Um Bolsonarista a favor da Quarentena!

    Justiça seja feita – a propósito justiça é uma boa palavra para os tempos sombrios em que vivemos no Brasil – nem todo bolsonarista é contra a quarentena. Espantando com a informação? Não deveria, porque certamente você deve conhecer um bolsominion super a favor do isolamento social, talvez, inclusive, seja o mesmo que eu conheço. E para ser sincero, o bolsonarista que conheço não apenas é favorável a quarentena como também defende o lockdown – termo em inglês que significa confinamento ou fechamento total.

    Se você não consegue reconhecer ou lembrar-se de quem estou falando quero dizer-te que o Bolsonarista favorável à quarentena é Fabrício Queiroz. 

    Queiroz isolado e protegido por Sérgio Moro, antes da pandemia e da saída do ex-juíz da Lava Jato do Governo de Jair Bolsonaro, vive confinado há muito tempo. Para ser mais preciso, desde o ano de 2018 quando uma investigação iniciada com a Operação Lava Jato no Rio de Janeiro, deflagrou a ação de deputados estaduais da Assembleia Legislativa (Alerj) em contratos suspeitos. Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonorano, o 01, recebia diversas transferências bancárias e depósitos realizados por funcionários que trabalharam no gabinete do então deputado Flávio. Entre as movimentações financeiras, no mínimo, suspeitas há também a compensação de um cheque de R$ 24 mil pago à primeira-dama, Michelle Bolsonaro. Enfim, desde que as investigações começaram, Queiroz aderiu ao isolamento social. Contudo, após o início da pandemia de Coronavírus, Fabrício Queiroz deve estar em desavença com o clã Bolsonaro, afinal enquanto o capitão presidente e seus asseclas defendem o fim da quarentena, Queiroz clama pela paralisação total do país e apesar de ser de direita, deve ser contra a utilização da Cloroquina, ainda que não haja nenhum tipo de comprovação da eficácia da droga, e favorável ao consumo indiscriminado de Tubaína de Laranja. Como diz o ditado: melhor prevenir do que remediar!