Objetivo não é impeachment, é a renúncia, por Arnaldo César

Enviado por Henrique O

Do blog de Marcelo Auler

Eles só querem a renúncia

Arnaldo César

O clima de Fla-Flu (ou de Flamengo e Vasco) que tomou conta da política brasileira tem embotado corações e mentes daqueles que torcem pela democracia e pelo futuro do Brasil.

Uma parte significativa dos analistas vende para a opinião pública que esta enorme confusão que tomou conta do País é para colocar Dilma para fora do Palácio do Planalto através de um processo de impeachment. Nada mais enganoso.

O que os golpistas querem de verdade é a renúncia da presidente. O enredo escrito pelas elites e entregue nas mãos de Michel Temer para ser executado tem por objetivo levar Dilma, Lula e o PT à loucura. Desgastados politicamente eles jogariam a toalha e pediriam para ir embora. Neste caso apostam no “quanto pior, melhor”.

Qualquer estagiário de direito – que não tenha sido aluno de Hélio Bicudo ou de Miguel Reale – sabe que não há como destituir a presidente legalmente, por conta de pedaladas fiscais. Basta ver que isso não é crime de responsabilidade como determina a Constituição de 88.

O rito estabelecido para o impeachment prevê três etapas. A primeira – a que está em curso – é para saber se a Câmara dos Deputados irá autorizar a abertura do processo. Se a oposição conseguir aglutinar 342 parlamentares, a coisa terá que ser aprovada pelo Senado Federal.

Vencida esta segunda etapa, abre-se um processo presidido pelo presidente do STF, Ricardo Lewandowski, para saber se as acusações são procedentes. Nesta fase, a presidente é afastada por 180 dias e o País passa a ser administrado pelo vice. Há, portanto, um longo e tormentoso caminho pela frente.

Leia também:  Rápidas linhas sobre as eleições municipais de 2020, por Gilberto Maringoni

Se tudo correr dentro da celeridade com que o “impoluto” Eduardo Cunha, presidente da Câmara, sonha, esta história só poderá ter um desfecho em novembro deste ano.

A debandada do fisiológico PMDB do governo, na última terça-feira (29/03), é o primeiro ato desta trágica encenação. Como diz a imprensa adestrada: “Dilma está solitária, sem mais nenhuma condição de governar”.  Assim como eles têm feito desde quando ela venceu as eleições de outubro de 2014, todo o esforço é no sentido de impedir que ela administre a Nação e renuncie.

Neste aspecto o painel luminoso projetado na fachada da catedral da elite brasileira, a sede da FIESP, na Avenida Paulista, em São Paulo, é explícita: ”Renúncia Já”. O senador tucano Aloysio Nunes também não esconde o jogo. “Não quero o impeachment. Quero vê-la sangrar até 2018”, disse o nobre representante dos paulistas, que nas priscas eras chegou a flertar com o maoísmo, no exílio em Paris.

O problema é que Dilma já disse várias vezes que não é mulher de renunciar e muito menos atirar contra o próprio peito. Apesar de todas as trapalhadas que vem cometendo nesta “partida de xadrez” ninguém do PT deu mostras, até agora, de que irá atirar a toalha.

Despudoramente as oposições capitaneadas pelo PSDB, DEM e agora PMDB estão detonando o País. Ou para não ser tão deselegante, estão nos empurrando para uma confusão social.

Não citar a Operação Lava Jato até este ponto da análise foi proposital. Para ela foram reservados papéis de destaque nos próximos atos desta pantomina.

Leia também:  O papel da austeridade na promoção das desigualdades de raça e gênero na TV GGN

Provavelmente,se Dilma e Lula resistirem toda a sorte de pressões, ameaças e chantagens o pessoal de Curitiba, capitaneados pelo juiz Sérgio Moro, irá se encarregar de “engendrar” uma ilação qualquer para apeá-los do Planalto.  Nada que uma escuta autorizada não resolva.

O que o constitucionalista Michel Temer e seus fiéis escudeiros nesta aventura não souberam prever é se o País resistirá a tanta esperteza. Talvez, no meio desta representação a plateia resolva enxotá-los para sempre da política nacional e do mundo artístico.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

11 comentários

  1. Acho que os golpistam tomam

    Acho que os golpistam tomam os outros pelo que eles próprios são. É meio óbvio para quem está “do lado de cá” de que não haverá renúncia ou desistência de nenhuma forma. Pelo contrário, vamos lutar até o fim. E a luta nos empolga. É o contrário. Como eles são covardes e mandam todo mundo fazer por eles (tudo é “terceirizado”), acham que alguém está se cansando ou está com o moral baixo nessa história toda. Ledo engano. A brincadeira só começou. 

    • A minha energia contra os

      A minha energia contra os fascistas aumenta cada vez mais. Ando fazendo uma série de sabotagem contra e estou adorando. 

       

  2. Para mim, esse semrpe foi

    Para mim, esse semrpe foi pelo menos o “Plano A”. E o “Plano B” revela-se cada vez mais de risco para os golpistas… é NÃO AO GOLPE !!!

  3. O PT

    O PT é e foi o maior partido que esse país já teve:

    Tirou milhões da miséria e promoveu um desenvolvimento econômico e social como jamais se viu na história desse país

    Cortou na própria carne a corrupção, desde o esquema do mensalão até a lava-jato e jamais moveu uma palha por quem se envolveu nos esquemas além de forçar a demonstração de que a corrupção é do sistema como um todo e não de um partido

    Pra tirar o país da situação em que se encontra o combate à corrupção é essencial, não só na esfera federal , mas tem de descer pras esferas estaduais e municipais que continuam com índices alarmentes de desvios de recursos públicos…

    Não adianta cobrar da Dilma que ela faça ajustes econômicos se parte do dinheiro vai pros corruptos, não adianta aumentar as verbas pra educação e saúde em bilhoes de reais se parte desse dinheiro é desviado por diversos meios quando chegam nos estados e municípios 

     O PMDB sempre foi hipócrita quem conhece, estuda, lê e entende a política no Brasil sabe as aves de rapina que representam o partido pelo Brasil todo, ele é o pus e a razão maior do subdesenvolvimento que ainda temos no Brasil

    As elites cansaram de ceder poder e dinheiro aos mais pobres não aceitam e nunca aceitaram isso desde quando os empregados passaram a dividir o avião com os patrões

    O PMDB se valeu do governo até quando ameaçado de investigação e punição como o PT, o qual teve coragem de fazer o que todo partido em nome da democracia deveria ter feito: punir seus corruptos

    E para as elites o PMDB volta a ser a bola da vez, quando o muito o que esse partido fez foi atrapalhar o governo e sugar os cofres públicos com uma avidez sem paralelo no Brasil

    É TEMERoso o Brasil com o PMDB no comando.

  4.  
     DENÚNCIA

     

     DENÚNCIA GRAVÍSSIMA ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃO BRASIL DO BEM O GÂNGSTER mafiosíssimo ‘eduardo CU(nha) dos golpistas’ – “solto, todo solto” – continua operando achaques abjetos e mais achaques abjetos contra a nação brasileira em frangalhos sob o beneplácito da IMUNDA Justiça da IMUNDA Casa Grande nativa nativa e sob ‘a batuta invisível’ do sórdido “Império estadunidense do Caos ‘Submundista'”!…Eu tive acesso a uma mensagem enviada através de um grupo de WhatsApp de ‘coxinhas’ alucinados… NOTA: o texto abaixo reproduz literalmente o teor da mensagem “Tá rolando votação informal pelo Congresso sobre o impeachment, e o contra está perdendo. Temos que ligar muito, mas só pode ser de fixo, segue o número: 0800619619. A gente é atendido pessoalmente pra manifestação contra ou a favor do impeachment. Podemos deixar mensagem pessoal. Manda pra sua rede. Acabei de votar. Demora uns cinco minutinhos para a a conclusão.” IMPORTANTE:o número do telefone informado é, sim, da ‘Câmara dos 300-400 [ou mais!] dePUTAdos picaretas federais’ sob a presidência do “ilibado” eduardo ‘CU(nha)’ do “Aécio 1/3 El Chato Principado de Liechtenstein Furnas Forever”, também do TRAIDOR-mor ‘Mimimichel TEMERoso’ das [mega]pilantragens hediondas do PMDBosta et caterva da IMUNDA Casa Grande nativa festivamente impune!

  5. O que deixa observadores como

    O que deixa observadores como eu “de cara” é o fato de apesar do seu governo já ter identificado a maioria das “serpentes” (pessoas deliberadamente postas para sabotar o governo e as instituições) e estas até mesmo se apresentarem claramente como tais por meio dos seus atos, ainda assim vocês não fazem nada contra estas serpentes por mais que esteja na sua própria constituição que elas devem pagar pelos seus atos (por exemplo o juíz Moro que deveria estar respondendo pelo crime de “grampo” ilegal contra a presidência da república).

    Nos EUA essas pessoas já estariam presas pois conspirar para desestabilizar o país é um crime grave em qualquer lugar que se vá, enquanto que aqui as suas autoridades parecem fingir que não está acontecendo nada de sério.

     

    • Pois é , uma triste constatação.

      POis é meu amigo , o que falas é uma triste constatação. No momento quem segue as leis no país , esta perdendo o jogo. Um juiz que viola leis, continua solto e prendendo cidadãos. Este juiz continua solto, não devido a inércia do governo. Afinal o governo só manda prender e soltar numa ditadura.  Esta pergunta voce deve dirigir ao Judiciário.  

  6. Como diz Emir Sader, Cunha é

    Como diz Emir Sader, Cunha é aquele mesmo Auro de Moura Andrade, que, passando por cima de Goulart, determinou como vaga a cadeira do Presidente, nomeando o outro Ranieri Mazilli, hoje denominado Temer. 

     

     

  7. Dilma mulher forte

    Não contavem que lula vem de uma luta já na ditadura e Dilma aguentou o DOPS. Eles aguentam, tal como o povo brasileiro!

  8. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome