PMDB em racha, sem consenso sobre reunião do Diretório Nacional

 
Jornal GGN – Em meio a um possível racha no PMDB, ministros e senadores que ainda apoiam o governo da presidente Dilma tentam adiar a reunião do Diretório Nacional, marcada para a próxima terça-feira (29). Três de dez diretórios regionais do partido de Temer não querem manter a reunião na próxima semana. A informação é da coluna de Ilimar Franco. O jornalista também aponta as tensões em torno do processo de impeachment da presidente Dilma.
 

Por Ilimar Franco

De O Globo

Temer enfrenta resistência

Ministros e senadores do PMDB querem adiar a reunião do Diretório Nacional, marcada para 29 de março. Eles são contra o rompimento com o governo. O recado é o de que o partido vai rachar. Temer tratou disso com o presidente do Senado, Renan Calheiros, ontem à noite. Um peemedebista foi duro: “Se ele não tem condições de unir o PMDB, como vai unir o país?”.

Quem dá mais?

As organizações que defendem o impeachment estão usando as redes sociais para denunciar os deputados que estão ao lado da presidente Dilma. Um experiente político diz que essa ação não faz a menor diferença para quem concorre a deputado. Avalia que as redes sociais não chegam ao conjunto da sociedade. Além disso, os eleitores estariam mais interessados na temática local. “Só gera ônus para quem é candidato majoritário (governador, senador e prefeito)”, afirma esse político. Por isso, uma das conclusões é a de que governo e oposição vão oferecer mundos e fundos (cargos e emendas) para conquistar os votos dos deputados. O leilão já está em curso.

Leia também:  Porque a Economia Brasileira não tem um Crescimento Sustentado em longo prazo (I), por Fernando Nogueira da Costa

“O país está perdendo a convivência entre os diferentes, a convivência dos contrários. Onde vamos parar?”

Patrus Ananias (PT), ministro do Desenvolvimento Agrário

Tensão

Os governistas do PMDB retiraram três diretórios regionais (MA, PI e RO) dos que querem manter a reunião do dia 29. Ontem, Temer teria concordado com o adiamento, mas voltou atrás porque os outros dez diretórios não aceitaram.

Mais Médicos

No histórico discurso feito ontem, em Havana, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, citou a excelência da medicina cubana. E, acrescentou que médicos americanos e cubanos atuaram em conjunto no combate ao ebola em países africanos. Aqui, no Brasil, já se disse que os médicos cubanos não eram médicos.

Bonança

Aliados do vice Michel Temer analisam o cenário de sua posse na Presidência. Avaliam que o PT não terá condições de manter a pressão que o PSDB exerce no governo Dilma. Preveem ainda que Temer terá apoio do mercado.

Medindo forças

O Planalto está de olho nas bancadas do PTB e do PSD. A oposição avança. Os ministros Armando Monteiro (Desenvolvimento) e Gilberto Kassab (Cidades) foram acionados. Metade da bancada do PSD é do Sudeste. No PTB, a tensão é Jovair Arantes, relator da comissão do impeachment.

Fora, PT; PT, fora

Petistas não pretendem participar de um eventual governo de Michel Temer. Diz Humberto Costa, líder do governo no Senado: “Esqueçam. O PT não aceitaria integrar um governo responsável pela ruptura da nossa ordem democrática”.

Leia também:  “É preciso ajudar pequenas empresas sem destruir o mercado de trabalho” diz Santiago Levy

Mão na massa

Cobrados pela presidente Dilma, os ministros do PMDB entraram em campo para tentar deter os dissidentes. Ontem, Marcelo Castro (Saúde) circulou pelos corredores do Congresso. Outros dispararam telefonemas a deputados.

Petistas sugeriram ao ex-presidente Lula que ele assuma um cargo no Planalto, sem status de ministro, já que ele não pode ir para a Casa Civil.

 

14 comentários

  1. SE o PMDB sair do governo, o

    SE o PMDB sair do governo, o vice-presidente Michel Temer, por uma questão de coerência com seu partido, também deveria pular fora. Ou não? É claro que, nesse cenário, ele continuaria, demonstrando que o OBJETIVO É APENAS CHEGAR AO PODER. Nada a ver com combate à corrupção. Muito pelo contrário!!!

  2. A data de saída do PMDB do

    A data de saída do PMDB do governo da presidenta Dilma já está definida: Será o dia em que os golpistas tiverem certeza que vencerão e,como vimos, o jogo não está fácil.

    Eles precisam dos cargos do governo mais do que o governo precisa deles.

     

     

  3. votos

    Bom dia amigos , ja acompanhei aqui no blog as  movimentações  politicas do momento.

    Mas acredito que tudo que esta acontecendo,  pode ser sepultado simplesmente o Governo conseguindo os votos necessários para evitar Impeachment.

    Alguém poderia  montar  cenário  como os partidos poderiam votar no momento, 

    é possível o governo obter estes  votos para barrar o impeachment?

     

    Att Ruan !!

  4. Acho que a Dilma precisa

    Acho que a Dilma precisa chamar o Temer para uma reunião e ser incisiva: se o PMDB sair do governo, ela vai pedir a carta de renúncia dele. Simples assim. Não querem entregar os cargos? Então entrguem TODOS eles.

  5. Os primeiros …

    Ao primeiro sinal de fogo a bordo,

    Os ratos são os primeiros a pularem foram do navio.

     

     

    Humberto E. Almeida

  6. o orgulho as vezes mata

    Temos que conversar ate o final. Nao esperar mas ter esperança  para evitar perdas reversiveis 20 anos depois..

    Tudo para salvar a Legalidade e a Democracia, que é a paz.

  7. O que o PMDB teria a ganhar?

    Tenho uma dúvida: o que o PMDB teria a ganhar com a queda de Dilma?

    Derrubar a presidente para entregar o governo (Fazenda, BC, cargos no 2o e 3o escalão) para o PSDB? Pois é com isso que Serra, FHC e cia. estão contando.

    Ou seja, o PMDB abriria mão de parte substancial do protagonismo que exerce hoje para entregá-lo ao PSDB. Em troca do que?

    No caso de Cunha e sua turma, dá para entender que eles estão tentando ganhar tempo enquanto o “milagre” não vem. Mas e o resto?

    Alguém acha que o MPF vai arquivar todo o material que tem em mãos (inclusive recebido por cooperação internacional) e mudar de assunto?

    Tudo isso é um caminho sem volta. O MPF, a Justiça Federal, o STF, terão que dar uma resposta para esse espetáculo todo (até internacionalmente). Podem até acochambrar um ou outro, mas muitas cabeças rolarão. Isto é inevitável nessa altura dos acontecimentos (vejam o recente comentário da Min. Kátia Abreu).

  8. espero ue a maioria do pmdb

    espero ue a maioria do pmdb tenha consciencia histórica que

    teve na luta contra  a ditadura e rejeite mais este golpé do temer e sua turma…

  9. lula

    Como assim? Lula tem que ser ministro SIMM! Então Lula agora vai fazer o que a midia, gilma mendes e oposição querem é?

  10. Política
    Acho uma traição e uma falta de respeito com a constituição e a democracia, só quem perde e à Nação, com esse absurdo, um presidente que não tem processo contra ela, Onde todos estão em conspiração contra, foi a nação que elegeu pelo voto, deixem que a própria Nação tire.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome