Banhos naturais para lidar com estes tempos difíceis, por Matê da Luz

por Matê da Luz

Apelas pro que é seguro, antigo e mágico: esta é uma das receitas mais alegras pra trazer segurança ao clima aqui em casa e, se depender de mim, estas práticas vão voltar com tudo às rotinas daqui e de acolá. Porque se “lá fora” a coisa toda tá estranha, esquisita, pulsando errado – acredite, esta é uma questão muito mais profunda do que “quem eu quero não ganhou” – os ânimos internos são os que verdadeiramente balizam nossas emoções e, portanto, nossas ações. 

Pra quem não quer saber da experiência pelo misticismo, pelo caminho de encontro com o eu-interior, que é onde a segurança mora, faça pelo ritual, pela mandinga, pela esperteza de utilizar receitinhas simples de bem-estar. Ou faça porque sua avó fazia, ou porque você quer que sua neta faça. Mas faça. Em tempos bizarros, a segurança fluída da natureza transbordando num banho rotineiro faz bem não só pro corpo – mas especialmente pra alma. 

Aqui, as receitinhas compartilhadas pela moça querida do NaturalVibe:

Renovação das energias:

1 litro de água
3 colheres de sopa de sal grosso

Tome seu banho normal e na hora do enxágue jogue a água com sal grosso, somente do pescoço para baixo, imagine-se totalmente limpo, energizado e protegido! ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀⠀ ⠀ ⠀ 
Força e Coragem:

Ferva 2 litros de água com:

folhas de alfazema

manjericão

9 rosas brancas (Use somente as pétalas)

Alecrim

Canela

Cravo ⠀

⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀⠀ ⠀ ⠀ 
Serenidade:

Ferva 2 litros de água com:

1 maço de manjericão macerado ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀⠀ ⠀ ⠀ 
 

 

Dicas especiais:

1- Faça um banho de limpeza com sal grosso primeiro e depois algum energizante por que o sal grosso limpa até o que é bom. 
2- Não enxágue, deixe secar naturalmente e no máximo use uma toalha pra auxiliar mas sem tirar o sal e as pétalas do banho.
3- Depois do banho, recolha as pétalas e folhas e jogue em um jardim. ⠀

 

Valendo! Se fizer, me conta como foi, tá? (mas faça!)

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Não se deixem enganar com a economia, por Rui Daher

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome