Weintraub sai do MEC? Não comemore, a razão pode ser nada educada, por Fernando Brito

Hoje, no Twitter, Weintraub deu uma pista do que pode estar por trás desta movimentação por sua saída.

do Tijolaço

Weintraub sai do MEC? Não comemore, a razão pode ser nada educada

por Fernando Brito

Renata Cafardo, no Estadão, diz que os pedidos de demissão de auxiliares próximos do cidadão Abraham Weintraub, que se senta na cadeira de Ministro de Educação antecipa a sua saída do cargo, do qual está tirando férias informais, ao qual não votaria mais.

Devagar com as comemorações, já de início porque no governo Bolsonaro, é sempre possível que o próximo escolhido seja pior, como aconteceu com o próprio Weintraub ao substituir o patético Ricardo Velez.

Mas também porque as razões podem ser outras.

Cafardo diz que Weintraub “é malvisto” pelo Ministro da Economia, Paulo Guedes.

Paulo Guedes, casualmente, é irmão de Elisabeth Guedes, presidente da Associação Nacional de Universidades Privadas.

Hoje, no Twitter, Weintraub deu uma pista do que pode estar por trás desta movimentação por sua saída.

Destacou como “o mais importante” o trecho de seu depoimento na Câmara aquele em que, respondendo ao deputado Tiago Mitraud, do Novo, diz:

— Existem interesses de grupo que não são de esquerda na área de Educação. Eu estou falando loucura aqui? Existem grupos, sim, privados, com interesse em ter outro Ministro da Educação. E estes grupos, da área privada, não querem o Abraham Weintraub lá.

Com a nota no Estadão, veio depressa Miriam Leitão fazer coro em O Globo, dizendo que sua saída do MEC “seria um avanço ” e que “Weintraub consegue desagradar a todos, até dentro do governo. No Ministério da Economia acha que ele toma decisões que afetam outras pastas sem ouvir os colegas.”

Faz meses que é uma obviedade que Abraham Weintraub não está nem perto das qualidades necessárias para ser Ministro da Educação, e que sua estupidez e grosserias já o deveriam tirado de lá. Não lhe tenho qualquer simpatia e estou, inclusive, sendo processado por ele, a quem terei o prazer de derrotar na Justiça.

Leia também:  Colapso das finanças públicas?, por Paulo Nogueira Batista Jr.

Nenhuma das barbaridades que disse e fez o abalou no cargo. Ao contrário, exatamente por isso, tornou-se ídolo da matilha.

Portanto, procurem-se razões outras, muito outras.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

6 comentários

  1. Se miriam leitao, uma apoiadora daquele capital “privado para poucos” se meteu é porque a irmã do guedes quer mais rapidez na precarização do ensino públicos.
    Este desgoverno só promove estas patifarias porque conta com a cumplicidade desta imprensa canalha e hipócrita.
    E, claro, a saída de Weintraub é indiferente para o bem do país pois o estoque de idiotas deste pseudo governo parece inesgotável.

    15
  2. A educação se faz não somente através do conhecimento mas também, através da sabedoria, coisa que nem Weintraub ou qualquer outro ministro indicado pelo governo Bolsonaro vai ter.
    Assim sendo, com base no lucro do capital privado esse governo vai continuar tirando invertimento do ensino público, para aplicar no ensino privado.
    Desta forma a população carente vai continuar sem educação, contribuindo para um país sem conhecimento e portanto, sem sabedoria, sem cultura, sem riqueza e com muita pobreza.

  3. E por mais que estes assassinos da educação publica tentem minar nossas grandes universidades em favor dos grupos de universidades particulares, cuja associação é presidida pela irmã do sr guedes, suas ações nao conseguem ocultar as joias que a todo momento emergem dos nossos grandes centros de ensino publico.
    https://www.jb.com.br/ciencia_e_tec/2019/12/1020883-pesquisadora-da-coppe-e-agraciada-com-o-premio-marie-curie.html

    Aos canalhas que se locupletam para enriquecer com a venda da educação, fica este registro do sucesso de nossos pesquisadores, que enche de orgulho quem verdadeiramente ama o Brasil.

  4. Boa informação, com certeza; mas, desculpe se for arrogância, é necessário que seu texto seja revisado, pois fica difícil, principalmente nos parágrafos iniciais, o entendimento. Fui meio que adivinhando as ideias…

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome