Brasil cresce e aparece para o mundo, mas ainda faltam algumas reformas

O Novo Brasil que se consolida como uma pujante e includente democracia, exemplo mundial


Os tijolos que o Brasil precisa colocar na sua reforma

O Brasil está construindo uma democracia pujante e vibrante, que com certeza é a mais promissora entre os emergentes. A sociedade tem aumentado a sua consciência política, mas ainda é pouco. O nível de abrangência ainda é longe do ideal, por isso, o país precisa de reformas estruturais e essenciais ao nosso contexto.

São assuntos discutidos desde a re-democratização do país, que ganharam musculatura com a guinada progressista que nos norteia desde 2003. Outrossim, é sabido que nada neste país se deu senão por uma forma heterogênea e complexa, de um modo que nada fluiu sem forçar. Foi muito tempo de escuridão, a luz ainda luta por hegemonia.

Desta forma, tais avanços serão obtidos, exclusivamente, com participação popular, com o terceiro setor fomentando esta participação. As ruas deverão ser o norte e isso nunca pode fugir da pauta. Alguns projetos propondo algumas dessas causas já foram derrotados, mas a base governista nunca foi tão ampla, esse é o momento para avançar, mas para as mudanças acontecerem de verdade, o processo tem de começar na base…

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Paulo Guedes insiste em imposto sobre transações eletrônicas

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome