Porque não se deve levar José Serra a sério

Tempos atrás encontrei um alto quadro do governo Alckmin em um evento em Santos. Nele, teceu críticas a José Serra. No almoço, voltamos a conversar sobre Serra, ele sempre muito crítico. Na despedida, pediu: “Pelo amor de Deus, não coloque nada disso no Blog, senão Serra vai me retaliar através dos jornais”.

O mesmo me disse um alter ego de Aécio Neves durante a campanha de 2014. Serra não desperta nem respeito nem paixão política, mas ódio e medo.

Para um governo que se pretenderia de conciliação, o que Serra tem a oferecer é a capacidade de montar dossiês e obter respaldo dos jornais para qualquer denúncia. Sua tentativa de liquidar com a imagem do Gabriel Chalita está aí para quem quiser conferir.

Hoje, na Folha (http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/12/1715763-farei-o-possivel-para-ajudar-um-eventual-governo-temer-diz-serra.shtml) , a maneira como Serra se oferece a Michel Temer lembra a impetuosidade de um adolescente que se diz apaixonado para levar o dote da noiva. Dirige-se ao coordenador do partido que mais praticou a barganha política, no apoio a Lula, a Dilma e a quem mais for, para prever, com Temer,  uma nova era sem barganhas. E graças aos seus dois grandes articuladores políticos, Eliseu Padilha e Moreira Franco, que se consagraram no parlamento justamente pela capacidade de atender às barganhas.

Faz parte da hipocrisia comum ao jogo político, mas há limites para tudo.

No que interessa, o que Serra teria a oferecer?

No PSDB, sua influência é nula. É literalmente detestado tanto pela ala aecista quanto alckmista. No plano intelectual, quando o partido dispunha de quadros, era abominado tanto pelos mercadistas – que se espantaram com sua falta de conhecimento econômico nas discussões do real – quanto pela ala paulista da FGV-SP, quando caiu a ficha sobre ele.

Na distante hipótese de se tornar um Ministro da Fazenda de um eventual governo Temer, qual seria seu desempenho?

  1. As primeiras medidas seriam atender os grandes lobbies de petróleo. Aliás, quando a crise se instalou no governo Dilma, houve uma furiosa corrida entre ele e Eduardo Cunha, para ver quem ofereceria na frente o projeto de lei revogando a Lei do Petróleo.

  2. Em cada agravamento da crise econômica, se esconderia, como se escondeu na crise das enchentes que assolaram o estado, na crise da Polícia Civil, na própria crise do Real, no duro ano de 1995, e deixaria a bomba explodir no colo do presidente. E, em off, acusaria Temer de o estar boicotando, como fazia nos tempos em que era Ministro de FHC.

  3. Nas crises, há a necessidade de um discurso otimista para amenizar a travessia. O discurso político permanente de Serra, desde que começou na vida pública, é defensivo, de criação de inimigos externos para justificar sua apatia. Em um governo que se pretenderia de conciliação, imagine-se esse discurso diuturno de confronto como álibi para a não-ação.

  4. Seu conhecimento macroeconômico é insuficiente. Em 2008, em plena crise industrial, acelerou a implantação da substituição tributária em São Paulo, aumentando a carga fiscal. E ainda teve a caradura de criticar o Banco Central de Henrique Meirelles por ter aumentado os juros em plena antevéspera da crise.

  5. Se Temer imagina que Serra tenha alguma ascendência sobre o empresariado paulista, desista. Delfim tem. Serra é detestado. Para serem recebidos por ele, empresários teriam que ameaça-lo com passeata na frente da Fazenda, como fizeram os industriais da Abimaq no auge da crise de 2008.

  6. Não teria ideias a oferecer. Seus mandatos de prefeito e governador atestam a pobreza de ideias, projetos e ousadia. Na Prefeitura, o novo passou na frente do seu nariz e ele não percebeu: o movimento dos ciclistas, da humanização da cidade, que tinha – na época – em Soninha sua melhor tradução. No final, em vez de ficar com a cara moderna de Soninha, liquidou com seu futuro político deixando-a com a cara rancorosa dele, Serra.

  7. Trabalho duro? Nem pensar. No governo de São Paulo, sua rotina consistia em sair dos aposentos às 11 da manhã, montar eventos fora do Palácio, chegar no gabinete às 3 da tarde, conversar com um ou dois secretários apenas – sempre os mesmos – e, depois, mergulhar nos jornais para a relação diária de telefonemas às chefias, queixando-se dos repórteres.

  8. Quando o desgaste público se ampliasse, seria um prato cheio para escândalos. Se Dilma, Levy e Nelson Barbosa sofrem as pressões que sofrem, tendo vida limpa, o que sucederia com Serra, com seu enorme passado de episódios controvertidos?

Por que não se deve levar a alternativa Michel Temer a sério? Porque o próprio Serra demonstra como seria o embate pelo poder, caso a tese do impeachment fosse vitoriosa.

51 comentários

  1. e pensar que…
    E pensar que foi eleito para o senado concorrendo com Suplicy. Eta povo alienado.

    Serra foi prefeito pela metada, governador pela metade e votado por quem trm metado do celebro.

  2. Pelo que vemos nos jornais do

    Pelo que vemos nos jornais do PIG o grupo golpista não é muito grande, basicamente a turma que perdeu a eleição em 2014, assim temos: Aécio, Serra, FHC, Alckimin (sempre atuando com ambiguidade), mídia, Eduardo Cunha e, agora, Temer seguidos por políticos de menor expressão e setores da indústria sediados em SP.

    É um golpe nitidamente paulista, com os interesses de São Paulo na proa e as migalhas oferecidas a grupos conservadores de outros estados e regiões do país.

    Por isso além de todas as ilegalidades e inconstitucionalidades, a falta de base jurídica, o impeachment não passa de um cover de golpe paraguaio sem futuro e confirma a triste história do Brasil de períodos democráticos intercalados de golpes de estado.

  3. Bela Lugosi & Christopher Lee

    Quando os vampiros se encontram, o pescoço do Brasil é que sacia a fome e paga a conta.

    Haja água benta, réstia de alho e crucifixos, para afastar-nos do ataque de vampiros da Casa Grande, em pleno século XXI.

    Pode isso, Vaidoso Henrique Pé de Página?

    Acendam as luzes do Cine Brasil, chega de pesadelo, queremos de volta a realidade. 

    • Hehe. Conde Drácula e o seu

      Hehe. Conde Drácula e o seu mordomo Klove. Segundo o Zé Simão, o Michel Temer tem a cara de mordomo de filme de terror.

      Uma bela dupla pra chupar  o sangue da nação brasileira. E no governo Temer o  Miguel Reali Jr tem que ser indicado para Ministro da Justiça. Sua imagem sinistra combina bem com os mortos vivos de Drácula. Já o Hélio Bicudo tem que ficar de lado: esse já não tem sangue e não serve nem pra morto vivo. Só serve pra fazer papel de palhaço sob o crucifixo do Eduardo Cunha.

       

  4. Cirúrgico

    Postagem politicamente cirurgica Nassif!

    Uma eventual união política de Serra com Temer apenas ratificaria a tendência lupanar de nossa política. O “problema” que vejo nessa união é de ordem prática, até para ambos, pois asssim como dois escorpiões jamais dividem o mesmo buraco, dificilmente um prostíbulo funciona com duas cafetinas…

    Um abraço.

  5. A propósito de Serra

    A propósito de Serra, Nassif seu jornal poderia ir atrás deste nefasto personagem e perguntar porque ele pressionou o pesquisador Gilberto Chierice, o pesquisador que desenvolveu o fostamina que marca as celulas cancerosas e o sistema imunológico as destrói. Remédio este comprovadamente eficaz, que daria a Gilberto a chance de postular um prêmio Nobel e mais importante tantas vidas poupar. 

    Se Serra negar que pressionou pessoalmente, algo que por sua canalhice certamente o fará, faça uma entrevista com Gilberto. Quem sabe ele, depois de sofrer muito ostracismo, inclusive na USP e na academia em geral, não resolva contar, como os mais próximos a ele sabem. Quem sabe ele não solte o pino da granada e teremos mais um dossiê contra o abjeto político. Precisamos passar uma “serra” neste José e retirá-lo de uma vez da vida Pública.

     

    Samuel

     

  6. A propósito de Serra

    A propósito de Serra, Nassif seu jornal poderia ir atrás deste nefasto personagem e perguntar porque ele pressionou o pesquisador Gilberto Chierice, o pesquisador que desenvolveu o fostamina que marca as celulas cancerosas e o sistema imunológico as destrói. Remédio este comprovadamente eficaz, que daria a Gilberto a chance de postular um prêmio Nobel e mais importante tantas vidas poupar. 

    Se Serra negar que pressionou pessoalmente, algo que por sua canalhice certamente o fará, faça uma entrevista com Gilberto. Quem sabe ele, depois de sofrer muito ostracismo, inclusive na USP e na academia em geral, não resolva contar, como os mais próximos a ele sabem. Quem sabe ele não solte o pino da granada e teremos mais um dossiê contra o abjeto político. Precisamos passar uma “serra” neste José e retirá-lo de uma vez da vida Pública.

     

    Samuel

     

  7. E a formação dele?

    Nunca se sabe em que este cidadão se formou, não é? 

    Mas, como se comenta que o cidadão se formou em economia e aqui se comenta que este conhecimento lhe é precário, quem assinou o diploma em questão? 

    Recentemente fiquei sabendo que existem determinados cursos avulsos em universidades estadunidenses que não dão nenhuma profissão, apenas, um certo certificado de participação. Seria algum curso destes em que este cidadão se formou ?

    • Sem noção (e formação)

      Chirico nunca completou graduação em nada. Tem doutorado em Economia em Cornell, pois nos Estados Unidos é possível fazê-lo sem bacharelado. Mas a rigor o Serra não pode nem tirar registro de economista aqui no Brasil. 

  8. serra é um escárnio à

    serra é um escárnio à inteligencia das pessoas.

    mas ao zombar, ele  demonstra a própria

    inviabilisdade do que propõe.

  9. Vamos mais a frente.. num

    Vamos mais a frente.. num possível governo Temer não se esqueçam do seu Vice, afinal o Temer está na Lava-Jato.. 

  10. Economista

    ele nunca mostrou seus diplomas de economista competente (ja desistiu de se gabar engenheiro da politecnica , pois nem assistia aula ) quando se deu o golpe , seg5undo Jose de Abreu peg5ou o dinheiro da UNE e sumiu , foi localizado no Chile e ficou conhecido como unico lider estudantil que fugiu , quando voltou foi dar aulas na UNICAMP e aleg5ou que o governo dos militares estavam dificultando a liberaçao dos seus´ ´ documentos´´  unico caso em que os militares reteram diplomas.

    Em 1982 os exibidores de filmes conseguiam na justiça liminares para exibir filmes com sexo explicito como o imperio dos sentidos e caligula , Montoro deu uma pasta a ele e diziam que era o espetaculo enriquecimento explicito.

    Embora de diga defensor da iniciativa privada , nunca trabalhou e ninguem sabe a origem dos recursos que custearam a sintuosa casa  em Pinheiros,

    Pperdeu varios processos para Amaury Ribeiro Jr. que provou o uso de caixa dois e parentes como lavadores de dinheiro (qual a origem desse dinheiro ).

    É temido por jornalistas que ainda se manteem empregados , por conta de seu habito de pedir cabeças nas redaçoes..

  11. Serra sempre foi um “Zero à esquerda”

    Respondendo ao comentarista, que queria saber, aonde o Serra teria “comprado” o diploma. Cheguei a conviver enquanto universitário, com ele, embora em outra classe e noutro curso acadêmico, e ele jamais foi partícipe atuante, em qualquer atividade extra-curricular, ou políticas e de enfrentamento aos militares, como era comum entre nós universitários, e  sempre que provocado, saia pela tangente e sempre foi covarde e insignificante nas diversas oportunidades, em que a classe estudantil, tomava a dianteira de enfrentar os “donos do Poder. Na única oportunidade em que sobresaiu-se na UNE, e conseguiu presidir a categoria,”mijou prá tráz” envergonhou a gente e ao ser preso e exilado, sumiu no conceito que o cargo tinha lhe dado.

    Alçado politicamente por outros célebres oposicionistas, quando de sua volta do exílio, passou a ser a “Maria vai com as outras” da política servil, e mesmo tendo tido inúmeras oportunidades de crescer politicamente, nunca demonstrou coragem nem sabedoria, para virar um grande político, e sempre que exerceu cargos majoritários, abandonou-os no meio do caminho, na ambiçaõ de galgar degraus e chegar à Presidência da República, o que seria uma temeridade, pois como Prefeito, Governador, Senador, Ministro de Estado, suas atuações foram sempre de alguém incapáz, inseguro e tra´ra, além de ambicioso e cruel. Quanto a ter ganho do Suplicy, é que em São Paulo, o voto anti-PT, é uma coisa que nenhum analista político ou um sociólogo, consegue explicar.

     

  12. Serra

    Uma bela análise, muito bem concatenada. Uma vez, um chefe confidenciou que esse cidadão pediu a minha cabeça, não entregue na ocasião. Um grande abraço, caro Nassif

  13. O apoio de Serra a Temer

    Acho que faz todo o sentido a entrada de Serra no barco do Temer.  Basta ver quais são as ligações deles no Congresso: os  piores Com seu passado, digamos, tortuoso não seria um estranho no ninho.

    Se a lavajato fosse imparcial nas investigações haveria uma limpa nas hostes golpistas mas . . . 

  14. Perfeito o perfil. Melhor,

    Perfeito o perfil. Melhor, impossível. Conclusão: essa dupla é uma verdadeira temeridade. Socorro! Vamos todos nos salvar dessas pestes.

  15. eppur si muove

    Paradoxo: como é que um cara universalmente temido e odiado pode ter sido governador de São Paulo, prefeito de Sampa, candidato a presidente da república, ministro de estado, presidente da UNE, etc, etc, etc? Será que a mídia conseguiu enfiar na minha cabeça a ideia da contribuição dele ao projeto do SUS e à fabricação de medicamentos genéricos? Devo dizer que minha dúvida exclui toda e qualquer possibilidade de simpatia pelo vilão.

  16. Cerra não completou mandato

    Cerra não completou mandato nem de presidente da UNE. Fugiu para levar vida boa no Chile. Depois foi correndo para os EUA. Não é de assumir grandes responsabilidades. 

    Pretende Pular no barco do golpe para ser ministro. Não conseguiu ganhar eleição agora quer ser um rasputin num eventual “governo” temer. As negociações das milícias demotucanos com a ala golpista do PMDB para consumação do impeachtment deixariam a equipe da lava jato com o bumbum na parede de tanto medo.

  17. Somente num país com mídia

    Somente num país com mídia oligopólica, partidária e fascista um Serra pode continuar a ter espaço.

    Em qual país,  um candidato que promovesse um papelão ao vivo e a cores com uma bolinha de papel , ainda estaria politicamente vivo?

     

     

  18. povo brasileiro necessita de um “macho alfa” pra seu governo…

    está patente o governo de des/governo do inepto governo dilma

    na vacância flagrante da autoridade-mor político&administrativa

    o animal político sente o cheiro da vacãncia de fato no vil poder

    é por isso que, serras & ciros & marinas & temers se assanham

    e partem para ataque cada qual na estratégia política de poder

    em suma biológica: o povo necessita urgente do “macho alfa”

    justificando

    o domínio de fato das razões políticas de luta & intriga pelo trono

    e o “macho alfa” que irá co/mandar súditos da nação brasileira:

    “Nossos primos chimpanzés normalmente vivem em pequenos bandos de várias dezenas de individuos. Eles formam fortes laços de amizade, caçam juntos e lutam lado a lado contra babuínos, guepardos e chimpanzés inimigos. Sua estrutura social tende a ser hierárquica. O membro dominante, que quase sempre é um macho, é denominado “macho alfa”. Outros machos e fêmeas demonstram sua submissão ao macho alfa curvando-se diante dele enquanto emitem grunhidos, de modo não muito diferente de súditos humanos se ajoelhando diante de um rei. O macho alfa, se esforça para manter a harmonia social em seu bando. Quando dois indivíduos brigam, ele intervém e impede a violência. Em uma atitude menos benevolente, ele pode monopolizar alimentos particularmente cobiçados e evitar que machos de postos inferiores na hierarquia acasalem com as fêmeas.

    Quando dois machos estão disputando a posição de alfa, eles normalmente fazem isso formando grandes coalizões de apoiadores, tanto machos quanto fêmeas, dentro do grupo. Os laços entre os membros da coalizão se baseiam em contato íntimo diário – abraçar, tocar, beijar, alisar e fazer favores mútuos. Assim como os políticos humanos em campanha eleitoral saem por aí distribuindo apertos de mão e beijando bebês, também os aspirantes à posição superior em um grupo de chimpanzés passam muito tempo abraçando, dando tapinhas nas costas e beijando filhotes. O macho alfa normalmente conquista essa posição não porque seja fisicamente mais forte, mas porque lidera uma coalizão grande e estável. Essas coalizões exercem um papel central não só durante as lutas pela posição de alfa como também em quase todas as atividades cotidianas. Membros de uma mesma coalizão passam mais tempo juntos, partilham alimentos e ajudam uns aos outros em momentos de dificuldade.”

    Sapiens – Uma breve história da humanidade. Yuval Noah Harari. Trad. Janaína Marcoantonio. Ed. L&PM, 2015.

     

     

    • Machista

      Seu comentário provou minha teoria para explicar o motivo de tanto ódio cego contra a Dilma: puro e simples MACHISMO

       

  19. Arrasador! Um resumo

    Arrasador! Um resumo esplendoroso do que é José Serra: um sujeito que nos momentos mais difíceis e delicados emerge com a seu provinciano oportunismo, sua extrema mesquinheza e ambição desmedida. 

    Agiu como uma prostituta vulgar ao se oferecer como subalterno, figurante de um esquema golpista. Com todo o respeito às prostitutas pela comparação. 

    José Serra é um zumbi político. Morrer politicamente e não sabe.

  20. É só ver a primeira gestão dele no Senado

    Quando eleito senador pela primeira vez, Serra não cumpriu nem dois dos oito anos de mandato. Saiu para ser candiato a presidente (perdeu para o Lula), candiato a prefeito de SP (perdeu para Celso Pitta/Maluf), e para ser ministro do planejamento e da saúde de FHC. É um oportunista de mão cheia. Quem cumpriu o mandato dele foi o empresárioo Hugo Piva (quem?).

  21. A benção de Serra ao golpe é a garantia da derrota deles

    Serra é um perdedor. Sua benção ao movimento golpisa é uma maldição. Quanto mais o golpe tiver a cara de Serra maior a certeza de que serão derrotados. O político da Mooca carrega a maldição da derrota. Com Serra do outro lado, é certa a vitória do campo da legalidade. Do outro lado juntaram-se o achacador chantagista, o vice que  conspira nas sombras, o playboy colecionador de aeroportos e helicópteros estranhos, a direita burra e corrupta e, agora, para coroar, o vampiro da Mooca. Família monstro perde.

  22. Nassif porque você dá tanto

    Nassif porque você dá tanto espaço se ele é um mediocre.

    Serra deve ter muito dinheiro em caixa para comprar tanto apoio e se elegar se não tem nenhum talento.

    É feio que doi, a retórica e a eloquência é mediana ninguém supera negativamente a Dilma neste ponto, a inteligência mediana,

    Serra parece a oposição criada artificialmente para perder mas ainda dar um ar de democracia, só que as vezes ele ganha. 

  23. Mefistófeles

    Aquele que não ama a luz! O figura tenebrosa, siô !

    Midas, tudo que tocava virava ouro. Com Serra, vira carvão. Vai ficar no Vale dos Suicidas do Umbral até o fim dos tempos…

    Se Deus é brasileiro, Serra é nosso encosto, assim como aquelas duas outras almas penadas, FHC e Aécio.

    Exorciza, Brasil!

  24. eis mais uma “grande obra de engenharia reversa” de dilma

    eis mais uma “grande obra de engenharia reversa” do governo de des/governo do governo dilma…

    ressuscitar da cova rasa o protagonismo político para uma liderança política fim de carreira que não se deveria levar a sério e que a bem da verdade se movimenta sinistramente – pelos ermos e becos e cais obscuros infectos sujos de brasília e do poder – mais como um político vampiro-zumbi, um morto-vivo…

    pois não é que é: a inépcia política atroz do governo dilma de “colisão” consegue dar vida nova e protagonismo à zumbis políticos!

    sem chance!

    o povo de bom senso deve aqui agora provocar, por bem ou por mal, a renúncia para o alto da presidenta dilma em caráter irrevogável, para o bem maior do país do futuro e de seu povo sofrido.

    impeachment já será tarde demais…muito tarde

    o tempo urge!

    o leão de saco cheio de cada brasileiro de bom senso ruge…

  25. o gargamel serra é o

    o gargamel serra é o esterótipo do momento político brasileiro

    composto por uma direita canalha conluiada com  aproveitadores

    e infames de espécies assemelhadas a quadrilhas de facínoras…. 

     

  26. Serra, Temer e otras cositas más…

    José Serra, Tenho certeza, é agente da CIA. Temer, não tenho certeza. Mas é tranqueira também.

    Colocando-me sempre à disposição, desde já, agradeço;

    João Teodoro.

  27. Queria Çerra como candidato

    Queria Çerra como candidato do P$DBesta! Ele é muito mais engraçado que o Laércio. Ora é aulinha de matemática errada, ora é bolinha de papel, ora é beijo duma popular, tarja preta, tirando meleca do nariz, chutando bola e o sapato “voando”…

    Queria pelo menos mais uma vez Çerra ser derrotado pelo PT!

  28. Peço licença pra um fato

    Peço licença pra um fato novo:

    Mais denúncias pra Delcidio e Janot aceitas por Janot.–são várias.

      Uma me chamou a atenção:

       Delcídio, Diogo e Edson foram denunciados também pelo crime de exploração de prestígio.

      Exploração de prestígio ?

      Essa é nova.

  29. Um bordão

    “Entregar, trair e destruir, para melhor se servir”.  Quem sabe, seja um bordão adequado para sua traduzir a sua existência? Quem tem outro?

  30. Os áulicos de Serra na mídia

    Os áulicos de Serra na mídia precisam entender que a democracia assim como as redações podem arder num golpe. Parece que ainda não entenderam isso. Quem os fará entender a gravidade da reação ao que pretendem? Será que não entenderam nada sobre a mobilização atual dos alunos secundaristas em São Paulo? O nivel de politização e mobilização social hoje turbinado pelas redes sociais é algo que vem sendo sistematicamente e  irresponsavelmente menosprezado por esses cavaleiros do apocalipse. Temer inclusive.

  31. Como chegamos ao mundo onde

    Como chegamos ao mundo onde os incautos colocam em cheque os justos e gozam da proteção de organismos, da isenção de suas culpas, no mais absoluto silêncio ensurdecedor, de sua desprezível, reprovável e condenável atitude? Nas mais funestas atitudes, hoje até recorrem e disseminam graças aos meios facilitadores, artigos que não lhes pertencem, tentando se apossar, como se possível fosse, das virtudes contidas nesses conceitos, pensamentos, idéias, paradigma. Coloquemos os píngos nos is. Honrado MLK, não usarei sua citação em vão, pois aqui nesse contexto, ela é adequada, simétrica, precisa. “O QUE ME PREOCUPA NÃO É O GRITO DOS MAUS. É O SILÊNCIO DOS BONS”! Que estranho mundo da conivência e hipocrisia? Onde está aquele da palavra, da honra, do respeito, da honestidade, da dignidade? Estou falando pra voce Magistrado, Delegado, Promotor, Senador, Deputado, Jornalista, e todos os cidadãos que descaradamente fingem não enxergar as jogatinas, as manobras, as falcatruas, de tantos que sabidamente, trapaceiam, e “iludem” a Nação, posando essa falsa idoneidade, conspirando e executando os mais ardilosos esquemas, a favor de seus interesses mais mesquinhos,

  32. Olha senhor Fabio, que eu

    Olha senhor Fabio, que eu saiba na Argentina o partido da senhora Cristina Kirchner conquistou maioria, enquanto na Venezuela os caras ganharam nas urnas, não foi nem um golpe militar nem uma invasão estrangeira tipo Iraque de Saddam Hussein portanto as vitórias da oposição (de direita? é isso?) não foram assim tanto acachapantes.

  33. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome