Histórico discurso de Leonel Brizola na resistência ao golpe de 1964

Por Roberto Bitencourt da Silva

Um histórico discurso pronunciado por Leonel Brizola, nos primeiros dias de abril de 1964, em Porto Alegre-RS, está disponível no Youtube. Em frente à Prefeitura porto-alegrense, contando com a transmissão da “Rádio Nacional da Legalidade”, e acompanhado por dois correligionários trabalhistas – o deputado federal Wilson Vargas e o representante da mocidade do partido (PTB), Claudio (inaudível) Rocha –, o então deputado federal Brizola preconizava a resistência popular e de frações militares nacionalistas ao golpe militar-empresarial que marchava aceleradamente.

Tentava-se reeditar a campanha da Legalidade de 1961, que assegurou a posse de João Goulart na Presidência. Brizola assinalava a importância da greve geral na Guanabara (atual cidade do Rio de Janeiro), assim como preconizava a mesma medida para as classes trabalhadoras de São Paulo, contra a “tentativa de golpe” dos “gorilas”, das “oligarquias” e do “capitalismo internacional”.

Ademais, saudava a colaboração do 3º Exército e apelava aos sargentos, aos fuzileiros navais e ao almirante Aragão, para a resistência contra a “ação criminosa” de uma “minoria” e do “Governador Carlos Lacerda”. Pedia igualmente a João Goulart que não renunciasse ao cargo e à resistência. Discursos dramáticos de Brizola e dos seus companheiros trabalhistas, norteados por valores nacionalistas e anti-imperialistas.

Seguramente os três recursos de áudio disponibilizados no Youtube configuram relevantes registros históricos, que lançam luzes sobre a época, bem como complexificam a convencional abordagem que destaca uma passividade popular e das esquerdas em relação ao golpe. Por fim, vale observar que a informação na abertura dos vídeos refere-se a 1961, mas os pronunciamentos deixam claro que ocorreram no calor dos idos de abril de 1964.

Parte 1: 

https://www.youtube.com/watch?v=e0o_XKIIW_k]

Parte 2: 

https://www.youtube.com/watch?v=baOSQzmX9_8

Parte 3: 

[video:https://www.youtube.com/watch?v=B6ngMd9Kve4

Roberto Bitencourt da Silva

Publicado no Diário Liberdade.

3 comentários

  1. Um discurso para uma

    Um discurso para uma resistencia que não aconteceu. nem no Rio Grande do Sul. A roda da Historia se movia para a direção contraria , Jango já não representava mais nada e não havia o que defender. O simples fato de Brizola apelar aos sargentos mostra um desligamento da realidade. Sargentos como rebeldes contra seu comando? Onde isso funcionou?

  2. na hora em Jango resolveu

    na hora em Jango resolveu assumir e tirando de Brizola até a oportunidade de concorrer, talvez só um golpe com volta rápida poderia salvar Brizola. Do mesmo jeito agora. Se for para espichar Dilma com eleição em quatro meses para Lula concorrer , ninguém discorda

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome