Para Noam Chomsky, Dilma foi acusada por “uma gangue de ladrões”

Enviado por Romério Rômulo

 
Noam Chomsky(MIT), linguista, escritor e um dos maiores intelectuais políticos do mundo, fala claramente: é GOLPE. 
“Mas, como até mesmo o The New York Times ressaltou, Dilma Rousseff é talvez a única política que não roubou para se beneficiar.
Ela está sendo acusada de manipulações no orçamento, que são práticas comuns em muitos países, tirar de um bolso para colocar em outro. Talvez seja uma prática ruim de alguma maneira, mas certamente não justifica impeachment.
Nós temos uma líder política que não roubou para enriquecer a si mesma, que está sendo acusada por uma gangue de ladrões, que o fizeram.

Isso conta como um tipo de golpe brando. Eu acho que é isso mesmo.”
(Democracy Now!)

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  O que o subfinanciamento do SUS têm a ver com o Covid-19 e nossa sobrevivência

13 comentários

  1. Os grandes pensadores

    Os grandes pensadores internacionais estão contra o golpe e o denunciando, já por aqui temos “pensadores” (quá quá quá) indigentes da globonews que só sabem repetir o velho chavão da ditadura bolivarianistae não enxergam propositalmente a ditadura feroz que temos aqui mesmo em nosso quintal; e o Rovai tem razão, algumas lideranças do PT envelheceram querer fazer mea culpa e criticas à Dilma nesse momento é burrice, ou não querer retomar o poder e esperar 2018, de politicos não espero coerência.

  2. Nassif
    Bom dia 
    Cadê o

    Nassif

    Bom dia 

    Cadê o Conselho de Segurança da Onu ( Inglaterra, China, USA, Russia e França ) para se manifestarem sobre o que esta acontencendo no Brasil ?

    Como comandam o mundo e tudo de ruim que acontecer em nosso país é bom pra eles, vão se omitir !

    Dilma como representante da Nação foi uma criança que não sabia a força que possuia, por isso caiu omissamente.

     

    • “GOLPE”

      Custava a Presidente Dilma ter dito a palavra “proibida” no seu discurso na ONU?

       

      Teria levantado ainda mais a Opinião Pública/publicada mundial contra o GOLPE. Talvez o Senado o tivesse abortado… mas Da. Dilma preferiu ser “adequada” e politicamente correta.

       

      LAmento por nós.

    • Mudança de Governo vai

      Mudança de Governo vai provocar o Conselho de Segurança? Absolutamente nada a ver.

      Nem a queda de Allende,  de  João Goulart, instauração da ditadura militar na Argentina, tentativa de trileição de Fujimori ,

      continuadas crises policas na Venezuela, 56 anos da ditadura cubana, nada disso foi objeto do CS, que se preocupa

      com  os grandes conflitos estrategicos em zonas de alto risco de desbordamento para guerra entre nações.

       

      • Prezado André
        Bom dia 
        Pra

        Prezado André

        Bom dia 

        Pra você pode ser uma simples mudança de governo, pra mim é golpe!

        Se Dilma tivesse convocado as Forças Armadas ( já que ela tinha a prerrogativa) e mandado fechar o mafioso congresso e stf, ai seria golpe?

        Democracia moralista é sempre conveniente !

        Abração

        • É importante verficar a

          É importante verficar a funcionalidade do Conselho de Segurança. A atuação do mesmo é conforme o descrito pelo sr. André. Além do que há princípios do Direito Internacional que devem ser observados em caso de interferência em um cenário doméstico. Políticamente também seria um tiro no pé, pois o Brasil é um país influente. Acredito que muitos também não gostariam de uma política dessas, caso fosse contrária a um governo de esquerda.

      • Sim! Era melhor ser o que o Brasil virou agora?

        “56 anos da ditadura cubana”! 

        Que bom! Eles são orgulhosos de terem a ditadura deles e não de ser um cachorrinho que os EUA fazem de quintal quando querem… Agora vão receber o Pré-Sal de graça do Serra! Que Democracia somos! Vamos subir a favela para avisar que rpogramas sociais vão acabar e o níveld e indigência vai voltar a subir…

      • Sim! Era melhor ser o que o Brasil virou agora?

        “56 anos da ditadura cubana”! 

        Que bom! Eles são orgulhosos de terem a ditadura deles e não de ser um cachorrinho que os EUA fazem de quintal quando querem… Agora O Tio Sam  receberá o Pré-Sal de graça do Serra! Que Democracia somos! Vamos subir a favela para avisar que rpogramas sociais vão acabar e o nível de indigência vai voltar a subir…

  3. Chomsky, como alguns que

    Chomsky, como alguns que também são contra o golpe e contra o modo dos EUA intervirem em assuntos políticos de países latino-americanos fortalecendo os sucessivos golpes, tão bem descritos por ele, também se refere ao PT por ter se deixado, como tantos aqui, embalar pela imprensa, única, que não destaca outros partidos em malfeitos. Provavelmente ele não conhece os mecanismos de Moro. De quanquer maneira, ao dizer que Dilma seria a única honesta, que não roubou, ele termina dizendo que quem quer tirá-la do poder é uma gangue de ladrões. Ou seja, pelo menos entende que há guangues de ladrões fora do PT. 

  4. surreal

    O Chomsky* costuma ter um milhão de dados na cabeça e sempre se manifesta a partir deles com alguma celeridade – e não falha. Ouvi-lo só agora é estranho. Deve ter feito um milhão de verificações nos dados surreais que recebeu… difícil de acreditar mesmo. 

  5. batendo forte

    A mídia estrangeira, na sua maioria, incluindo a AP,

    está publicando a narrativa do impeachment brasileiro como ele é percebido na sua forma real e incontestável:

    É GOLPE!

  6. Made in USA


    Sinais que apontam para a intervenção de Washington no golpe do Brasil

    1 – O presidente interino do Brasil é informante dos EUA

    O WikiLeaks revelou que Temer, em mensagens de 11 de janeiro de 2006 e 21 de junho de 2006, transmitiu informações para diplomatas dos EUA sobre o processo político no Brasil e as aspirações do seu partido para alcançar o poder na eleição de 2006, que foram ganhas por Lula.

    2 – O ritual do beija-mão americana de Aloysio Nunes do PMDB de Temer

    Temer é apenas um fantoche do imperialismo americano | Ueslei Marcelino / Reuteurs

    Apenas um dia depois da aprovação da admissibilidade do impeachment no Senado, Aloysio Nunes foi a Washington para se reunir com autoridades norte-americanas em uma visita de três dias. Nunes fez contatos com membros da Comissão de Relações Exteriores do Senado Americano, com a  empresa de lobby Albright Stonebridge Group, presidida pela ex-secretária de Estado Madeleine Albright e Thomas Shannon, ex-embaixador dos EUA no Brasil, entre outros.

    [  O pretenso presidente enviou Nunes para Washington, para lançar uma “contraofensiva de relações públicas” e combater o aumento do sentimento anti-impeachment ao redor do mundo, o qual Temer afirma estar “desmoralizando as instituições brasileiras”. Demonstrando preocupação sobre a crescente percepção da tentativa da oposição brasileira de remover Dilma, Nunes disse, em Washington, “vamos explicar que o Brasil não é uma república de bananas”. Um representante de Temer afirmou que essa percepção “contamina a imagem do Brasil no exterior”.  ] The Intercept

    3 – A embaixadora americana no Brasil é uma experimentada golpista

     Liliana Ayalde pode gabar-se da sua participação em derrubar governos estrangeiros.

    Antes de ser enviada para o Brasil, Ayalde tinha servido como embaixadora no Paraguai, antes do golpe de Estado de 2012, que afastou do cargo, por meio de impeachment em um procedimento semelhante ao de Dilma Rousseff,  o presidente do país Fernando Armindo Lugo Méndez.

    O objetivo da “oligarquia poderosa, da mídia e das forças imperiais”, na crise política brasileira, é livrar-se das “forças progressistas e lideranças revolucionárias populares do continente”, disse o presidente da Venezuela, Nicolas Maduro.

    MAIS INFORMAÇÕES: https://www.rt.com/news/343390-brazil-rousseff-impeachment-us/

  7. Assistí ontem o documentário

    Assistí ontem o documentário REQUIEW FOR THE AMERICAN DREAM,em que Noam Chomsky

    fala logo aos 1m e 35s que “A desigualdade vem da riqueza extrema” aí fico mais preocupado

    sabendo que um REPRESENTANTE do Itaú ocupa um POSTO IMPORTANTÍSSIMO neste desgoverno!

    Me impressionei com suas colocações que pareceram-me falar do Brasil atual,ASSISTAM vale a pena!!

    OBS:De vez em quando EU AGREGO aqui tb,com comentários BONS, v a a l e u !!!!!!

  8. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome