Exposição Coletiva de Arte Que a Justiça reine em meu País, por Rosângela Vig

Fotos: Sandra Honors

Do Obras de Arte

Exposição Coletiva de Arte “Que a Justiça reine em meu País”

por Rosângela Vig

Em meio à Arte, tantas foram as manifestações de quem cria, clamando por um país melhor, mais justo e por consequência, com cidadãos mais felizes. Na Escultura, na Pintura e na Fotografia, as cores do Brasil predominaram, falando em alto tom, entremeados de mensagens que falam pela voz dos brasileiros.

No coquetel, ficou claro o sucesso da exposição, com a impecável abertura e entrega de certificados aos artistas participantes. A surpresa da exposição ficou por conta das obras ainda inéditas de cada um de seus autores, feitas especialmente para o evento. Todas cobertas, foram uma a uma, aos poucos descortinadas, iluminando com cores e formas, na OABSP – Jabaquara. O sucesso e o ineditismo se deve à Coordenadora Dra. Cíndia Regina Moraca e à Curadora Dra. Sandra Maria Honorato Silva.

As obras poderão ser vistas até o dia 22 de setembro, das 10 às 18 horas. E a Arte, mais uma vez, leva a pensar deixando sua mensagem, em cada cor, em cada forma, em cada entalhe, por um país melhor e mais justo a todos.

Confira as fotos:

*Coquetel de abertura da Exposição Coletiva de Arte “Que a Justiça reine em meu País”. Crédito: Sandra Honors.

 

                               

     

                                           

      

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

1 comentário

  1. Exposição Coletiva de Arte “Que a Justiça reine em meu país”

    Nessa exposição “Que a Justiça reine em meu país”, vocês artistas brilharam! Cada qual com seu estilo, técnica e abordagem, deram um verdadeiro show ao expressarem os diversos aspectos da Justiça!
    Como curadora, me senti honrada em conviver esses dois meses, com artistas tão talentosos e engajados trabalhando essa temática de fundamental importância para todos nós!
    O trabalho de curadoria é surpreendente! Começamos com uma ideia, com um projeto, que aos poucos vai se delineando e tomando vida própria! É uma troca durante o tempo todo! Artistas e curador, configurando o que será o resultado final! A exposição montada e pronta para sua abertura! Esse processo é sempre muito gratificante!
    Minha gratidão a você, aos artistas, à Comissão de Direito às Artes, ao qual faço parte, com muito orgulho e alegria! Obrigada à dra. Cíndia Regina Moraca, diretora da Comissão, que não mede esforços para proporcionar aos artistas, um espaço diferenciado, todo respeito, incentivo e admiração que vocês merecem!
    Grande beijo e mais uma vez, muito obrigada!
    Sandra Honors – Curadora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome