Talvez Trump vá chamar Hollywood para chefiar a luta contra o Coronavírus, por Rogério Maestri

EUA não conseguiram fazer um teste confiável contra o Coronavirus até o dia 27 de fevereiro e impediram que os laboratórios das universidades norte-americanas e até serviços médicos de grandes estados elaborassem e utilizassem o teste.

Talvez Trump vá chamar Hollywood para chefiar a luta contra o Coronavirus

por Rogério Maestri

Li uma notícia há menos de uma hora que fiquei atônito, o famoso CDC, aqueles fantásticos cientistas norte-americanos que descobrem as grandes epidemias mortais salvando a Terra, não conseguiram fazer um teste confiável contra o Coronavirus até o dia 27 de fevereiro e impediram que os laboratórios das universidades norte-americanas e até serviços médicos de grandes estados elaborassem e utilizassem o teste.

Se a origem desta notícia fosse um jornal tradicional ou mesmo uma grande rede de TV eu ainda não acreditaria, entretanto quem fez uma extensa matéria sobre o assunto foi a revista Science da AAAS (American Association for the Advancement of Science) que junto com a Nature são consideradas as maiores revistas científicas do mundo. O artigo se chama “The United States badly bungled coronavirus testing—but things may soon improve” e está aberto a qualquer um que queira ler em https://www.sciencemag.org/news/2020/02/united-states-badly-bungled-coronavirus-testing-things-may-soon-improve, este artigo foi escrito por Jon Cohen e publicado em 28 de fevereiro deste ano 2020, para ser mais exato às 5:45 PM (doi:10.1126/science.abb5152).

O autor não poupou tijoladas contra o CDC do tipo, enquanto o CDC não conseguia fazer um teste, pois seu laboratório estava contaminado, a China já possuía 5 testes de diferentes laboratórios com capacidade de produzir 1,6 milhão de testes por semana. Também a Coréia do Sul conseguiu testar 65.000 pessoas e o CDC só conseguiu testar 459 pessoas.

Trump levanta muros, faz embargos e proíbe viagens, mas segundo um pesquisador de New York (esta última notícia não está no artigo, mas já foi publicada na CNN e New York Times) que sequenciou dois vírus de diferentes pacientes infestados na cidade, chegou a conclusão que o vírus já está instalado há mais de duas ou mais semanas e como o CDC só testa pessoas que vem da China, não testaram pessoas que estavam com sintomas.

Leia também:  Arapongagem contra antifascistas: o voo do bolsonarismo ao método da ditadura, por Tania Maria de Oliveira

Porém e nem vou escrever mais sobre o artigo, pois sugiram que leiam com cuidado pois tem coisas que mostram porque a China já ultrapassou os USA também na ciência e o mais interessante, na transparência das informações.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome