Lula, a lenda, está livre. Volta como o astronauta de mármore, por Armando Coelho Neto

Mesmo assim, Lula Livre é esperança de novo nas ruas, mas não arrisco dar palpites. Sei que para o golpe, a sua grande sorte é que o maior líder deste País é um pacifista

Lula, a lenda, está livre. Volta como o astronauta de mármore

por Armando Rodrigues Coelho Neto

Foi um julgamento teatral e empolado para discutir o óbvio cinicamente adiado, por várias vezes. Para quem não é do ramo, costumo dar como exemplo o seguinte: o Artigo 283 do Código de Processo Penal diz “A Paz é Branca”. Já o Artigo 5º da Constituição diz: “A Paz é Branca”. Mas, onze ministros se reuniram para decidir se era isso mesmo que estava escrito. Vergonhosamente, cinco ministros acharam que é mais ou menos cinza e que, branco não quer dizer branco (há uma ameaça vermelha no ar). Mas, seis outros magistrados, para tristeza da TV Globo, reconheceram: o que está escrito é mesmo, “A Paz é Branca”. Para vergonha da história da dita Suprema Corte, o placar foi de 6 x 5.

Falo de vergonha por que cinco ministros usaram como argumento a opinião pública, opinião esta que o ex-juiz Sérgio Moro fez questão de formar, enquanto fraudava a Justiça. Num conluio com a TV Globo, Veja, Jovem Pan, Folha, Estadão et caterva, o escambista Sérgio Moro trabalhou para que a sua própria opinião, sobre o que é ou não branco, se tornasse opinião pública. Entre cheques, chantagens, pressões de militares e das cadelas fascistas no cio, tribunais quiseram transformar em lei tudo o quanto o Marreco de Maringá pensa. Resultado, “A paz é branca” não queria dizer o que é.

A Globo deu dois mais dois ao povo, que fez a soma e deu quatro.

Foi assim que, “ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória”, previsto no Art. 5º da Constituição, deixou de ser o que é. Tentaram sepultar a ideia de Estado como sociedade política e juridicamente organizada.

Entretanto, mudou o momento, e não sei se trato essa mudança como modulação do golpe. Chamo de modulação tudo o quanto calculadamente a cozinha do golpismo flexibilizou, como por exemplo, reduzir a pena de Lula e impedir a prisão de Dilma Rousseff (em mais uma palhaça policialesca da capitã do mato – Polícia Federal). Modulação da ópera bufa é meio pelo qual, para esfriar a oposição, o golpismo arrefece ânimos, sinalizando com boas perspectivas disso e daquilo.

Leia também:  Com Lula solto, Lava Jato em Curitiba deflagra operação contra Lulinha

Mudou o momento. Como diz um amigo, o conservadorismo perdeu a rua, e ninguém pode mais sustentar o discurso (falso) moralista na política, porque a “Bolso Family” abriu a latrina da hipocrisia elitista. O “bolso-fascismo” fez o favor de esmaecer o (falso) moralismo como arma política do arcaísmo brasileiro. O aparato midiático, militar, de justiça e de segurança no Brasil está associado ao golpe (ainda que o povão não saiba dar nomes às coisas). O que fica claro é que o STF passou a agir de acordo com a Constituição Federal, porque os cheques sem fundo do golpe estão voltando.

A prova inconteste é que Joyce já briga com Frota, que assaca filhotes do Bozo, os quais sublimavam suas taras sexuais assistindo filmes do parlamentar pornô, que de quebra, ironizou: “Você gostava, né?”, resumindo o “décadence sans élégance” do golpe.

O novo momento coincide com manifestações nos países vizinhos. Sobre o exemplar Chile já se concluiu: não era do modelo que gostavam, mas sim da paralisia dos chilenos que resolveram ir às ruas. O burburinho na América aqueceu com o fracasso do Macri (Argentina), enquanto a vitória de Morales abre espaço para mais um golpe. Ferve a América de Bolivar, Marti, San Martin e Atahualpa, do “Quando será esse quando, senhor Fiscal, que a América seja um só pilar” (Violeta Parra). Nesse novo momento, o golpe no Brasil já acabou com direitos trabalhistas, previdenciários, entregou Alcântara, vendeu Embraer e nosso petróleo na bacia das almas.

Nesse novo momento, o golpe no Brasil está escancarado para o mundo, com Moro desmoralizado. O Toffoli que protege (legalmente ou não) o filho do “Bolsonaro” é o mesmo que desempata um tribunal vergonhosamente dividido. O repórter Gleen Greenwald, que abriu a sarjeta do golpe, é agredido por fascista covarde. Há um surto psicótico no ar: quem se queixa de Lula livre cala com a família Marinho solta. Idem Aécio Neves, Cunha e Queiróz… Enquanto isso, um certo Coronel Curi, cujo nome ninguém sabe sequer como se se escreve, nem se existe, prega o terrorismo por meio de áudios. A PF não sabe, é claro!

Leia também:  Polícia e repressão a bailes e danças populares. Paraisópolis: nove mortos, por Josias Pires

Nesse contexto sem generosidade, de aparente retorno da legalidade, não há mesmo clima para manter Lula preso. A corja golpista precisou se livrar do abacaxi. Acuado pelo clima, Tantã Dinheirol e sua corja ministerialesca se apressaram em propor o semiaberto para Lula. Ah, vá! Lá pra suas “nega”, cambada de fascistóides!

Há nesse novo momento gente com ou sem gabarito cheia de certezas. Sofro por ter apenas dúvidas. Se Lula solto é bom para o golpe, não pode ser bom para o Brasil. Não sei por quanto tempo, acho que Lula Livre é bom, indiscutivelmente bom para o próprio ex-presidente. Há um ser que aceitou a regra do jogo para acabar com a fome e reedificar o humano. Há um guerreiro ferido com sucessivas perdas humanas: amigos, esposa, irmão, neto. Que apesar das cicatrizes da história, ainda que possa ter cometido erros, emerge gigante do sequestro político. Lula está livre com uma tornozeleira invisível. Cabe ao povo arrancar.

Mesmo assim, Lula Livre é esperança de novo nas ruas, mas não arrisco dar palpites. Sei que para o golpe, a sua grande sorte é que o maior líder deste País é um pacifista, que sequer permitiu que os que o aclamavam, na euforia da liberdade, mandasse o Bozo tomar… (Deixa que eu mando!).

O golpe de 2016, seguido da fraude eleitoral de 2018, foi muito bem elaborado. Três crimes contra a humanidade lhe deram força: Rede Globo, Igreja Evangélica e Maçonaria. Mas, como tudo na vida tem um ponto fora da curva, não sei se Lula livre é esse ponto, mesmo que o “bolsofascismo” dê sinais de retorno ao seu tamanho original. Os cheques estão voltando, Joyce chorou e o mercado está assustado com o Brasil abaixo do poleiro, enquanto as galinhas de cima descomem.

Leia também:  Quem está disposto a romper o pacto que sustenta Bolsonaro, comentário de Rafael Viera

Lula livre! Para quem sonhou com matar ideias, deter a Primavera pisoteando flores, não conseguiu sequer destruir o homem Lula. Menos ainda a lenda Lula, posto que este, enquanto “Força da Natureza” e gênio da raça, Lula é como cana de açúcar. Por mais que se esprema, se bata ou se entorte, sempre fica um pouco de doçura. É como massa de pão: quanto mais se bate mais cresce. Como Joana de Gota D’Água, está tão forte quanto o imaginavam fraco. Ressurge como “O Astronauta de Mármore” (Starman, de David Bowie, versão da banda Nenhum de Nós): “Estar lá, viver, voltar… Desculpe estranho eu voltei mais puro do céu…”

Armando Rodrigues Coelho Neto – jornalista, delegado aposentado da Polícia Federal e ex-integrante da Interpol em São Paulo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

10 comentários

  1. Excelente texto !!
    Espero que lideres do PT leiam e caiam na real.
    O que seria o fascismo na periferia loucura loucura loucura, o PT ainda não se deu conta de que é necessário desenhar criar um Gibi para explicar ao povo brasileiro os impactos das decisões desse governo e que o futuro será escuro.
    É necessário ser muito muito didático para a massa acordar !!
    O Lula falou que vai colocar o pé na estrada ok tudo bem mas o PT continua sem conhecer a tecnologia como ferramenta de comunicação é lamentável ainda vive na década de 80.
    Falam de fascismo mas não consegue explicar para o povo de forma clara o impacto da reforma na previdência, falam de fascismo e não conseguem explicar o impacto das privatizações falam de spread bancário e não conseguem explicar como isso impacta na vida dos brasileiros.
    O Lula e o PT ainda não entendeu que o Brasil possui milhões e milhões de alfabetizados funcionais por isso a necessidade de DESENHAR, PINTAR, FILMAR E ETC

    Toda essa lucidez de Lula não vai resolver somente com caravanas e propostas de governo para 2020, antes é necessário abrir os olhos do povo com o está acontecendo no Brasil.

    7
    1
  2. 9 décadas de Estado Ditatorial Absolutista Caudilhista Assassino Esquerdopata Fascista. Mais um Caudilho na história brasileira e latino-americana será a solução?! Haja esquizofrenia e bipolaridade !!! Bolívia e Chile estão aí para dar-nos uma lição e anteciparmos a tragédia. Um presente do destino. Rabo que outrora foi cabeça pode retornar a sua posição de vanguarda, sucesso e liderança que ocupava até 1930. E dar um direcionamento a todo Hemisfério Sul. OU pode reinventar a ‘novidade’ com seus DonSebastianismos. Só que agora o Povo fala por si, como na Greve dos Caminhoneiros. A figura do Salvador da Pátria, o Pai dos Pobres ficou isolada em meia dúzia de doutrinados. “Do Povo, pelo Povo, para o Povo”. O Brasil é dos Brasileiros. Pobre país rico. Mas de muito fácil explicação.

    1
    5
    • *Zé Sérgio, vc tomou seu Rivotril??
      *Esse Governo Fascista passará mas o #Lula é LENDA!
      *No momento existe um GOVERNO composto por PSICOPATAS, cada um que se completa com o outro, ou seja existem vários tipos de PSICOPATAS!

      *NO MAIS É UM EXCELENTE TEXTO que o Armando escreveu como sempre , objetivo , esclarecedor e acrescenta muito… Parabéns!

  3. O que eles querem é transformar o Lula Livre em algo banal, que até possa ser positivo para essa white trash atualmente no poder. Querem, mas a batalha travada é dura e nos não estamos brincando de democracia e de que pais queremos para nossas crianças. “A vida é luta renhida”.
    Representantes de diversas etnias indigenas estão na Europa e eles têm feito um excelente trabalho de divulgação das mazelas e perversidades que o povo autoctono tem sofrido no Brasil.
    O Brasil esta na “moda”, como ha muito não se via, mas se falam do Brasil, falam porque ha um governo esquizo e existe um homem como Lula. Esse governo, passara. Lula é lenda!

  4. Será que fui só eu que notei que a economia (restaurantes, bares e demais comércios) se aqueceu do dia em que Lula foi solto?
    As pessoas voltaram a ter confiança em si mesmas.

    3
    1
  5. O choro da Joyce foi por alergia ao rimel.
    A pobre já está reunindo uma patota para compartilhar o seu farelo de porca.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome