Artistas da 32ª Bienal de São Paulo manifestam-se contra Temer

Artistas da Bienal de São Paulo em protesto contra o presidente Michel Temer.
 
Jornal GGN – Durante a entrevista à imprensa dos curadores da 32ª Bienal de São Paulo, que será aberta ao público nesta quarta-feira (07), artistas liderados pelo coletivo Opavivará manifestaram-se contra o governo “golpista”, “fascistas” e gritaram “fora Temer”.
 
Durante o ato, logo após os curadores apresentarem o evento aos jornalistas, um grupo de artistas posicionaram-se em frente à mesa dos responsáveis pela mostra, para se manifestar. Entre eles, Amilcar Packer lembrou a truculência da Polícia Militar com as manifestações na capital paulista, gerando a prisão de 26 pessoas nos últimos dias na cidade.
 
Aplaudido por grande parte dos jornalistas que acompanhavam a coletiva, o ato foi breve: cerca de cinco minutos. Os artistas usavam camisetas com os dizeres: “quero votar para presidente”, “direjas já”, “fora Temer” e outras palavras de ordem.
 
As roupas foram produzidas pelo coletivo Aparelhamento, que se formou na ocupação da Funarte, em São Paulo, contra o governo de Michel Temer, e desfeita em julho deste ano. 
 
Além dos artistas, também alguns críticos estrangeiros usavam as camisetas criadas para o ato. Os próprios curadores da mostra, incluindo o chefe da equipe, o alemão Jochen Volz, mencionaram a crise política.
 
“Em seu discurso de posse, Michel Temer disse que havia acabado a incerteza, mas nós queremos falar da incerteza sim”, disse. O título desta edição da mostra chama-se “Incerteza Viva”. 
 
Com informações da Folha de S. Paulo

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  MP vai investigar conduta de PMs contra manifestantes antifacistas

2 comentários

  1. Por que as manifestações são

    Por que as manifestações são contra o Temer? Ele é apenas um Fantoche amedrontado manipulado pelo pig. Ele passará como um cometa no governo e outro qualquer será colocado no seu lugar, na marra, quer seja de forma indireta ou por eleições fraudulentas. As manifestações tem que ser contra a globo. Pelo fechamento da rede golpe. 

  2. Calma, gente!

    Segundo o Temer não é nada pra se levar a sério: são só 40 artistas protestanto – e quebrando as instalações da Bienal…

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome