As cores para 2017, por Matê da Luz

por Matê da Luz

Ainda não acabou. Respira, profunda e lentamente. 2016 está sendo um ano daqueles, cada mergulho um flash. Ontem foi o George Michael, após tantos outros ícones que foram passear do lado de lá, dentre outras surpresas nada bacanas que este período complexo trouxe pra gente por aqui. 

Daí que algumas pessoas, como eu, começam a pensar e planejar o ano novinho em folha que chega por aí: agenda nova, folhas A3 riscadas mensalmente e as canetas – ou, mais tecnológicos, utilizam os planners digitais. Não importa: o que é premissa pra este momento é a alegria e a vontade de se comprometer com o que vem pela frente, animando as intenções “apesar da crise”, pra usar um dos bordões mais fortes de 2016. 

Acontece que nem sempre é simples esperar e desejar o positivo num contexto complexo e difícil e, então, a imaginação se faz necessária e presente: pensar no que a gente quer cultivar, naquilo que faz o coração aquecer, é fundamental pra iluminar e arear as ideias – porque nem só de tempestades se vive o caos e, no extremo oposto, a paralização nunca foi e nem será companheira dos movimentos de mudança. 

Outro Michael, o Jackson, cantou certa vez que se a gente deseja que o mundo seja um lugar melhor, devemos nos olhar no espelho e realizar uma mudança. Ele tá certinho, viu? Isso de querer mudar o mundo sem alterar a nossa percepção, a nossa atuação, embasadas pela nossa escolha, não funciona muito bem não. Só quem investe energia pra transmutar o que não satisfaz consegue ter expectativas reais e enxergar as possibilidades de melhoria. Só com algum planejamento, muito trabalho e algo de confiança é que a gente “chega lá” – porque, diferente do que acabaram por nos ensinar durante a vida, mais importante do que o alvo é a direção da flecha. 

Seguimos, colorindo 2017 com a aquarela que melhor nos convém. 

Deixo de presente este vídeo da Pocahontas, pra lembrar que vez ou outra as respostas estão na origem muito mais do que no progresso 😉 

 https://www.youtube.com/watch?v=f4vkq2ztxSw

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome