e a rejeição saltou de 28% para 45% (+ 17 pontos).
 
Em novembro de 2017, as curvas de avaliação de Moro se inverteram e a rejeição passou a superar a aprovação. Desde então, o juiz vem se mantendo com aprovação na casa dos 50% e rejeição, nos 40%.
 
Esse movimento de inversão de curvas, que em Moro ocorreu de maneira negativa em novembro de 2017, não ocorreu com Lula.
 
As linhas do gráfico do Estadão mostram que a rejeição ao petista (que atingiu o pico em dezembro de 2016, com 72%), embora venha caindo nos últimos tempos, manteve-se acima da aprovação desde o início da pesquisa, em agosto de 2015.
 
Mas se a tendência aferida de março de 2018 para cá permanecer, é possível que a inversão da curva se dê nos próximos meses, mas no sentido oposto ao de Moro: com a aprovação de Lula superando a rejeição. 
 
Na pesquisa de maio de 2018, os possíveis candidatos aparecem com os seguintes desempenhos:
 
Geraldo Alckmin: 69% rejeição x 17% aprovação
 
Ciro Gomes: 65% x 18%
 
Fernando Haddad: 61% x 34%
 
Henrique Meirelles: 61% x 32%
 
Marina Silva: 61% x 30%
 
Jair Bolsonaro: 60% x 23%
 
Jaques Wagner: 54% x 43%
 
Lula: 52% x 45%
 
Manuela D’Ávila: 46% x 4%
 
Guilherme Boulos: 44% x 2%
 
João Amoêdo: 44% x 1%
Leia também:  Clã dos Bolsonaros está em perigo, por Janio de Freitas

5 comentários

  1. Corrigir a segunda parte do

    Corrigir a segunda parte do parágrafo abaixo transcrito. O certo é aprovação na casa dos 40% e rejeição na casa dos 50%

    Em novembro de 2017, as curvas de avaliação de Moro se inverteram e a rejeição passou a superar a aprovação. Desde então, o juiz vem se mantendo com aprovação na casa dos 50% e rejeição, nos 40%.

  2. Parece que os brasileiros

    Parece que os brasileiros estão começando a enxergar quem é o maior FILHO DA PUTA do Brasil.

    É você mesmo moro, sei juiz bandido, lesa pátria e ladrão.

     

  3. Tem um erro aí… Moro SEM PARTIDO??? Como assim???

    Moro é mais Tucano que Dória… está mais tempo prestando serviços ao PSDB que o ex-prefeito!

    Diferente de Dória, Moro NUNCA traiu as lideranças do PSDB!!!

    Moro sempre serviu Serra, Alckmin e FHC!

    Moro é aliado de toda imprensa Tucana… já ganhou mais atetados de fidelidade da imprensa que os outros tucanos.

    VAMOS IMAGINAR O PSDB SEM MORO:

    -Serra, Alckmin, Aloysio Nunes e FHC todos presos pois existem mais provas contra qualquer um dele do que existe contra Lula.

    -A família FHC toda respondendo processos… junto com a família Serra.

    -Paulo Preto preso e delatando.

    -Serra devolvendo os 23 milhões. Paulo Preto devolvendo os 113 milhões. A Suíça trabalhando em parceria com o Brasil.

    -Além disso, Lula livre e liderando as pesquisas, bem na frente do Santo.

    MORO NÃO É APENAS TUCANO… ELE É “O MAIOR NOME DO TUCANATO”.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome