Os três amigos, por Alex Solnik

Por Alex Solnik

Do Brasil 247

Vi ontem no “Fantástico” uma cena que poderia ser apenas “um encontro de amigos de 30 anos”, num final de tarde de domingo, como o próprio texto narrou, se os três amigos não fossem quem são – Michel Temer, presidente da República; Moreira Franco, um de seus ministros mais íntimos e o ministro do STF, Gilmar Mendes – e o momento não fosse um dos mais delicados da vida nacional, três dias depois da morte do ministro relator da Lava Jato Teori Zavascki, que estava para homologar delações de diretores da Odebrecht, que envolvem Temer e Moreira Franco, este sob o apelido “Angorá” em denúncias de corrupção.

Foram filmados na varanda do Palácio do Jaburu, em trajes esportivos, aparentemente alheios à crise que tomou conta do país depois que o avião em que Teori viajava caiu no mar, suscitando suspeitas em grande parcela da população, desconfiada de que houve um atentado, apesar das evidências apontarem em outra direção.

Temer e Gilmar são reincidentes. Em viagem recente ao velório do ex-primeiro ministro de Portugal, Mário Soares, o presidente da República deu “carona” no avião presidencial ao ministro do STF que é também presidente do TSE, onde corre o processo de cassação da chapa Dilma-Temer.

Agora o caso é ainda mais grave. Discute-se quem irá herdar a relatoria da Lava Jato. Já se chegou ao consenso de que a presidente do STF Carmen Lúcia deverá redistribui-la entre os colegas atuais por sorteio. Mendes, portanto, pode ser o escolhido.

Leia também:  Quintas-Feiras Negras, por Fernando Nogueira da Costa

Os três amigos não deram a menor importância ao dispositivo da constituição que determina a separação dos Três Poderes e afrontaram a opinião pública com a sua falta de pudor.

Não dá para Temer nem Gilmar afirmarem, dessa vez, que estavam apenas jogando conversa fora.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

10 comentários

  1. Impeachment é pouco, para tamanha canalhice.

    Além do mais esse temer é citado na lava jato, e seus amigos portanto assim como de psdbistas, em seus crimes são parceiros e cúmplices.

     

  2. Eis a Republica!

    Bom, o trio acima não é propriamente conhecido por portar neles valores morais e éticos, muito menos republicano. Desconfio que Gilmar Mendes quando criança bateu a cabeça e perdeu toda noção de moral, ética, justiça….

  3. Quadrilha
    Gilmar no Jaburu confraternizando com réus é algo como um juiz merendando no sítio do Marcola com o próprio (se solto estivesse), antes do julgamento. Ou como Moro e Aécio se bolinando em público em festa da Isto É.

    Juiz com amigos réus? Só na casa de tolerância que virou o Poder Judiciário no Brasil.

    Em todo caso, voltando ao Gilmar, vem armação das grandes por aí. A bandidagem com quem ele se encontrou é barra-pesada. Ele próprio, coronel das antigas, não é flor que se cheire. A última vez que saiu na foto almoçando com gente do submundo, Serra e Armínio Fraga, especificamente, o Congresso deu um Golpe de Estado na sequência

  4. 4 amigos: a Globo filmou tudo e amaciou para o público, pra que?

    A Globo teve um papel importantíssimo nesse episódio. Eu sinceramente não entendi ainda pra que esse tipo de encontro aconteceu em local aberto e nem por que foi filmado e noticiada pela Globo em pleno fantástico, mas tenho 3 suposições:

    1-Noticiou-se apenas para evitar que algum blog de esquerda flagrasse o furo e noticiasse de forma prejudicial. O que é estranho pois tal encontro poderia se dar em lugares mais reservados.

    2-Demonstração de força do grupo de poder. Querem parecer acima das leis e do jogo político nacional… fazendo as próprias regras de etiqueta e demonstrando controle sobre a mídia.

    3-Provocar os adversários em busca de reações que podem ser usadas no futuro. Gilmar sabe que é figura frequente nos blogs de esquerda e sabe que suas atitudes vão criar manchetes… acho que ele busca ser “perseguido” para depois parecer de vítima quando seu nome aparecer em alguma lista de propina, como o mensalão mineiro.

    Estou cada vez mais convencido que algumas aparições espalhafatosas e provocativas de Gilmar Mendes são demonstrações de força e poder para os seus adversários. Ele aparece de forma tão debochada e explícita que fica claro que quer mandar um recado: “Estou acima das leis… não tenho constragimento algum nessa situação… existe uma equipe na minha gangue que cuida de tudo”.

    Esse episódio ficou meio solto no ar…

    • Carmen
      Outra hipótese seria Gilmar peitar Carmen Lúcia para afirmar, como um macho recalcado que é: “EU me deixo fotografar ao lado de Temer!”

      Só que deu ruim.

  5. São tantas bagaceiras desavergonhadas

    São tantas bagaceiras desavergonhadas. Ver os três “amiiguinhos de 30 anos: Traíra – Beiçola – Gatinho Angorá” se encontrarem no Palácio do Juburu, em plena luz do dia para serem fotografados, realmente é desprezível. Mas esse encontro “público”  e essa imagem deixa claro o que eles querem dizer: SOMOS ÍNTIMOS E NINGUÉM TEM ANDA HAVER COM ISSO. É evidente que eles poderiam ter se encontrado nas caladas da madrugada em um local onde ninguém teria acesso para filmá-los, mas por detrás dessa atitude tem algo a mais.  Está em jogo a cabeça do Traíra e do Angorá, e cabe ao Beiçola salvá-los custe o que custar. Beiçola e Traíra, viajaram juntos para Portugal. Só DEUS sabe o que tramaram neste percursso ida e volta. Por muito menos bateram panelas contra srª Dilma. Lamentável!

    • “Por muito menos bateram

      “Por muito menos bateram panelas contra srª Dilma. Lamentável!”

      O Brasileiro é um povo de merda !!! OS mau-caratéres no governo ilustram bem o que o Brasileiro é. O Brasileiro se enxerga nesse tipo de escroque.

       

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome